Edital do Concurso Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) 2004

Visualizaçao do Edital do Concurso

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA
COMISSÃO NACIONAL DE ENERGIA NUCLEAR
EDITAL Nº 1/2004 (versão após Errata)
CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE
NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO
O PRESIDENTE DA COMISSÃO NACIONAL DE ENERGIA NUCLEAR
(CNEN), no uso da competência que lhe foi outorgada por intermédio do Art. 1º da
Portaria nº 335 do Ministério de Ciência e Tecnologia, publicada no Diário Oficial da
União de 20 de junho de 2003 e com base na Portaria n
o
1, do Ministério de
Planejamento, Orçamento e Gestão, de 02 de janeiro de 2004, publicado no Diário
Oficial da União nº 6, de 09 de janeiro de 2004, torna pública a autorização para
realização de Concurso Público para provimento de cargos no Quadro de Pessoal da
Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), vinculada ao Ministério de Ciência
e Tecnologia, e estabelece normas relativas à realização de Concurso Público
organizado pela Trade Census Tecnologia e Serviços Ltda (Trade Census).
O Concurso Público é destinado a selecionar candidatos ao provimento de vagas para
os cargos de Pesquisador Adjunto, Pesquisador Associado e Assistente de Pesquisa,
da Carreira de Pesquisa em Ciência e Tecnologia; Tecnologista e Técnico, da
Carreira de Desenvolvimento Tecnológico e para o cargo de Analista em C&T da
Carreira de Gestão, Planejamento e Infra-Estrutura em Ciência e Tecnologia,
observadas as disposições contidas nos diplomas legais vigentes.
1 - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
1.1 – O presente processo seletivo destina-se a seleção de candidatos às vagas
previstas no ANEXO II deste Edital.
1.1.1- A remuneração para os cargos objeto deste concurso corresponde ao
vencimento básico do padrão inicial da classe constante das Tabelas de Vencimentos
do Plano de Carreira para a Área de Ciência e Tecnologia vigentes na data de entrada
em exercício, acrescido, não cumulativamente, de 70% (setenta por cento) ou 35%
(trinta e cinco por cento) ou 18% (dezoito por cento) para os portadores de títulos de
Doutor, de Mestre ou de certificado de aperfeiçoamento ou de especialização,
respectivamente, de acordo com os Requisitos exigidos no ANEXO II e conforme
Artigo 21 da Lei n
o
8.691, de 28 de julho de 1993, alterado pela Medida Provisória
n
o
2.229-43, de 06 de setembro de 2001, publicada no Diário Oficial da União de 10
de setembro de 2001 e Resolução CPC n
o
01, de 06 de julho de 1994. Sobre o
vencimento básico incidem, ainda, a gratificação com Trabalho com Raios-X e
Substância Radioativa (10%) ou o Adicional de Radiação Ionizante (20%). A
composição da remuneração é mostrada no ANEXO I deste Edital.
2 - DOS REQUISITOS PARA INVESTIDURA NO CARGO
2.1 - A validade de participação no Concurso Público estará condicionada ao
atendimento, na data de nomeação, às seguintes condições:
a) ter nacionalidade brasileira ou, no caso de nacionalidade portuguesa, estar
amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com
reconhecimento do gozo dos direitos políticos, na forma do disposto no art. 13 do
Decreto nº 70.436, de 18 de abril de 1972;
b) gozar dos direitos políticos;
c) estar quite com as obrigações eleitorais;
d) estar quite com as obrigações do Serviço Militar, para os candidatos do sexo
masculino;
e) não estar incompatibilizado para nova investidura em cargo público;
f) ter idade mínima de 18 anos;
g) ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;
h) firmar declaração de não estar cumprindo sanção por inidoneidade, aplicada por
qualquer órgão público ou entidade da esfera federal, estadual ou municipal;
i) possuir os Requisitos discriminados no ANEXO II;
j) estar registrado no respectivo Conselho de Classe, bem como estar inteiramente
quite com as demais exigências legais do órgão fiscalizador do exercício profissional,
quando for o caso.
3 – DAS INSCRIÇÕES NO CONCURSO PÚBLICO
3.1 - A inscrição será efetuada no período de 02 a 17 de agosto de 2004,
exclusivamente nas formas descritas neste Edital e conforme cronograma constante
no ANEXO VI.
3.2 - O candidato somente poderá inscrever-se uma única vez, prevalecendo a sua
última inscrição caso se inscreva mais de uma vez.
3.3 – As inscrições poderão ser realizadas via Internet ou através dos correios,
devendo ser observados os procedimentos necessários.
3.3.1 - Os valores a serem pagos como taxa de inscrição, para cada cargo, serão,
obrigatoriamente, os seguintes:
Pesquisador Associado: R$ 80,00 (oitenta reais);
Pesquisador Adjunto: R$ 80,00 (oitenta reais);
Assistente de Pesquisa: R$ 80,00 (oitenta reais);
Tecnologista Pleno I: R$ 70,00 (setenta reais);
Analista em C&T Sênior: R$ 80,00 (oitenta reais);
Analista em C&T Pleno 2: R$ 80,00 (oitenta reais);
Analista em C&T Pleno 1: R$ 70,00 (setenta reais);
Analista em C&T Júnior: R$ 50,00 (cinqüenta reais);
Técnico 2: R$ 40,00 (quarenta reais);
Técnico 1: R$ 30,00 (trinta reais).
3.3.2 - Antes de efetuar o recolhimento da taxa de inscrição, o candidato deverá
certificar-se de que preenche todos os Requisitos exigidos neste Edital.
3.3.3 - O valor da taxa de inscrição não será devolvido em hipótese alguma.
3.3.4 - Não serão aceitos pedidos de isenção de pagamento do valor da taxa de
inscrição seja qual for o motivo alegado.
3.4 - DA INSCRIÇÃO VIA INTERNET
3.4.1 – O candidato poderá efetuar sua inscrição via Internet, através da página
www.tradecensus.com.br
no período compreendido entre 9h horas do dia 02 de
agosto de 2004 às 16h horas do dia 17 de agosto de 2004, considerando-se o horário
de Brasília, onde terá acesso aos procedimentos necessários a sua inscrição.
3.4.2 - O candidato que utilizar a inscrição via Internet deverá efetuar o pagamento da
taxa de inscrição em qualquer Agência Bancária, em espécie, obrigatoriamente
, por
meio do Boleto Bancário específico, impresso pelo próprio candidato no momento
da inscrição.
3.4.3 - O pedido de inscrição via Internet cujo pagamento for efetuado após o último
dia de inscrição não será aceito.
3.4.4 - O pedido de inscrição via Internet apenas será aceito após ter sido informada
pela rede bancária a confirmação do pagamento do valor da taxa de inscrição.
3.4.5 - A Trade Census não se responsabiliza por pedidos de inscrição via Internet
não recebidos por fatores de ordem técnica dos computadores, fatores que
impossibilitem a transferência dos dados, falhas de comunicação ou
congestionamento das linhas de comunicação.
3.5 - DA INSCRIÇÃO ATRAVÉS DOS CORREIOS
3.5.1 - Para realizar sua inscrição através dos correios, o candidato deverá dirigir-se a
um dos locais de atendimento listados no ANEXO V deste Edital onde poderá
consultar o Manual do Candidato e, após certificar-se de que possui os Requisitos
exigidos, retirar a Ficha de Inscrição e o Manual do Candidato.
3.5.1.1 O pagamento da taxa de inscrição, neste caso, deverá ser feito através de
cheque correios, disponível em qualquer agência dos correios, no valor
correspondente ao cargo cuja vaga deseja concorrer, de acordo com os seguintes
procedimentos:
a) preencher corretamente os campos do cheque correios (no campo “pagável à”
preencher com Trade Census; no campo “Comprador” preencher com o nome e nº do
CPF do candidato; o campo “número da encomenda” e os campos do verso, deixar
em branco). Qualquer erro ou omissão neste procedimento será de total
responsabilidade do candidato.
b) o candidato poderá adquirir cheques correios de variados valores, desde que
totalizem o valor de sua inscrição.
3.5.2 - O candidato, após ler atentamente o Manual do Candidato, deverá preencher,
com clareza, em letra de forma, a tinta e sem rasuras, a Ficha de Inscrição e assiná-la.
3.5.3 - Após o devido preenchimento da Ficha de Inscrição, o candidato deverá
remetê-la, juntamente com o cheque correios
, por SEDEX ou carta registrada, com
aviso de recebimento (AR) e com valor declarado, com data de postagem
impreterivelmente, até o último dia de inscrição, para caixa postal 99713 – CEP:
24020-976 – Niterói/RJ, observadas as normas previstas neste Edital.
3.6 - Ao preencher a Ficha de Inscrição o candidato deverá indicar, vedadas
alterações posteriores, um único cargo/perfil a cuja vaga optar por concorrer,
conforme ANEXO II.
3.7 - O candidato poderá inscrever-se por meio de procuração específica para esse
fim, sendo necessário anexar o respectivo Termo de Procuração e cópia legível das
cédulas de identidade do procurador e do candidato, devidamente autenticadas. Nesta
hipótese, o candidato assumirá as conseqüências de eventuais erros do seu
procurador, devendo esses documentos ser encaminhados junto com a Ficha de
Inscrição.
3.8 - O candidato somente será considerado inscrito no Concurso Público após ter
cumprido todas as instruções descritas no item 3 deste Edital e todos os seus subitens.
3.9 - A inscrição do candidato implicará o seu conhecimento e a tácita aceitação das
normas e condições estabelecidas neste Edital e em seus anexos, dos quais não
poderá alegar desconhecimento.
3.10 - As informações prestadas na Ficha de Inscrição serão de inteira
responsabilidade do candidato, dispondo a Trade Census do direito de excluí-lo do
processo seletivo se o preenchimento for feito com informações incorretas,
emendadas ou rasuradas, bem como se constatado posteriormente serem inverídicas
as referidas informações.
4 - DA CONFIRMAÇÃO DE INSCRIÇÃO E CONVOCAÇÃO PARA AS
PROVAS
4.1 - O candidato poderá confirmar sua inscrição no site www.tradecensus.com.br
, a
partir do décimo dia útil após o encerramento das inscrições.
4.2 – A Trade Census remeterá para os candidatos, pelo Correio, Carta de
Convocação para Provas para o endereço constante na Ficha de Inscrição. Caso não a
receba até o quinto dia que antecede a aplicação das provas, deverá entrar em contato
com a Trade Census (21) 2722-1815, no horário de 09:00 às 16:00h, ou consultar no
site www.tradecensus.com.br
4.3 - O candidato realizará as etapas na localidade correspondente à vaga para a qual
concorre, dentre as cidades de Belo Horizonte - MG, Recife - PE, Rio de Janeiro - RJ
e São Paulo – SP, sendo que os candidatos às vagas para o Estado de Goiás deverão
realizar as etapas em Belo Horizonte - MG.
5 – DAS VAGAS RESERVADAS AOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA
5.1 - Em cumprimento ao disposto no art. 37, inciso VIII, da Constituição da
República Federativa do Brasil, na Lei n
o
7.853, de 24 de outubro de 1989 e no
Decreto n
o
3.298, de 20 de dezembro de 1999, ficam reservadas 5% (cinco por cento)
do total das vagas oferecidas às pessoas portadoras de deficiência, conforme
discriminado no ANEXO II deste Edital.
5.1.1 - Os candidatos amparados pelo disposto no subitem 5.1 e que declararem sua
condição por ocasião da inscrição no presente Concurso serão convocados,
oportunamente, para se submeterem à perícia médica, realizada por junta oficial, que
terá decisão terminativa sobre a qualificação e aptidão do candidato, observada a
compatibilidade da deficiência da qual é portador com as atribuições do cargo.
5.2 - Fica assegurado à pessoa portadora de deficiência o direito de participar do
Concurso Público em igualdade de condições com os demais candidatos no que se
refere a conteúdo, avaliação, duração, horário e local de aplicação das provas.
5.3 - As vagas mencionadas que não forem providas por falta de candidatos, por
reprovação no concurso, por contra-indicação na perícia médica ou outro motivo
serão preenchidas pelos demais aprovados, observada a ordem de classificação.
5.4 - O candidato portador de deficiência e, portanto, amparado pelo disposto no
subitem 5.1 deste Edital, por ocasião do preenchimento da Ficha de Inscrição, deverá
indicar no campo apropriado o tipo de deficiência e, caso necessite de tratamento
diferenciado para realização da prova, deverá anexar requerimento por escrito,
indicando as condições diferenciadas de que necessita.
5.4.1 - O portador de deficiência deverá, obrigatoriamente, anexar à Ficha de
Inscrição laudo médico atestando claramente a espécie e o grau ou o nível da
deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação
Internacional de Doença - CID, bem como a provável causa da deficiência.
5.4.2 – Os candidatos portadores de deficiência que efetuarem sua inscrição via
Internet deverão, até o último dia de inscrição, enviar o requerimento e o laudo
médico descritos, respectivamente, nos subitens 5.4 e 5.4.1, através de SEDEX ou
carta registrada, com aviso de recebimento (AR), para Caixa Postal 99713 – CEP:
24020-976 – Niterói/RJ.
5.4.3 - No caso de descumprimento das determinações descritas nos subitens 5.4,
5.4.1 e 5.4.2, o candidato deficiente não será considerado como tal para efeito de
classificação e preenchimento das vagas reservadas para portadores de deficiência.
6 – DO PROCESSO SELETIVO
6.1 - A seleção será realizada da seguinte forma:
6.1.1 - Seleção para cargo de Pesquisador Associado e Pesquisador Adjunto:
a) primeira etapa, de caráter classificatório, consistirá da Análise de Títulos;
b) segunda etapa, apresentação e defesa pública de Memorial e apresentação e defesa
pública de Projeto de Pesquisa na área específica da vaga, ambas de caráter
eliminatório e classificatório.
6.1.2 - Seleção para cargo de Assistente de Pesquisa:
a) primeira etapa, de caráter eliminatório e classificatório, consistirá de Prova
Objetiva com questões de múltipla escolha;
b) segunda etapa, de caráter classificatório, para os aprovados na prova objetiva,
consistirá da Análise de Títulos;
c) terceira etapa, de caráter eliminatório e classificatório, para os aprovados na prova
objetiva, consistirá da Defesa Pública de Memorial.
6.1.3 - Seleção para cargo de Tecnologista:
a) primeira etapa, de caráter eliminatório e classificatório, consistirá de Prova
Objetiva com questões de múltipla escolha;
b) segunda etapa, de caráter eliminatório e classificatório, para os aprovados na prova
objetiva, consistirá da Defesa Pública de Memorial.
6.1.4 - Seleção para cargo de Analista de C&T Sênior e Pleno:
a) primeira etapa, de caráter eliminatório e classificatório, consistirá de Prova
Objetiva com questões de múltipla escolha;
b) segunda etapa, de caráter classificatório, para os aprovados na prova objetiva,
consistirá da Análise de Títulos;
6.1.5 - Seleção para cargo de Analista de C&T Júnior e Técnico:
a) etapa única, de caráter eliminatório e classificatório, consistirá de Prova Objetiva
com questões de múltipla escolha;
6.1.6 - Para melhor entendimento das Etapas a serem aplicadas, deve-se observar o
Quadro Demonstrativo das Etapas (ANEXO III), onde se encontra definido a
pontuação de cada etapa com o mínimo necessário a aprovação do candidato.
7 - DA PROVA OBJETIVA
7.1 - A prova objetiva tem caráter eliminatório e classificatório, composta de
questões de múltipla escolha, distribuídas conforme as especificações do ANEXO III,
com duração máxima de 04 (quatro) horas e prevista para realização no dia 12 de
setembro de 2004.
7.2 - Somente será considerado aprovado na prova objetiva o candidato que obtiver o
mínimo de 50% (cinqüenta por cento) dos pontos, em cada conteúdo, observando-se
as especificações do ANEXO III.
7.3 - O candidato deverá comparecer ao local designado para as provas com
antecedência mínima de 60 (sessenta) minutos do horário previsto para o seu início,
munido de sua Carta de Convocação para Prova e do original de sua cédula oficial de
identidade.
7.3.1 - São considerados documentos oficiais de identidade: carteiras expedidas por
órgão público que, por Lei Federal, valem como identidade; carteiras expedidas pelos
Comandos Militares (ex-Ministérios Militares), pelos Corpos de Bombeiros e pelas
Polícias Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício
profissional (Ordens, Conselhos, etc.); carteiras funcionais do Ministério Público e
Magistratura; e Carteira Nacional de Habilitação (somente o modelo com foto).
7.3.2 - Será exigida a apresentação do original, não sendo aceitas cópias, ainda que
autenticadas.
7.3.3 - Os documentos deverão estar em perfeitas condições de forma a permitir, com
clareza, a identificação do candidato e sua assinatura.
7.3.4 - Não serão aceitos protocolos ou quaisquer outros documentos, diferentes dos
acima estabelecidos.
7.4 - Não haverá, sob pretexto algum, segunda chamada para as provas, bem como
sua aplicação fora do horário, data e locais pré-determinados.
7.5 - É vedado aos candidatos prestar prova em local diferente daquele designado
pela organização do Concurso ou indicado em sua Carta de Convocação para Prova.
7.6 - Não será permitido ingresso de candidato no local de realização das provas após
o horário fixado para seu início.
7.7 - O candidato deverá transcrever, utilizando caneta esferográfica de tinta azul ou
preta, as respostas da prova objetiva para o cartão de respostas que será o único
documento válido para a correção eletrônica. Não haverá substituição do cartão de
respostas por erro do candidato. O preenchimento do cartão de respostas da prova
objetiva será de inteira responsabilidade do candidato que deverá proceder de
conformidade com as instruções específicas contidas no cartão de respostas.
7.7.1 - Será atribuída NOTA ZERO à questão da prova objetiva que contiver mais de
uma ou nenhuma resposta assinalada, emenda, rasura ou marcação indevida.
7.8 - Iniciada a prova objetiva, nenhum candidato poderá retirar-se da sala antes de
decorrida uma hora do seu início, por motivo de segurança.
7.9 - Os três últimos candidatos a terminarem a prova objetiva deverão permanecer
na sala, sendo somente liberados após os três terem entregue as provas.
7.10 - Ao candidato somente será permitido levar seu caderno de questões da prova
objetiva faltando uma hora para o término da mesma.
7.11 - Por motivo de segurança, será terminantemente vedado ao candidato copiar
seus assinalamentos feitos no cartão de respostas da prova objetiva.
7.12 - Ao terminar a prova, o candidato entregará, obrigatoriamente, ao Fiscal de
Sala, o cartão de respostas da prova objetiva devidamente assinado, solicitando a
devolução de sua Identidade, que deverá ficar retida, em poder do fiscal da sala,
desde o momento do seu ingresso na mesma.
7.12.1 - Será de inteira responsabilidade do candidato a devolução do cartão de
respostas, sendo eliminado do Concurso aquele que não o devolver.
7.13 - Será excluído do Concurso o candidato que:
a) durante a realização da prova, for surpreendido em comunicação com outro
candidato, verbalmente, por escrito ou qualquer outra forma;
b) utilizar-se de livros, códigos, impressos, celulares ou qualquer forma de
comunicadores eletrônicos, máquinas calculadoras e similares ou qualquer tipo de
consulta durante a prova;
c) fizer em qualquer documento, declaração falsa ou inexata;
d) for descortês com os coordenadores, executores e seus auxiliares ou qualquer
autoridade presente durante a realização do Concurso;
e) não mantiver atualizado seu endereço junto a Trade Census, e após a divulgação do
resultado final, junto a área de Recursos Humanos da CNEN;
f) não comprovar as informações fornecidas ao longo de todo o processo seletivo em
questão.
8 - DA ANÁLISE DE TÍTULOS, APRESENTAÇÃO E DEFESA DE
MEMORIAL E DE PROJETO DE PESQUISA
8.1 - A Análise de Títulos considerará a formação acadêmica dos candidatos, de
acordo com as normas dispostas no ANEXO IV deste Edital.
8.2 - A defesa do Memorial será realizada em sessão pública, frente a respectiva
Banca Examinadora e constará de uma apresentação, pelos candidatos, de seus
trabalhos e experiências atuais na área com a duração de 30 a 40 minutos, procurando
destacar as realizações e experiência profissional que considerarem mais relevante.
Seguir-se á uma argüição pelos membros da Banca Examinadora que poderá abordar
criticamente a projeto do candidato, a quem caberá o direito de defesa. Será de, no
máximo 20 minutos a soma do tempo de argüição de cada membro da Banca
Examinadora e da respectiva resposta do candidato. A nota, de 0 (zero) a 20 (vinte)
pontos, atribuída por cada membro da Banca Examinadora a cada candidato será
registrada em ficha e colocada em envelope opaco, um para cada candidato, sendo os
envelopes selados pelo presidente da Banca Examinadora. A nota final desta etapa
será a média aritmética das notas atribuídas pelos membros da Banca Examinadora,
arredondada até a segunda casa decimal.
8.3 - A defesa do Projeto de Pesquisa será realizada juntamente com a defesa de
Memorial, sujeita aos mesmos procedimentos.
8.4 - A Banca Examinadora poderá convocar o candidato por uma ou mais vezes em
datas, horário e local informados na oportunidade.
8.5 - A Banca Examinadora reunir-se-á após a conclusão da defesa de Memorial e
Projeto de Pesquisa em sessão pública a ser realizada em data e local a serem
divulgados no dia da realização desta etapa, para computar a nota de cada candidato,
quando também será divulgada a nota da Análise de Títulos. O Presidente da Banca
Examinadora abrirá os envelopes com as notas dadas a cada candidato, conforme
disposto neste Edital, e as registrará em planilha própria, além de, simultaneamente,
apresentá-las ao público através de projetor ou quadro. Nesta planilha transcrever-se-
á o cômputo das respectivas notas da defesa de Memorial e Projeto de Pesquisa,
conforme disposto no subitem 8.2.
8.6 - Os candidatos inscritos no concurso para os cargos de Assistente de Pesquisa e
Analista de C&T Sênior e Pleno, que forem aprovados na prova objetiva, conforme
subitem 7.2, deverão proceder ao envio de cópia autenticada do comprovante de seus
Títulos, quando for o caso, e do Memorial, no prazo previsto no Cronograma,
devendo os mesmos serem postados via SEDEX ou carta registrada, com aviso de
recebimento (AR), para Caixa Postal 99713 – CEP: 24020-976 – Niterói/RJ.
8.7 - Os candidatos inscritos no concurso para os cargos de Pesquisador Associado e
Pesquisador Adjunto deverão enviar os Títulos, Memorial e Projeto de Pesquisa,
conforme estabelecido no item anterior.
8.8 - Serão considerados aprovados na Defesa Pública de Memorial os candidatos
com pontuação mínima de 50% para os cargos de Tecnologista e Assistente de
Pesquisa e mínimo de 60% na Defesa Pública de Memorial e de Projeto de Pesquisa
para os cargos de Pesquisador Associado e Pesquisador Adjunto.
8.9 - Não serão considerados para fins de pontuação, os Títulos, Memorial e Projetos
de Pesquisa postados fora do prazo definido no Cronograma, sendo de
responsabilidade exclusiva do candidato o envio dos mesmos de acordo com o
estabelecido neste Edital.
8.10 - Não serão considerados para fins de pontuação, os Títulos relativos ao
requisito do cargo/perfil para o qual o candidato se inscreveu, exceto quando for
apresentado mais de um título que atenda ao requisito solicitado.
9 - DOS PROGRAMAS
9.1 - Todos os conteúdos programáticos serão oportunamente apresentados no
Manual do Candidato e no site www.tradecensus.com.br
, bem como o cronograma
previsto das etapas.
10 - DOS RECURSOS
10.1 - Será assegurado aos candidatos o direito a recursos em todas as etapas do
Concurso Público em petição devidamente fundamentada, obedecidos os prazos
determinados para tal em Cronograma constante no Manual do Candidato ou em
divulgação específica.
10.2 - Admitir-se-á um único recurso, por questão, para cada candidato, relativamente
ao gabarito e/ou conteúdo das questões da prova objetiva, desde que devidamente
fundamentado e instruído com material bibliográfico apto ao embasamento.
10.3 - Após o julgamento dos recursos interpostos, os pontos correspondentes às
questões da prova objetiva, porventura anuladas, serão atribuídos a todos os
candidatos, indistintamente, que não os obtiveram na correção inicial.
10.4 - No caso do resultado da Análise de Títulos, Defesa Pública de Memorial e
Projeto de Pesquisa, quando for o caso, admitir-se-á unicamente o pedido de revisão
da contagem dos pontos. O pedido de revisão deverá ser feito por escrito.
10.5 - O recurso deverá ser:
a) apresentado em formato livre e interposto até 2 (dois) dias úteis contados a partir
do dia seguinte da divulgação dos gabaritos oficiais;
b) apresentado em folhas separadas para questões diferentes;
c) transcrito em letra de forma ou impresso, contendo obrigatoriamente, para cada
questão, o nome
do candidato, o número de sua inscrição, o cargo e perfil para o qual
concorre, o número da questão
contra a qual recorre, alegações e seus fundamentos,
comprovando-as com citação de artigos de legislação, itens, páginas de livros, nome
dos autores e anexando, sempre que possível, cópia da documentação comprobatória;
d) assinado pelo candidato;
e) postado, obrigatoriamente, via SEDEX ou carta registrada, com aviso de
recebimento (AR), para Caixa Postal 99713 – CEP: 24020-976 – Niterói/RJ.
10.6 - Para revisão da nota obtida da Análise de Títulos, Memorial e/ou Projeto de
Pesquisa, o candidato deverá solicitá-la por escrito, especificando a pontuação a qual
lhe atribui e fundamentando-a.
10.7 - Os pedidos de revisão deverão ser postados no prazo de 2 (dois) dias úteis
contados a partir do dia seguinte da divulgação das respectivas pontuações,
observando-se, também, as alíneas d
e e, do subitem 10.5.
10.8 - Será indeferido liminarmente o recurso ou pedido de revisão apresentado fora
das normas estabelecidas no subitem 10.5 ou 10.6 e 10.7 quando for o caso.
10.9 – Não serão admitidos recursos via fax ou via correio eletrônico.
10.10 - As alterações de gabarito da Prova Objetiva, da pontuação de Títulos, da
Defesa Pública de Memorial e Projeto de Pesquisa, serão dadas a conhecer,
coletivamente, através de divulgação nos locais de atendimento listados no ANEXO
V e no Site www.tradecensus.com.br
.
10.11 – Se, em decorrência de decisão em recurso for alterado o gabarito, não será
admitido recurso dessa alteração.
11 - DA CLASSIFICAÇÃO NO CONCURSO PÚBLICO
11.1 - A nota final do candidato será a soma das notas obtidas nas etapas do
Concurso.
11.2 - A classificação será feita segundo a ordem decrescente da nota final.
11.3 - Em caso de igualdade na nota final, para fins de classificação, terá preferência,
sucessivamente, o candidato que:
1
º
) obtiver maior nota na prova objetiva de Conhecimentos Específicos;
2
º
) obtiver maior nota na prova objetiva de Língua Portuguesa;
) obtiver maior nota na prova objetiva de Raciocínio Lógico;
) obtiver maior nota na prova objetiva de Língua Inglesa, para os cargos em que
esta se aplica;
5
º
) for mais idoso.
11.4 Para os cargos de Pesquisador Associado e Pesquisador Adjunto, para os
quais não se aplica prova objetiva, em caso de igualdade na nota final será
considerado para efeito de desempate:
) maior nota na apresentação do Projeto de Pesquisa;
) maior nota na Defesa Pública de Memorial;
) mais idoso.
11.5 Os candidatos com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, completos até o
último dia de inscrição, terão a idade como primeiro critério de desempate, hipótese
em que terá preferência o mais idoso. Caso persista o empate, deverá ser observado o
critério estabelecido no item 11.3 ou 11.4, quando for o caso.
12 - DA HOMOLOGAÇÃO E DA VALIDADE DO CONCURSO PÚBLICO
12.1 - O resultado final do Concurso Público será homologado através de Edital,
mediante publicação no Diário Oficial da União, contendo os nomes dos candidatos
aprovados, obedecendo a estrita ordem de classificação.
12.2 – A publicação do resultado final do concurso será feita em duas listas, contendo
a primeira a pontuação de todos os candidatos, inclusive dos portadores de
deficiência, e a seguir, somente a pontuação destes últimos.
12.3 - O prazo de validade do Concurso Público será de 1 (um) ano da data de
publicação da homologação do resultado final no Diário Oficial da União, conforme
o Art.12 da Portaria 450 do Ministério de Estado do Planejamento, Orçamento e
Gestão de 06 de novembro de 2002, publicada no D.O.U. de 7 de novembro de 2002,
podendo ser prorrogado por até igual período.
13 - DA NOMEAÇÃO E LOTAÇÃO
13.1 - A classificação no processo seletivo não assegurará ao candidato o direito de
ingresso automático no cargo, mas apenas a expectativa de ser nele nomeado segundo
a rigorosa ordem classificatória, ficando a concretização deste ato condicionada à
oportunidade e conveniência da Administração.
13.2 - Observado o número de vagas existentes, o candidato classificado será
convocado para a nomeação por correspondência direta obrigando-se a declarar, por
escrito, se aceita ou não o cargo para o qual está sendo convocado.
13.2.1 - O não pronunciamento do candidato permitirá à Administração excluí-lo do
Concurso Público, após reconvocá-lo por Edital ou carta com Aviso de Recebimento
(AR) ou telegrama, devendo, neste caso, o candidato classificado, manter seu
endereço atualizado junto à área de Recursos Humanos da Comissão Nacional de
Energia Nuclear situado à Rua General Severiano, 90/3
o
andar - Botafogo - CEP
22290-901 - RJ.
13.3 - Ao tomar posse, o servidor nomeado para o cargo de provimento efetivo ficará
sujeito a estágio probatório por período de 24 (vinte e quatro) meses, durante o qual
sua aptidão e capacidade serão objetos de avaliação para o desempenho do cargo,
sendo considerado estável após 3 (três) anos de efetivo exercício.
13.4 - Para os cargos em que exige experiência profissional, o candidato deverá
comprová-la através de cópia autenticada de registro em Carteira de Trabalho –
CTPS, ou ato administrativo publicado em Diário Oficial, ou através de contrato de
prestação de serviços, compatível com o cargo e área de atuação para a qual concorre;
13.5 - Será considerado, uma única vez, os tempos de experiência ocorridos no
mesmo período (sobrepostos).
13.6 – Só serão aceitos documentos em que se constate a inequívoca identificação do
empregador, contendo seu nome ou razão social, endereço, telefone, CNPJ e
inscrição estadual ou municipal.
14 - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS
14.1 - Os candidatos poderão obter as informações a respeito do Concurso Público,
incluindo os resultados das etapas, através de divulgação nos locais de atendimento
listados no ANEXO V e na página www.tradecensus.com.br
sendo de inteira
responsabilidade do candidato acompanhar todas as divulgações feitas por este meio
e também por meio de atos e editais publicados no Diário Oficial da União.
14.2 - Não será fornecido qualquer documento comprobatório de classificação no
Concurso Público, valendo para este fim o Edital de homologação publicado no
Diário Oficial da União.
14.3 - A jornada de trabalho será de 40 (quarenta) horas semanais.
14.4 - O reajuste dos vencimentos se fará na forma da Lei.
14.5 – Os casos omissos deverão ser resolvidos conjuntamente pela CNEN e pela
Trade Census.
ODAIR DIAS GONÇALVES
ANEXO I - QUADRO DE REMUNERAÇÃO
Total Remuneração Bruta
Cargo
Vencimento
Básico
Com
Gratificação de
RX *
Com Adicional
de RI *
Pesquisador Associado R$ 1.993,86 R$ 4.207,08 R$ 4.406,48
Pesquisador Adjunto R$ 1.729,15 R$ 3.656,51 R$ 3.829,42
Assistente de Pesquisa R$ 1.499,60 R$ 2.654,18 (a) R$ 2.804,14 (a)
Tecnologista Pleno 1 R$ 1.499,60 R$ 2.654,18 (a) R$ 2.804,14 (a)
Analista em C&T Sênior R$ 2.299,08 R$ 4.841,96 (b) R$ 5.071,87 (b)
Analista em C&T Pleno 2 R$ 1.729,15 R$ 3.656,51 (b) R$ 3.829,42 (b)
Analista em C&T Pleno 1 R$ 1.499,60 R$ 2.654,18 (a) R$ 2.804,14 (a)
Analista em C&T Junior R$ 1.300,51 R$ 2.088,66 (c) R$ 2.218,72 (c)
Técnico 2 R$ 913,98 R$ 1.485,67(c) R$ 1.577,08 (c)
Técnico 1 R$ 716,08 R$ 1.176,95 (c) R$ 1.248,56 (c)
* Lei 8.270/91. e suas regulamentações.
(a) Titulação de mestrado (35%) incluída.
(b) Titulação de doutorado (70%) incluída.
(c) Titulação de especialização (18%) incluída.
ANEXO II - DETALHAMENTO DE PERFIS
Cargo/Classe: Pesquisador Associado
-Perfil: Pesquisador Química
Requisitos: Ensino Superior completo em Química com Doutorado em Química. Ter
realizado pesquisas durante, pelo menos, três anos na área de química, após a
obtenção do título de Doutor.
Área de Atuação: Célula a combustível
Cidade que concorre: São Paulo
Vagas: 01 - cód:PA1
-Perfil: Pesquisador Farmácia
Requisitos: Ensino Superior completo em Farmácia com Doutorado em Fármaco-
medicamentos. Ter realizado pesquisas durante, pelo menos, três anos na área de
fármacos, após a obtenção do título de Doutor.
Área de Atuação: Desenvolvimento de Fármacos
Cidade que concorre: São Paulo
Vagas: 01- cód: PA2
Cargo/Classe: Pesquisador Adjunto
-Perfil: Pesquisador Instalações Radiativas
Requisitos: Ensino Superior Completo em Física com doutorado na área de Física
Nuclear ou Engenharia Nuclear
Área de Atuação: Licenciamento de Instalações Radiativas.
Cidade que concorre: Rio de Janeiro(*)
Vagas: 01 - cód: PJ3
-Perfil: Pesquisador Radioproteção
Requisitos: Ensino Superior Completo em Engenharia ou Física, com doutorado na
área nuclear, com experiência de três anos em radioproteção e dosimetria.
Área de Atuação: Desenvolvimento de métodos e técnicas analíticas.
Cidade que concorre: Recife
Vagas: 01 - cód: PJ4
-Perfil: Pesquisador Radioproteção Ambiental
Requisitos: Ensino Superior Completo em Química com doutorado em Biociências
Nucleares
Área de Atuação: Caracterização de amostras ambientais.
Cidade que concorre: Goiânia.
Vaga: 01 – cód: PJ5
Cargo/Classe: Assistente de Pesquisa
-Perfil: Assistente Química Nuclear
Requisitos: Ensino Superior Completo em Química ou Engenharia Química com
Mestrado na área de Química ou Engenharia Química ou Engenharia Nuclear.
Área de Atuação: Processos de separação e tratamento de efluentes.
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 01- cód: AP1
-Perfil: Assistente Neutrônica
Requisitos: Ensino Superior Completo em Ciências Exatas com mestrado em
neutrônica e física de reatores.
Área de Atuação: Neutrônica e física de reatores
Cidade que concorre: Belo Horizonte
Vagas: 01 – cód: AP3
-Perfil: Assistente Biofísica
Requisitos: Ensino Superior completo em Ciências Biológicas, com mestrado em
biofísica na área nuclear.
Área de Atuação: Metodologias analíticas.
Cidade que concorre: Recife
Vagas: 02 – cód: AP4
-Perfil: Assistente Monitoração Ambiental
Requisitos: Ensino Superior completo em Química, Física ou Agronomia, com
mestrado na área nuclear/radioagronomia.
Área de Atuação: Metodologias analíticas na área de monitoração ambiental
Cidade que concorre: Recife
Vagas: 01 - cód: AP5
-Perfil: Assistente Métodos Analíticos
Requisitos: Ensino Superior completo em Física ou Engenharia ou Química, com
mestrado em Física ou na área Nuclear.
Área de Atuação: Desenvolvimento de métodos e técnicas analíticas.
Cidade que concorre: Recife
Vagas: 02 – cód: AP6
-Perfil: Assistente de Gestão de Qualidade
Requisitos: Ensino Superior Completo em Engenharia, mestrado na área de gestão da
qualidade
Área de Atuação: Licenciamento de instalações do ciclo do combustível nuclear
Cidade que concorre: Rio de Janeiro(*)
Vagas: 01 – cód: AP7
-Perfil: Assistente Ciclo
Requisitos: Ensino Superior completo em Física ou Engenharia Mecânica ou Elétrica
ou Eletrônica com Mestrado em Engenharia Nuclear
Área de Atuação: Licenciamento de instalações do ciclo do combustível nuclear
Cidade que concorre: Rio de Janeiro(*)
Vagas: 01 – AP8
-Perfil: Assistente Análise de Acidentes
Requisitos: Ensino Superior Completo em Engenharia Mecânica ou Química com
Mestrado na área Nuclear ou em análise de acidentes de instalações nucleares
Área de Atuação: Licenciamento de instalações do ciclo do combustível nuclear e
avaliação de análise de acidentes
Cidade que concorre: Rio de Janeiro(*)
Vagas: 01 – cód: AP9
-Perfil: Assistente Reatores Nucleares
Requisitos: Ensino Superior Completo em Física ou Engenharia com Mestrado na
área Nuclear.
Área de Atuação: Licenciamento de Reatores Nucleares
Cidade que concorre: Rio de Janeiro(*)
Vagas: 01 – cód: AP0
-Perfil: Assistente Instalações Radiativas
Requisitos: Ensino Superior Completo em Física ou Química ou Engenharia e
mestrado na área de Física Nuclear ou Engenharia Biomédica ou Engenharia Nuclear
ou Radioproteção e Dosimetria.
Área de Atuação: Licenciamento de Instalações Radiativas
Cidade que concorre: Rio de Janeiro(*)
Vagas: 02 – cód: APR
-Perfil: Assistente Radioproteção Ambiental
Requisitos: Ensino Superior Completo em Engenharia ou Física com Mestrado na
área Nuclear.
Área de Atuação: Controle de Radioproteção Ambiental de Instalações Nucleares
(reatores nucleares e instalações do ciclo do combustível)
Cidade que concorre: Rio de Janeiro(*)
Vagas: 01 – cód: APA
-Perfil: Assistente Metrologia
Requisitos: Ensino Superior Completo em Física e Mestrado na área Nuclear.
Área de Atuação: Metrologia – Dosimetria e Técnicas de Calibração de Detetores
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 01 – cód: APM
Cargo/Classe: Tecnologista Pleno 1
-Perfil: Tecnologista Instrumentação Nuclear
Requisitos: Ensino Superior completo em Física ou Química ou Engenharia.
Mestrado na área de Física Nuclear ou Engenharia Nuclear ou Radioproteção e
Dosimetria; ou três anos de experiência em Instrumentação Nuclear.
Área de Atuação: Licenciamento de Instalações Radiativas
Cidade que concorre: Rio de Janeiro (*)
Vagas: 01 – cód: TP1
-Perfil: Tecnologista Processos Industriais
Requisito: Ensino Superior completo em Engenharia Mecânica ou Química.
Mestrado na área Nuclear; ou três anos de experiência nas áreas de Equipamentos e
Processos Industriais.
Área de Atuação: Licenciamento de Reatores Nucleares
Cidade que concorre: Rio de Janeiro (*)
Vagas: 01 – cód: TP2
-Perfil: Tecnologista Análises Ambientais
Requisitos: Ensino Superior completo em Engenharia Eletrônica. Mestrado na área
Nuclear ou três anos de experiência em Instrumentação Nuclear.
Área de Atuação: Laboratórios de Análises Ambientais e de Instrumentação
Cidade que concorre: Rio de Janeiro (*)
Vagas: 01 – cód: TP3
-Perfil: Tecnologista Engenharia Elétrica
Requisitos: Ensino Superior Completo em Engenharia Elétrica, Mestrado em
Engenharia Elétrica ou na área nuclear ou 3 anos de experiência na área nuclear.
Área de Atuação: Licenciamento de Instalações do Ciclo do Combustível Nuclear
Cidade que concorre:Rio de Janeiro (*)
Vagas: 01 – cód: TP4
-Perfil: Tecnologista Desenvolvimento de Sistemas
Requisitos: Ensino Superior completo em Engenharia ou Tecnologia da Informação,
ou Ciência da Computação. Mestrado na área de Ciência da Computação em
Engenharia de Software ou três anos de experiência em Desenvolvimento de
Sistemas.
Área de Atuação: Desenvolvimento de Sistemas
Cidade que concorre: Rio de Janeiro (*)
Vagas: 02 (**) – cód: TP5
Cargo/Classe: Analista em C&T Sênior
-Perfil: Analista Administração
Requisitos: Ensino Superior completo em Administração ou Economia ou Ciências
Contábeis. Doutorado na área de Gestão e ter realizado atividades de gestão,
planejamento e infra-estrutura durante, pelo menos, seis anos após a obtenção do
título ou Mestrado na área de Gestão e ter realizado atividades de gestão,
planejamento e infra-estrutura, durante, pelo menos, onze anos após obtenção do grau
de Mestre; ou ter realizado atividades de gestão, planejamento e infra-estrutura,
durante, pelo menos quatorze anos; com experiência em Administração Pública.
Área de Atuação: Administração
Cidade que concorre:São Paulo
Vagas: 01 - cód: AS1
Cargo/Classe: Analista em C&T Pleno 2
-Perfil: Analista Tecnologia da Informação
Requisitos: Ensino Superior completo em Engenharia, Tecnologia da Informação ou
Ciência da Computação. Doutorado em Tecnologia da Informação ou ter exercido
atividades na área de Informática, durante, pelo menos, cinco anos após a obtenção
do grau de Mestre em Computação ou Tecnologia da Informação; ou ter realizado
atividades na área de Informática, durante, pelo menos, oito anos; com experiência
em Gerência de Redes.
Área de Atuação: Gerência de Redes.
Cidade que concorre: São Paulo
Vagas: 01 (**) – cód: A21
Cargo/Classe: Analista em C&T Pleno 1
-Perfil: Analista Comunicação Social
Requisitos: Ensino Superior completo em Comunicação Social com habilitação em
Jornalismo ou Relações Públicas. Mestrado em Comunicação Social ou três anos de
experiência nas áreas de Jornalismo ou Relações Públicas.
Área de Atuação: Comunicação Social
Cidade que concorre: Recife (*)
Vagas: 01 – cód: A11
-Perfil: Analista Engenharia de Segurança
Requisitos: Ensino Superior completo em Engenharia com especialização em
Segurança do Trabalho. Mestrado na área de Engenharia ou três anos de experiência
em Segurança do Trabalho.
Área de Atuação: Engenharia de Segurança
Cidade que concorre: Recife (*)
Vagas: 01 - cód: A12
Cidade que concorre: Rio de Janeiro (*)
Vagas: 01 - cód: A13
-Perfil: Analista Gestão de Pessoas
Requisitos: Ensino Superior completo em Administração. Mestrado na área de Gestão
ou três anos de experiência na área de Gestão de Recursos Humanos.
Área de Atuação: Gestão de Pessoas
Cidade que concorre: Recife
Vagas: 03 (**) – cód: A14
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 03 – cód: A15
-Perfil: Analista Qualidade de Vida
Requisitos: Ensino Superior completo em Psicologia. Mestrado na área de Psicologia
do Trabalho, de Educação ou de Gestão ou três anos de experiência na área de Gestão
de Recursos Humanos.
Área de Atuação: Gestão de Programas de Qualidade de Vida
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 01 – cód: A16
-Perfil: Analista Finanças Públicas
Requisitos: Ensino Superior completo em Ciências Contábeis. Mestrado na área de
Gestão ou três anos de experiência na área de Finanças Públicas.
Área de Atuação: Contabilidade Pública e Administração Financeira
Cidade que concorre: Recife
Vagas: 01 – cód: A17
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 01 (*) – cód: A18
-Perfil: Analista Execução Financeira
Requisitos: Ensino Superior completo em Administração, Ciências Contábeis ou
Economia. Mestrado na área de Gestão ou três anos de experiência em Administração
e Finanças Públicas.
Área de Atuação: Execução Financeira, Orçamentária e Compras
Cidade que concorre: Recife
Vagas: 02 (**) – cód: A19
-Perfil: Analista Capacitação de Pessoal
Requisitos: Ensino Superior completo. Mestrado na área de Gestão de Recursos
Humanos ou três anos de experiência nas áreas de Treinamento e Capacitação de
Pessoal.
Área de Atuação: Treinamento e Capacitação de Pessoal
Cidade que concorre: Rio de Janeiro (*)
Vagas: 01 – cód: A20
-Perfil: Analista Medicina Ocupacional
Requisitos: Ensino Superior completo em Medicina. Mestrado na área de Radiações
Ionizantes ou Medicina do Trabalho; ou três anos de experiência em qualquer destas
áreas.
Área de Atuação: Medicina Ocupacional
Cidade que concorre: Rio de Janeiro (*)
Vagas: 01 – cód: A21
-Perfil: Analista Compras
Requisitos: Ensino Superior completo em Administração, Ciências Contábeis ou
Economia. Mestrado na área de Gestão ou três anos de experiência em Administração
Pública.
Área de Atuação: Compras, Licitações e Contratos
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 03 – cód: A22
-Perfil: Analista Modernização Administrativa
Requisitos: Ensino Superior completo em Administração. Mestrado na área de Gestão
ou três anos de experiência na área de Organização e Métodos.
Área de Atuação: Modernização Administrativa
Cidade que concorre: Rio de Janeiro (*)
Vagas: 01 – cód: A23
-Perfil: Analista Administração Pública
Requisitos: Ensino Superior completo em Administração, Ciências Contábeis ou
Economia. Mestrado na área de Gestão ou três anos de experiência em Administração
Pública.
Área de Atuação: Administração Pública
Cidade que concorre: Rio de Janeiro (*)
Vagas: 03 – cód: A24
-Perfil: Analista Auditoria
Requisitos: Ensino Superior completo em Ciências Contábeis. Mestrado em Ciências
Contábeis ou três anos de experiência em Auditoria.
Área de Atuação: Auditoria
Cidade que concorre: Rio de Janeiro (*)
Vagas: 02 – cód: A25
-Perfil: Analista Gestão Organizacional
Requisitos: Ensino Superior completo em Administração ou Economia. Mestrado na
área de Gestão ou três anos de experiência em Gestão Organizacional, Planejamento
Estratégico e Avaliação Institucional.
Área de Atuação: Planejamento Estratégico e Qualidade; Gestão Organizacional
Cidade que concorre: Belo Horizonte
Vagas: 01 – cód: A26
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 01 – cód: A27
-Perfil: Analista Marketing
Requisitos: Ensino Superior completo em Administração. Mestrado na área de Gestão
ou três anos de experiência em Marketing, Vendas e Pesquisa de Mercado.
Área de Atuação: Marketing, Gestão de Vendas e Pesquisa de Mercado
Cidade que concorre: Belo Horizonte
Vagas: 01 – cód: A28
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 01 – cód: A29
-Perfil: Analista Ciência da Computação
Requisitos: Ensino Superior completo em Engenharia ou Tecnologia da Informação
ou Ciência da Computação. Mestrado na área de Ciência da Computação ou três anos
de experiência na área de Informática.
Área de Atuação: Informática
Cidade que concorre: Goiânia
Vagas: 01 (**) – cód: A30
Cidade que concorre: Belo Horizonte
Vagas: 01 – cód: A31
Cidade que concorre: Recife
Vagas: 01 – cód: A32
-Perfil: Analista Manutenção
Requisitos: Ensino Superior completo em Engenharia Mecânica. Mestrado na área de
Gestão ou 3 anos de experiência na área de Manutenção e Infra-estrutura.
Área de Atuação: Manutenção e Infra-estrutura
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 01 – cód: A34
-Perfil: Analista Controle da Qualidade
Requisitos: Ensino Superior completo com mestrado na área de gestão da qualidade
ou 3 anos de experiência nesta área.
Área de Atuação: Controle da Qualidade de Laboratórios
Cidade que concorre: Recife
Vagas: 01 – cód: A35
-Perfil: Secretaria de Diretoria
Requisitos: Ensino Superior completo com registro profissional de Secretario
Executivo emitido pela Delegacia Regional do Trabalho. Mestrado na área de Gestão
ou 3 anos de experiência nesta área, com registro profissional de Secretário Executivo
Área de Atuação: Secretaria de Diretoria
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 03 – A36
Cargo/Classe: Analista em C&T Júnior
-Perfil: Analista Gestão de Documentação
Requisitos: Ensino Superior completo em Ciência da Informação ou
Biblioteconomia.
Área de Atuação: Gestão de Documentação Técnico-Científica
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 01 – cód: AJ1
Cidade que concorre: Recife
Vagas: 01 – cód: AJ2
-Perfil: Analista Controle Patrimonial e Suprimentos
Requisitos: Ensino Superior completo em Administração.
Área de Atuação: Controle Patrimonial e de Suprimentos
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 01 – cód: AJ3
Cidade que concorre: Recife
Vagas: 01 – cód: AJ4
-Perfil: Secretaria Executiva
Requisitos: Ensino Superior completo com registro profissional de Secretário
Executivo emitido pela Delegacia Regional do Trabalho.
Área de Atuação: Secretaria
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 01 – cód: AJ5
Cidade que concorre: Recife
Vagas: 04 – cód: AJ6
-Perfil: Analista Ciências Humanas
Requisitos: Ensino Superior completo em Ciências Humanas, na área de Educação.
Área de Atuação: Certificação e Registro de Pessoas Físicas
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 01 – cód: AJ7
-Perfil: Analista Arquivologia
Requisitos: Ensino Superior completo em Arquivologia.
Área de Atuação: Arquivos de Documentação
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 02 – AJ8
-Perfil: Analista Ciência da Computação Júnior
Requisito: Ensino Superior Completo em Tecnologia da Informação ou Ciência da
Computação
Área de Atuação: Gerência de Redes.
Cidade que concorre: Rio de Janeiro.
Vaga: 01 – cód AJ9
Cargo/Classe: Técnico 2
-Perfil: Desenhista Projetista
Requisitos: Ensino Médio completo - Desenhista Projetista. Seis anosde experiência
profissional, com prática em softwares de desenho e projeto.
Área de Atuação: Projetos e acompanhamento de obras civis, arquitetura, instalações
prediais e industriais
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 02 - cód: T22
-Perfil: Técnico Eletrônica
Requisitos: Ensino Médio completo – Técnico em Eletrônica. Seis anos de
experiência em Instrumentação.
Área de Atuação: Manutenção de instrumentos de controle e qualidade de
equipamentos de raios-X
Cidade que concorre: Rio de Janeiro (*)
Vagas: 01 – cód: T23
-Perfil: Técnico Telecomunicações
Requisitos: Ensino Médio completo – Técnico em Telecomunicações. Seis anos de
experiência na área.
Área de Atuação: Operação e manutenção de equipamentos de transmissão e
recepção de telefonia
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 01 – cód: T24
-Perfil: Técnico Química Analítica
Requisitos: Ensino Médio completo – Técnico em Química. Seis anos de experiência
em Química Analítica.
Área de Atuação: Laboratório de Química Analítica.
Cidade que concorre: Rio de Janeiro (*)
Vagas: 02 – T25
-Perfil: Técnico Radioquímica
Requisitos: Ensino Médio completo – Técnico em Química. Seis anos de experiência
em Radioquímica.
Área de Atuação: Laboratório de Radioquímica
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 01 – T26
-Perfil: Operação de Irradiadores
Requisitos: Ensino Médio completo – Técnico em Eletrônica. Seis anos de
experiência na área.
Área de Atuação: Manutenção e Operação de Irradiadores de Grande Porte
Cidade que concorre: São Paulo
Vagas: 01 – T27
-Perfil: Técnico de Mineração
Requisitos: Ensino Médio completo – Técnico de Mineração. Seis anos de
experiência em Pesquisa Mineral.
Área de Atuação: Fiscalização e Controle do Comércio Mineral
Cidade que concorre: Rio de Janeiro (*)
Vagas: 02 – cód: T28
Cargo/Classe: Técnico 1
-Perfil:Técnico em Eletrônica
Requisitos: Ensino Médio completo – Técnico em Eletrônica. Experiência mínima
de um ano na área.
Área de Atuação: Manutenção Eletrônica ou Licenciamento de Instalações Radiativas
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 02 (Manutenção Eletrônica / Licenciamento de Instalações Radiativas ) – cód:
T40
Cidade que concorre: Belo Horizonte
Vagas: 01(Manutenção Eletrônica) – cód: T41
-Perfil: Técnico Dosimetria Termoluminescente
Requisitos: Ensino Médio completo – Técnico em Eletrônica ou Eletrotécnica.
Experiência mínima de um ano na área.
Área de Atuação: Dosimetria Termoluminescente, Monitoração Individual e
Ambiental, Detector de Corpo Inteiro.
Cidade que concorre: Belo Horizonte
Vagas: 01 – cód: T42
-Perfil: Técnico Controle de Qualidade
Requisitos: Ensino Médio completo – Técnico em Química. Experiência mínima de
um ano em laboratório.
Área de Atuação: Laboratórios de Controle de Qualidade e de Processo de Produção,
Análises Químicas
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 01 – cód: T43
-Perfil: Técnico Química Ensaios
Requisitos: Ensino Médio completo – Técnico em Química. Experiência mínima de
um ano em laboratório.
Área de Atuação: Laboratório de Processos Caracterização e Ensaios
Cidade que concorre: Belo Horizonte
Vagas: 02 – cód: T44
-Perfil: Técnico Química Laboratorial
Requisitos: Ensino Médio completo – Técnico em Química. Experiência mínima de
um ano em laboratório.
Área de Atuação: Laboratório de Química e Laboratório de Materiais Dosimétricos
Cidade que concorre: São Paulo
Vagas: 02 – cód: T45
-Perfil: Técnico Análise Química Laboratorial
Requisitos: Ensino Médio completo – Técnico em Química. Experiência mínima de
um ano em laboratório.
Área de Atuação: Laboratório de Análises Químicas
Cidade que concorre: Recife
Vagas: 02 - cód: T46
Cidade que concorre: Goiânia
Vagas: 01 - cód: T47
-Perfil: Técnico Fotografia
Requisitos: Ensino Médio completo - Técnico de Fotografia. Um ano de experiência
em revelação de filmes.
Área de Atuação: Laboratório de Dosimetria
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 01 – cód: T48
-Perfil: Técnico Edificações
Requisitos: Ensino Médio completo - Técnico em Edificações. Experiência mínima
de um ano na área.
Área de Atuação: Construção Civil
Cidade que concorre: Rio de Janeiro
Vagas: 01 – cód: T49
Perfil: Técnico Construção Civil
Requisito: Ensino Médio Completo. Experiência mínima de um ano em Construção
Civil.
Área de Atuação: Construção Civil
Cidade que concorre: São Paulo
Vaga: 01 - cód. A50.
-Perfil: Técnico Biotério
Requisitos: Ensino Médio completo. Experiência mínima de um ano na criação e
experimentação de animais com qualidade sanitária controlada.
Área de Atuação: Criação e Manutenção de ratos e camundongos em Biotério, com
qualidade sanitária controlada e experimentação animal envolvendo compostos
radioativos.
Cidade que concorre: São Paulo
Vagas: 01 – cód: T51
-Perfil: Técnico Instrumentação
Requisitos: Ensino Médio completo – Técnico em Eletrônica, Eletrotécnica ou
Mecânica. Experiência mínima de um ano na área.
Área de Atuação: Instrumentação, Monitoração Individual e Externa, e Inspeção de
Instalações Radiativas
Cidade que concorre: Recife
Vagas: 05 – cód: T52
-Perfil: Técnico Informática
Requisitos: Ensino Médio completo – Técnico em Informática. Experiência mínima
de um ano em programação nas linguagens C e C++.
Área de Atuação: Informática
Cidade que concorre: Recife
Vagas: 01 – cód: T53
Obs
.:
(*) - O candidato não deve ter impedimentos para viagens a serviço.
(**) Das vagas assinaladas, 1 (uma) vaga será oferecida, com prioridade, às pessoas
portadoras de deficiência, conforme item 5 deste Edital.
-Todos os candidatos a Técnico 1 ou 2 que exijam formação técnica devem ser
diplomados em Escola Técnica ou Centro Tecnológico reconhecidos pelo MEC.
ANEXO III - QUADRO DEMONSTRATIVO DAS ETAPAS
Cargo Etapa Conteúdo
Número
de
Questões
Total
de
Pontos
Mínimo de
Pontos
para
Aprovação
Conhecimentos
Específicos
20 50 25
Língua Portuguesa 16 32 16
Raciocínio Lógico 6 6 3
Prova Objetiva
Língua Inglesa 8 12 6
50%
Análise de Títulos - - 20 - -
Assistente de
Pesquisa
Defesa Pública de
Memorial
- - 80 40 50%
Análise de Títulos - - 20 - -
Pesquisador
Associado
Defesa Pública de
Memorial
- - 50 30 60%
Defesa Pública de
Projeto de
Pesquisa
- - 30 18 60%
Análise de Títulos - - 20 - -
Defesa Pública de
Memorial
- - 50 30 60%
Pesquisador
Adjunto
Defesa Pública de
Projeto de
Pesquisa
- - 30 18 60%
Conhecimentos
Específicos
20 50 25
Língua Portuguesa 16 32 16
Raciocínio Lógico 6 6 3
Prova Objetiva
Língua Inglesa 8 12 6
50%
Tecnologista
Defesa Pública de
Memorial
- - 80 40 50%
Conhecimentos
Específicos
20 50 25
Língua Portuguesa 16 32 16
Raciocínio Lógico 6 6 3
Prova Objetiva
Língua Inglesa 8 12 6
50%
Analista em
C&T
Análise de Títulos
(somente para
Analista de C&T
Sênior e Pleno)
- - 20 - -
Conhecimentos
Específicos
20 60 30
Língua Portuguesa 20 30 15
Técnico Prova Objetiva
Raciocínio Lógico 10 10 5
50%
ANEXO IV - ANÁLISE DE TÍTULOS
Para os cargos que exijam análise de Títulos, os admitidos são os seguintes:
VALOR MÁXIMO (pontos)
TÍTULO
Pesquidores e
Assistente de Pesquisa
Analista de C&T
Sênior e Pleno
Doutorado em área afim à formação exigida
ou em área afim aos Requisitos do perfil
10 8
Mestrado em área afim à formação exigida
ou em área afim aos Requisitos do perfil
7 5
Curso de Especialização, em nível de pós-
graduação, de, no mínimo, 360 (trezentas e
sessenta) horas, conferido após atribuição
de nota de aproveitamento, em área afim à
formação exigida ou em área afim aos
Requisitos do perfil
5 3
Curso de Graduação em área afim aos
requisitos do perfil
4 1
1. Os diplomas, certificados e outros comprovantes de conclusão de cursos, inclusive
de mestrado e doutorado, serão aferidos apenas quando oriundos de Instituição de
Ensino Superior reconhecida, e observadas as normas que lhes regem a validade,
dentre as quais, se for o caso, as pertinentes ao respectivo registro.
2. Os documentos relativos a cursos realizados no exterior só serão considerados para
pontuação quando traduzidos para a Língua Portuguesa por tradutor oficial,
revalidados, e atendida a legislação nacional aplicável. Correrá por conta do
candidato e sob sua responsabilidade o envio destes documentos já traduzidos.
3. Não serão pontuados títulos que sejam requisitos do perfil pretendido, exceto
quando for apresentado mais de um título que atenda ao requisito solicitado.
4. Nos casos em que o perfil exigir como requisito título de Mestre ou experiência
profissional, o título de Mestre será pontuado se o candidato apresentar ambos.
5. Serão pontuados, sucessivamente, da titulação de maior nível a de menor nível até
que seja atingido o máximo de 20 pontos, sendo a pontuação excedente
desconsiderada.
ANEXO V - LOCAIS DE ATENDIMENTO
UF MUNICÍPIO ENDEREÇO
MG Belo Horizonte
CTDN - Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear
Rua Professor Mario Werneck, s/n - Cidade Universitária
Pampulha
GO Goiânia
Complexo do Depósito de Rejeitos Radioativos de Abadia
de Goiás BR 060 – Km 212,5
PE Recife
Centro Regional de Ciências Nucleares
Rua Cônego Barata, 999 – Tamarineira
RJ Rio de Janeiro Rua General Severiano 90 3º andar - Botafogo
SP São Paulo
IPEN - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares
Avenida Professor Lineu Prestes, n
o
2242 - Cidade
Universitária Armando de Salles Oliveira
ANEXO VI – CRONOGRAMA PREVISTO
ATIVIDADES DATAS
PREVISTAS
Período de Inscrição 02 A 17/08/04
Período para obter informações, no site ou pelo telefone da
Trade Census, sobre os locais das Provas Objetivas, para os
candidatos que por ventura não receberem Carta de
Convocação para Provas
A partir de 06/09/04
Aplicação das Provas Objetivas 12/09/04
Divulgação dos gabaritos das Provas Objetivas 14/09/04
Prazo para encaminhamento dos recursos das Provas
Objetiva
15/09/04 e 16/09/04
Divulgação dos resultados dos recursos, das notas das provas
objetivas.
06/10/04
Divulgação do resultado final dos cargos de Analista em
C&T Júnior e Técnico.
20/10/04
Data limite para postagem dos Títulos, Defesa de Memorial
e Projeto de Pesquisa
20/10/04
Análise dos Títulos, Defesa Pública de Memorial e/ou
Defesa Pública de Projeto de Pesquisa
Entre 22/11/04 a
26/11/04
Prazo para encaminhamento do pedido de Revisão das notas
da Análise dos Títulos e/ou Defesa Pública de Memorial
e/ou de Projeto de Pesquisa
2 dias úteis após a
divulgação das notas
Divulgação do Resultado Final para os demais cargos Até 15/12/04