Edital do Concurso Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Piauí - PI (IF/PI) 2012

Banca: IF PI

Esfera: Estadual

Visualizaçao do Edital do Concurso

Nº 224, quarta-feira, 23 de novembro de 2011
63
ISSN 1677-7069
Este documento pode ser verificado no endereço eletrônico http://www.in.gov.br/autenticidade.html ,
pelo código 00032011112300063
Documento assinado digitalmente conforme MP n
o
-
2.200-2 de 24/08/2001, que institui a
Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil.
3
tamente com o laudo médico original que comprove este atendimento
até o dia 20 de janeiro de 2012 para o Instituto Federal de Educação,
Ciência e Tecnologia do Piauí/Coordenação de Capacitação e Seleção
de Pessoal (CSEP) - Comissão Organizadora do Concurso Público
(Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico), Praça da Li-
berdade, 1597, Centro, CEP 64.000-040, Teresina (PI). Os candidatos
domiciliados fora de Teresina, capital do Estado, deverão enviar a
documentação via SEDEX, com aviso de recebimento (AR) e esta
documentação recebida até 72 (setenta e duas) horas, do prazo acima
estabelecido,
3.6 O requerimento de atendimento diferenciado será aten-
dido obedecendo-se à previsão legal e aos critérios de viabilidade e
razoabilidade.
3.7 Após a investidura no cargo pelo candidato, a deficiência
não poderá ser arguida para justificar a concessão de readaptação ou
aposentadoria por invalidez.
4 DA JORNADA, REGIME DE TRABALHO E REGIME
JURÍDICO:
4.1 O regime de trabalho será o de tempo integral de De-
dicação Exclusiva (DE), em conformidade com o art. 112, inciso III,
da Lei nº 11.784, de 22 de setembro de 2008 (DOU, 23/09/2008),
distribuído em dois turnos de trabalho a serem estabelecidos pelas
Diretorias de Ensino dos diversos campi, de acordo com os horários
das aulas.
4.2 O Regime Jurídico a que se submeterão os servidores
será o fixado pela Lei nº. 8.112, de 11/12/1990 (RJU) e suas al-
terações.
5 DA REMUNERAÇÃO:
5.1 A remuneração inicial da classe de Professor da Carreira
de Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico é a constante
do quadro abaixo:
5.1.1 Regime de Trabalho de Dedicação Exclusiva (DE):
Ti t u l a ç ã o Classe Nível VB (R$) GEDBT
(R$)
RT (R$) Total (R$)
Graduação D I 01 1.728,28 1.034,08 - 2.762,36
Aperfeiçoamen-
to
D I 01 1.728,28 1.034,08 187,32 2.949,68
Especialização D I 01 1.728,28 1.034,08 357,72 3.120,08
Mestrado D I 01 1.728,28 1.034,08 1.432,34 4.194,70
Doutorado D I 01 1.728,28 1.034,08 3.344,15 6.106,51
5.2 Além da remuneração acima, o servidor poderá ter os
seguintes benefícios: Auxílio Alimentação, Auxílio Transporte, Au-
xílio Pré-Escolar, Saúde Suplementar e outros de acordo com a le-
gislação em vigor.
6 DA DISTRIBUIÇÃO DAS VAGAS E DAS HABILITA-
ÇÕES EXIGIDAS:
6.1 CAMPUS ANGICAL:
ÁREA/
EIXO
CÓDIGO/
CURSO/
DISCIPLINA
VA
GAS
REGIME P R É - R E Q U I S I TO S
Ciências da
Natureza, Ma-
temáti
01 - Matemática 02 DE Licenciatura em Matemática.
Licenciatura Plena em Ciências
com habilitação em Matemáti-
ca.
ca e suas
Te c n o l o g i
as
Bacharelado em Matemática
com complementação em Li-
cenciatura.
Linguísti
ca, Letras e
Artes
02 - Música/Regên
cia-Banda ou Co-
r a l / P i a n o / Te
01 DE Graduação em Música com ha-
bilitação em Regência e/ou Pia-
no/Teclado e/ou Coral. Licen-
ciatura em
clado Eletrôni-
co/Ins
trumento de Sopro
Educação Artística com habili-
tação em Regência e/ou Pia-
no/Teclado e/ou Coral.
TOTAL DE VAGAS 03
6.2 CAMPUS CORRENTE:
ÁREA/
EIXO
CÓDIGO/
CURSO/
DISCIPLINA
VA
GAS
REGIME P R É - R E Q U I S I TO S
Ciências Hu-
manas e suas
Te c n o l o g i
as
03 - Filosofia 01 DE Licenciatura em Filosofia. Ba-
charelado em Filosofia com
complementação em Licencia-
tura.
04 - Geografia 01 DE Licenciatura em Geografia. Ba-
charelado em Geografia com
complementação em Licencia-
tura.
Licenciatura em Computação.
Bacharelado em Ciências da
Computação. Tecnologia
Informa
ção e Comu-
nica
ção
05 - Informática e
Comunicação
03 DE em: Processamento de Dados
ou Informática ou Sistemas de
Informação ou Análise e De-
senvolvimento
de Sistemas. Engenharia de
Computação com Pós-Gradua-
ção em Educação ou na área
objeto do Concurso.
Ciências da
Natureza, Ma-
temáti
ca e suas
Te c n o l o g i
as
06 - Matemática 02 DE Licenciatura em Matemática.
Licenciatura Plena em Ciências
com habilitação em Matemáti-
ca.
Bacharelado em Matemática
com complementação em Li-
cenciatura.
07 - Biologia 01 DE Licenciatura em Biologia. Li-
cenciatura Plena em Ciências
com habilitação em Biologia.
Bacharelado
em Biologia com complemen-
tação em Licenciatura.
Linguísti
ca, Letras e
Artes
08 - Música/Regên
cia-Banda ou Co-
r a l / P i a n o / Te
01 DE Graduação em Música com ha-
bilitação em Regência e/ou Pia-
no/Teclado e/ou Coral. Licen-
ciatura em
clado Eletrôni-
co/Ins
trumento de Sopro
Educação Artística com habili-
tação em Regência e/ou Pia-
no/Teclado e/ou Coral.
TOTAL DE VAGAS 09
6.3 CAMPUS FLORIANO:
ÁREA/
EIXO
CÓDIGO/
CURSO/
DISCIPLINA
VA
GAS
REGIME P R É - R E Q U I S I TO S
Informa
ção e Comu-
ni
cação
09 - Engenharia de
Software / Banco
de Dados / Siste-
mas Distribuídos
01 DE Licenciatura em Computação.
Bacharelado em Ciências da
Computação. Tecnologia em:
Processamento de Dados ou In-
formática ou Sistemas de Infor-
mação
ou Análise e Desenvolvimento
de Sistemas. Engenharia de
Computação com Pós-Gradua-
ção em Educação ou na área
objeto do Concurso.
Ciências da
Natureza,
10 - Matemática 02 DE Licenciatura em Matemática.
Licenciatura Plena em Ciências
com habilitação em Matemáti-
ca.
Matemática
e suas Tec-
nolo
gias
Bacharelado em Matemática
com complementação em Li-
cenciatura.
Controle e
Processos In-
dustri
ais
11 - Elementos de
Máquinas/ Dese-
nho Técnico /
03 DE Graduação em Engenharia Me-
cânica.
Fabricação Mecâ-
nica
12 - Eletrônica /
Eletrotécnica / Má-
quinas Elétricas
02 DE Graduação em Engenharia Elé-
trica
Infraestrutura 13 -Estruturas/Ma-
teriais de Constru-
ção
02 DE Graduação em Engenharia Ci-
vil.
Civil/
Mecânica dos So-
los
Linguísti
ca,
Letras e Ar-
tes
14 - Música/Regên
cia-Banda ou Co-
r a l / P i a n o / Te
01 DE Graduação em Música com ha-
bilitação em Regência e/ou Pia-
no/Teclado e/ou Coral. Licen-
ciatura em
clado Eletrôni-
co/Ins
trumento de Sopro
Educação Artística com habili-
tação em Regência e/ou Pia-
no/Teclado e/ou Coral.
15 - Música / Ins-
trumentos de So-
pro
01 DE Graduação em Música com ha-
bilitação em Instrumentos de
Sopro. Licenciatura em Educa-
ção Artística com habilitação
em Instrumentos de Sopro.
Língua
gens, Códi-
gos e suas
Te c n o l o g i
16 - Inglês 01 DE Licenciatura em Letras com Ha-
bilitação em Inglês.
as
TOTAL DE VAGAS 13
6.4 CAMPUS PARNAÍBA:
ÁREA
/EIXO
CÓDIGO/
CURSO/
DISCIPLINA
VA
GAS
REGIME P R É - R E Q U I S I TO S
17 - Construção
Civil
03 DE Graduação em Engenharia Ci-
vil. Tecnologia em Construção
Civil.
18 - Sistemas de
Representação
Gráfica e Geomé-
trica (Desenho) /
Infraestru
tura / Edifica
ções
Desenho Técnico /
Desenho Arquite-
tônico / Noções de
01 DE Graduação em Arquitetura.
Graduação em Arquitetura e
Urbanismo.
Representação
Gráfica Computa-
cional: Bi e Tridi-
mensional
Controle e
Processos In-
dustriais /
Eletrotécni
19 - Eletrotécnica 01 DE Graduação em Engenharia Elé-
trica. Tecnologia em Eletrotéc-
nica.
ca
Ciências da
Natureza, Ma-
temáti
20 - Matemática 02 DE Licenciatura em Matemática.
Licenciatura Plena em Ciências
com habilitação em Matemáti-
ca.
ca e suas
Te c n o l o g i
as
Bacharelado em Matemática
com complementação em Li-
cenciatura.
Licenciatura em Computação.
Bacharelado em Ciências da
Computação. Tecnologia
Informa
ção e Comu-
nica
ção
21 - Informática e
Comunicação
01 DE em: Processamento de Dados
ou Informática ou Sistemas de
Informação ou Análise e De-
senvolvimento
de Sistemas. Engenharia de
Computação com Pós-Gradua-
ção em Educação ou na área
objeto do Concurso.
TOTAL DE VAGAS 08
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA
E TECNOLOGIA DO PIAUÍ
EDITAL N
o
-
20, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2011
CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS
O REITOR "PRO TEMPORE" DO INSTITUTO FEDERAL
DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ, no uso
de suas atribuições e em conformidade com o art. 7º, inciso I do
Decreto nº 7.312, de 22/09/2010, publicado no DOU de 23/09/2010,
alterado pelo art. 16 do Decreto nº 7.485, de 18/05/2011, publicado
no DOU de 19/05/2011, bem como nos arts. 1º e 3º da Portaria
Interministerial nº 56, de 20/04/2011, publicado no DOU de
25/04/2011, alterada pela Portaria Interministerial nº 108, de
25/05/2011, publicada no DOU de 26/05/2011, ambas dos Ministros
de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão e da Educação,
torna pública a abertura de inscrições para o Concurso Público de
Provas e Títulos destinado ao provimento de 89 (oitenta e nove)
vagas para o cargo de Professor do Ensino Básico, Técnico e Tec-
nológico, na Classe D I, Nível 1, Quadro de Pessoal do Instituto
Federal do Piauí (IFPI) e de seus Campi, sob o Regime Jurídico de
que trata a Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990 (DOU,
12/12/1990) e da Lei nº 11.784, de 22 de setembro de 2008 (DOU,
23/09/2008), conforme o processo de n. 23172.000958/2011-95, o
qual se realizará sob as condições a seguir discriminadas.
1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
1.1 O Concurso regido por este Edital será executado pelo
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí.
1.2 O presente certame destina-se a selecionar candidatos
para provimento de cargos de Professor do Ensino Básico, Técnico e
Tecnológico, de que trata a Lei nº. 11.784, de 22 de setembro de
2008, publicada no Diário Oficial da União de 23 de setembro de
2008, para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do
Piauí, para atuarem de acordo com o estabelecido no artigo 2º da Lei
nº 11.892/2008.
1.3 O concurso público de que trata o presente Edital des-
tina-se ao preenchimento das vagas especificadas para os cursos/dis-
ciplinas e à formação de cadastro de reserva, pelos candidatos apro-
vados e classificados, em ordem decrescente de classificação e dentro
do prazo de validade do concurso, conforme item 6 (Quadro de
vagas).
1.4 O candidato deverá observar, rigorosamente, o presente
Edital e os comunicados a serem informados no endereço eletrônico
(www.ifpi.edu.br/concursos), vindo tais documentos a constituir parte
integrante deste Edital.
1.5 O concurso público será realizado em 03 (três) etapas
(vide Anexo VI):
1.5.1 Prova Escrita - objetiva e subjetiva (Eliminatória e
Classificatória).
1.5.2 Prova Didática (Eliminatória e Classificatória).
1.5.3 Prova de Títulos (Classificatória).
1.6 A cada uma das etapas será atribuída uma pontuação de
0 (zero) a 100 (cem) pontos, sendo todas as provas realizadas na
cidade de Teresina - Piauí.
1.7 O concurso objeto deste Edital será coordenado por uma
Comissão Organizadora, designada por Portaria do Reitor do IFPI.
1.8 Na execução do concurso, o IFPI firmará parcerias com
outras Instituições da Rede Federal de Ensino visando à elaboração e
aplicação, total ou parcial, das provas que compõem o certame.
2 DOS CARGOS E LOCAL DE TRABALHO:
2.1 O concurso destina-se ao provimento de cargos vagos de
Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, bem como dos
que vierem a vagar ou forem criados durante o prazo de validade
previsto neste Edital.
2.2 O local de trabalho será no Instituto Federal de Edu-
cação, Ciência e Tecnologia do Piauí, observando-se, para cada cargo,
as cidades especificadas no Item 6 deste Edital.
3 DAS VAGAS DESTINADAS A PORTADORES DE NE-
CESSIDADES ESPECIAIS
3.1 Os candidatos portadores de necessidades especiais
(PNE) que declararem tal condição no ato da inscrição participarão do
concurso público em igualdade de condições com os demais can-
didatos, sendo reservados 20% (vinte por cento) das vagas para cada
curso-disciplina(s)/campus adstrito ao prazo de validade do concurso,
nos termos do disposto no art. 37, inciso VIII da Constituição Fe-
deral, art. 5º, § 2º da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, e do
art. 37 do Decreto n° 3.298, de 20 de dezembro de 1999 (DOU,
21/12/1999). Nos casos em que a aplicação do percentual de vagas
destinadas a portadores de necessidades especiais não alcançar um
número inteiro, a fração será arredondada, desde que não ultrapassado
o percentual estabelecido em Lei.
3.2 Ao final do processo seletivo, serão compostas duas
listagens classificatórias dos aprovados: uma geral (ou ampla con-
corrência), com a ordem rigorosa de classificação de todos os can-
didatos, e outra especial, com a ordem rigorosa de classificação,
apenas, dos candidatos portadores de necessidades especiais (PNE).
3.3 O candidato portador de necessidades especiais, repro-
vado na perícia médica, por não ter sido considerado deficiente, caso
seja aprovado no concurso, figurará apenas na lista de classificação
geral (ou ampla concorrência) por curso-disciplinas/campus. Ao can-
didato reprovado na perícia médica será ofertado o prazo de 24 (vinte
e quatro) horas para recurso, cabendo à Administração decidir, em
definitivo, acerca da sua condição de portador, da qual não mais
caberá recurso.
3.4 A reprovação pela Equipe Médica ou o não compa-
recimento a ela acarretará a perda do direito às vagas reservadas aos
candidatos portadores de necessidades especiais.
3.5 O candidato que necessitar de atendimento diferenciado
para realizar a prova deverá fazê-lo no ato da inscrição, encami-
nhando requerimento devidamente preenchido (vide Anexo II), jun-