Edital do Concurso Instituto de Previdência do Município de Diadema - SP (IPRED/SP) 2006

Visualizaçao do Edital do Concurso

IPRED – INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR MUNICIPAL DE DIADEMA
O Instituto de Previdência do Servidor Municipal de Diadema – IPRED, de acordo com as Leis
Complementares n
os
08/91 (Estatuto dos Func. Públicos) e 036/95 (da Reforma Administrativa) e ainda da Lei
Complementar n
o
220/05 e em cumprimento ao disposto no artigo 37, II da Constituição Federal, faz saber que
se encontram abertas inscrições para Concurso Público, regido pelas Instruções Especiais, parte integrante
deste Edital, para provimento de cargos de Agente de Serviço, Agente Administrativo II, Motorista I, Técnico
em Contabilidade, Analista de Sistemas, Assistente Social, Contador, Médico Perito e Procurador, sob
organização e aplicação da Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita
Filho” – Fundação VUNESP.
INSTRUÇÕES ESPECIAIS
I – DOS CARGOS
1. O Concurso Público destina-se ao provimento de cargos públicos vagos, ou que vierem a vagar e dos que
forem criados dentro do prazo de sua validade.
2. Os cargos, número de vagas, vencimentos, carga horária e requisitos exigidos são os estabelecidos na
Tabela que segue:
CARGOS Nº DE
VAGAS
VENCIMENTOS
R$
CARGA
HORÁRIA
REQUISITOS
Agente de Serviço
1 519,03 40 horas 4ª série do Ensino Fundamental.
Agente Administrativo II 5 849,50 40 horas Ensino Médio Completo ou Equivalente
Motorista I
1 720,61 40 horas Ensino Médio Completo e portador de
Carteira Nacional de Habilitação (CNH)
- categoria “C”.
Técnico em Contabilidade
Cadastro 1.377,88 40 horas Curso Técnico em Contabilidade e
registro no CRC.
Analista de Sistemas 1 2.016,46
+ 10% =
2.218,10
40 horas Ensino Superior Completo em
Informática, Análise de Sistemas,
Ciências da Computação, Tecnólogo
em Processamento de Dados ou
Administração em Análise de Sistemas.
Assistente Social 1 2.016,46
+ 10% =
2.218,10
40 horas Ensino Superior Completo em Serviço
Social e registro no Conselho Regional
de Serviço Social.
Contador Cadastro 2.016,46
+ 10% =
2.218,10
40 horas Ensino Superior Completo em Ciências
Contábeis e registro no CRC.
Médico Perito
2 1.591,88 + 10% N.U.
+ 20% gratificação
ou 2.069,46
20 horas Ensino Superior Completo em Medicina,
Registro no CREMESP e Residência
Médica reconhecida pelo MEC na área
de no mínimo 02 anos ou experiência
mínima de 05 anos comprovada na área
ou Título de Especialista.
Procurador
Cadastro 2.016,46
+ 10% =
2.218,10
30 horas Ensino Superior Completo em Direito
com registro na OAB.
3. O vencimento dos cargos, tem como base o mês de janeiro de 2006.
4. O candidato aprovado e contratado será regido pela Lei Complementar 08/91 (Estatuto dos Funcionários
Públicos do Município de Diadema) e pela Lei Complementar 036/95 (da Reforma Administrativa), além do
disposto na Lei Complementar 220/05 e deverá prestar serviços dentro do horário estabelecido pelo IPRED,
em dias úteis e estará sujeito ao cumprimento do estágio probatório, conforme disposição legal.
5. As atribuições a serem exercidas pelo candidato contratado encontram-se no Anexo I – Das Atribuições.
IPRED – INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR MUNICIPAL DE DIADEMA
II - DAS INSCRIÇÕES
1. As inscrições deverão ser efetuadas em um dos cargos referidos no item 2 do Capítulo I – DOS CARGOS,
no período das 10 horas de 13.02.2006 às 16 horas de 06.03.2006, pela internet - site
www.vunesp.com.br
ou
pelo banco (pessoalmente ou por procuração) no horário bancário.
1.1. Não será permitida inscrição pelo correio, fac-símile, condicional ou fora do prazo estabelecido.
2. A inscrição implicará a completa ciência e tácita aceitação das normas e condições estabelecidas neste
Edital, sobre as quais o candidato não poderá alegar desconhecimento.
3. Para se inscrever, o candidato deverá preencher as condições para provimento do cargo e entregar, na data
da contratação, a comprovação de:
a) ser brasileiro, nato ou naturalizado, ou gozar das prerrogativas previstas no art. 12 da Constituição Federal e
demais disposições de lei, no caso de estrangeiros;
b) ter 18 anos completos na data da inscrição;
c) quando do sexo masculino, estar em dia com as obrigações militares;
d) ser eleitor e estar quite com a Justiça Eleitoral;
e) estar com o CPF regularizado;
f) possuir os pré-requisitos exigidos para o exercício do cargo;
g) não registrar antecedentes criminais;
h) ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo.
4. O pagamento da importância correspondente ao valor da taxa de inscrição, poderá ser efetuado em dinheiro
ou em cheque, conforme segue:
Cargos Valor da Taxa de Inscrição
R$
Agente de Serviços
20,00
Agente Administrativo II
Motorista I
Técnico em Contabilidade
35,00
Analista de Sistemas
Assistente Social
Contador
Médico Perito
Procurador
60,00
4.1. A inscrição por pagamento em cheque somente será considerada efetuada após a respectiva
compensação.
4.2. Se, por qualquer razão, o cheque for devolvido, a inscrição do candidato será automaticamente cancelada.
4.3. Não será aceita inscrição por depósito em caixa eletrônico, pelo correio, fac-símile, transferência
eletrônica, DOC, DOC eletrônico, ordem de pagamento ou depósito comum em conta corrente, condicional ou
fora do período de inscrição (13.02.2006 a 06.03.2006), ou por qualquer outro meio que não os especificados
neste Edital. O pagamento por agendamento somente será aceito se comprovada a sua efetivação dentro do
período de inscrição.
4.4. O não atendimento aos procedimentos estabelecidos nos itens anteriores implicará o cancelamento da
inscrição do candidato, verificada a irregularidade a qualquer tempo.
4.5. Não haverá devolução de importância paga, ainda que a maior ou em duplicidade, nem isenção total ou
parcial de pagamento do valor da taxa de inscrição, seja qual for o motivo alegado.
4.6. A devolução da importância paga somente ocorrerá se o Concurso Público não se realizar.
5. O candidato será responsável por qualquer erro ou omissão, bem como pelas informações prestadas,
pessoalmente ou por seu procurador, na ficha de inscrição.
5.1. O candidato que prestar declaração falsa, inexata ou, ainda, que não satisfaça a todas as condições
estabelecidas neste Edital, terá sua inscrição cancelada e, em conseqüência, anulados todos os atos dela
decorrentes, mesmo que aprovado nas provas e que o fato seja constatado posteriormente.
6. As informações prestadas na ficha de inscrição são de inteira responsabilidade do candidato, cabendo ao
IPRED o direito de excluir do Concurso Público aquele que preenchê-la com dados incorretos, bem como
aquele que prestar informações inverídicas, ainda que o fato seja constatado posteriormente.
IPRED – INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR MUNICIPAL DE DIADEMA
7. No ato de inscrição, não serão solicitados os documentos comprobatórios constantes no item 3. deste
Capítulo, sendo obrigatória a sua comprovação quando da contratação.
7.1. A documentação comprobatória de que trata este item deverá ser entregue no momento da contratação,
sob pena de exclusão do candidato no Concurso Público.
8. Informações complementares referentes à inscrição poderão ser obtidas no site www.vunesp.com.br
, e, de
segunda a sexta-feira, das 8 às 20 horas, pelo Disque VUNESP - telefone 11-3874-6300.
9. Para inscrever-se, pela internet, o candidato deverá:
a) acessar o site www.vunesp.com.br
, durante o período de inscrição (13.02.2006 a 06.03.2006);
b) localizar no site o “link” correlato ao Concurso Público;
c) ler o respectivo Edital e preencher a ficha de inscrição;
d) efetuar o pagamento da inscrição, de acordo com o item 4. deste Capítulo, até a data-limite para
encerramento das inscrições (06.03.2006).
9.1. Para o pagamento da taxa de inscrição realizada pela internet, somente poderá ser utilizado o boleto
bancário gerado no ato da inscrição, até a data-limite do encerramento das inscrições. Atenção para o horário
bancário.
9.2. A efetivação da inscrição ocorrerá após a confirmação, pelo banco, do pagamento do boleto referente à
taxa. A pesquisa para acompanhar a situação da inscrição deverá ser feita no site www.vunesp.com.br
, na
página do Concurso Público, após o encerramento do período de inscrições. Caso seja detectada falta de
informação, o candidato deverá entrar em contato com o Disque VUNESP, pelo telefone 11-3874-6300, de
segunda a sexta-feira, das 8 às 20 horas.
9.3. Às 16 horas (horário de Brasília) de 06.03.2006, a ficha de inscrição não estará mais disponibilizada no
site.
9.4. O descumprimento das instruções para inscrição pela internet implicará a não efetivação da inscrição.
10. A inscrição pelo banco poderá ser feita pessoalmente ou por procuração, durante o período de 13.02.2006
a 06.03.2006, nas agências autorizadas do BANESPA
adiante descritas, nos dias úteis e no horário bancário,
onde estarão disponíveis o Boletim Informativo e a ficha de inscrição contendo o comprovante para pagamento
do valor da taxa, fornecidos GRATUITAMENTE.
Cidade Endereço - Bairro
Cotia Av. Prof. José Barreto, 173 - Centro
Diadema Av. Alda, 160 - Centro
Embu-Guaçu R. Boa Vista, 362 - Centro
Itapecerica da Serra Av. XV de Novembro, 60/72 - Centro
Mauá R. Rui Barbosa, 60 - Vila São Vicente
Osasco R. Dona Primitiva Vianco, 556 - Centro
Ribeirão Pires R. Dr. Felício Laurito, 33 - Centro
Santo André R. Sen. Flaquer, 305 - Centro
São Bernardo do Campo R. Rio Branco, 326 - Centro
São Caetano do Sul R. Rio Grande do Sul, 247 - Centro
São Paulo R. 24 de Maio, 224 - Centro
R. Dr. Rafael de Barros, 37 - Paraíso
Av. Eng. Armando Arruda Pereira, 951 - Jabaquara
Av. Mário Lopes Leão, 121 - Santo Amaro
Taboão da Serra R. do Tesouro, 198 - Centro
10.1. Para inscrever-se, o candidato deverá;
a) apresentar-se na agência autorizada, munido do original de um documento de identificação;
b) ler o Edital na íntegra, preencher corretamente a ficha de inscrição e os comprovantes de pagamento da
inscrição, e datar e assinar o Termo de Responsabilidade;
c) pagar a taxa de inscrição, no valor correspondente ao cargo desejado, conforme o item 4. deste Capítulo.
10.2. No caso de inscrição por procuração, serão exigidas a entrega do respectivo mandato, acompanhado de
cópia autenticada do documento de identidade do candidato, e a apresentação da identidade do procurador.
10.2.1. Deverá ser entregue uma procuração por candidato, que ficará retida junto com a ficha de inscrição.
10.2.2. O candidato assumirá as conseqüências de eventuais erros cometidos por seu procurador ao efetuar a
inscrição.
10.3. A efetivação da inscrição dar-se-á por meio da autenticação bancária na ficha de inscrição e no
comprovante do pagamento da inscrição – via candidato.
IPRED – INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR MUNICIPAL DE DIADEMA
10.4. A ficha de inscrição deverá ser retida pelo banco, assim como, quando for o caso, a procuração e a cópia
reprográfica do documento de identidade do mandatário, sendo devolvido o comprovante com a autenticação
bancária.
10.4.1. Nenhum outro documento será retido pelo banco, exceto quando se tratar de inscrição por procuração.
11. Não deverá ser enviada ao IPRED ou à Fundação VUNESP qualquer cópia de documento de identificação
ou comprovação de requisito.
III – DA PARTICIPAÇÃO DE CANDIDATO PORTADOR DE DEFICIÊNCIA
1. A participação de portadores de deficiência no presente Concurso Público será assegurada nos termos do
artigo 37, inciso VIII, da Constituição Federal, Decreto 3.298/99, Lei Complementar 683/92, alterada pela Lei
Complementar 932/02, e demais legislação aplicável à matéria.
2. Serão consideradas deficiências aquelas conceituadas pela medicina especializada, de acordo com os
padrões mundialmente estabelecidos e legislação aplicável à espécie, e que constituam inferioridade que
implique em grau acentuado de dificuldade para integração social.
2.1. Não serão considerados como deficiência os distúrbios passíveis de correção.
3. O candidato portador de deficiência participará do Certame em igualdade de condições com os demais
candidatos, no que tange ao conteúdo, avaliação e critérios de aprovação das provas, data, horário e local de
aplicação, e à nota mínima exigida, nos termos do artigo 2º da Lei Complementar 683/92 e artigo 41 do
Decreto 3.298/99.
4. O candidato portador de deficiência, além de observar as disposições do Capítulo II – DAS INSCRIÇÕES,
deverá especificar, na ficha de inscrição, o tipo de deficiência de que é portador.
4.1. O candidato que necessitar de prova braile ou ampliada, ou de condições especiais para a realização das
provas, deverá, ainda, encaminhar ou entregar, até 06.03.2006, por Sedex ou pessoalmente, à Fundação
VUNESP, localizada na Rua Dona Germaine Burchard, 515 – Água Branca/Perdizes, São Paulo/SP – CEP
05002-062, a seguinte documentação:
a) requerimento com a sua qualificação completa;
b) especificação do Concurso Público para o qual está inscrito;
c) cargo para a qual está concorrendo;
d) laudo médico que ateste a espécie e o grau ou nível da deficiência, com expressa referência ao código
correspondente da Classificação Internacional de Doença – CID, bem como a provável causa da deficiência.
4.1.1. Caso haja necessidade de tempo adicional para a realização da prova, o candidato deverá requerê-lo no
mesmo documento citado no subitem 4.1. deste Capítulo, com justificativa devidamente acompanhada de
parecer emitido por especialista da área de sua deficiência.
4.1.2. Para efeito do prazo estipulado neste subitem, será considerada, conforme o caso, a data de postagem
fixada pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - ECT, ou a data do protocolo firmado pela Fundação
VUNESP.
4.2. O candidato que não proceder, durante o período de inscrição, conforme o estabelecido neste item, não
terá sua prova especial preparada ou as condições especiais providenciadas, seja qual for o motivo alegado.
5. O candidato que não declarar no ato de inscrição ser portador de deficiência e não enviar laudo médico,
conforme determinado no item 4. deste Capítulo, não poderá impetrar recurso em favor de sua situação.
6. Os candidatos constantes da Lista Especial (portadores de deficiência aprovados) serão convocados pelo
IPRED, para perícia médica, de acordo com a legislação aplicável à espécie, com a finalidade de avaliação da
compatibilidade das atribuições do cargo com a deficiência declarada, nos termos do item 3. do Capítulo VIII –
DA CLASSIFICAÇÃO FINAL E DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE.
6.1. Será excluído do Concurso o candidato que tiver deficiência considerada incompatível com as atribuições
do cargo.
6.2. Será excluído da Lista Especial (portadores de deficiência aprovados) o candidato que não tiver
configurada a deficiência declarada (declarado não portador de deficiência pelo órgão de saúde encarregado
da realização da perícia), passando a figurar na Lista Geral de Classificados.
7. Após o ingresso do candidato, a deficiência não poderá ser argüida para justificar a concessão de
readaptação do cargo e para aposentadoria por invalidez.
IPRED – INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR MUNICIPAL DE DIADEMA
IV – DAS PROVAS
1. O Concurso constará das seguintes provas:
Cargos Provas Nº de itens
Agente de Serviço Prova Objetiva:
- Linguagem
- Raciocínio Matemático
15
15
Agente Administrativo II Prova Objetiva:
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Conhecimentos Específicos
20
20
10
Motorista I Prova Objetiva:
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Conhecimentos Específicos
Prova Prática
15
15
20
-
Técnico em Contabilidade Prova Objetiva:
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Conhecimentos Específicos
15
15
20
Analista de Sistemas
Assistente Social
Contador
Prova Objetiva:
- Língua Portuguesa
- Conhecimentos Específicos
10
40
Médico Perito Prova Objetiva:
- Política de Saúde
- Conhecimentos Específicos
10
40
Procurador Prova Objetiva:
- Conhecimentos Específicos
Prova Prático-Profissional
80
01
2. O Concurso Público constará de prova objetiva, prática e prova prático-profissional, de caráter eliminatório e
classificatório. A prova objetiva será composta de questões de múltipla escolha, com 4 (quatro) alternativas
para o cargo de Agente de Serviço e com 5 (cinco) alternativas cada, para os demais cargos. A prova prático-
profissional será composta de uma peça processual.
2.1. Provas objetiva e prático-profissional
a) As provas terão a seguinte duração:
- provas objetiva 3 (três) horas, exceto para o cargo Procurador que será de 4(quatro) horas;
- prova prático-profissional, para o cargo de Procurador, 2 (duas) horas.
b) As provas versarão sobre os conteúdos programáticos constantes - Anexo II – CONTEÚDO
PROGRAMÁTICO.
2.2. Prova prática
a) Somente para o cargo de Motorista e visa à avaliação das habilidades e conhecimentos dos candidatos,
baseados na descrição do cargo;
b) Será realizada na presença de examinadores, em percurso a ser determinado, com duração aproximada de
20 minutos;
c) Serão convocados os 30 (trinta) mais bem classificados na prova objetiva mais os empatados nessa
classificação.
V - DA PRESTAÇÃO DAS PROVAS
1. As provas serão realizadas na cidade de Diadema.
IPRED – INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR MUNICIPAL DE DIADEMA
1.1. Caso o número de candidatos para prestar a prova exceda a oferta de lugares nas escolas localizadas na
cidade de Diadema, a Fundação VUNESP poderá aplicar as provas em municípios vizinhos.
2. A confirmação da data e horário e informações sobre o local para a realização das provas deverão ser
acompanhadas pelo candidato por meio de Edital de Convocação a ser publicado nos sites:
www.ipreddiadema.sp.gov.br
e www.vunesp.com.br.
2.1. Em caso de ter sido efetivada mais de uma inscrição, o candidato deverá no momento da prova optar por
um dos cargos do Concurso, sendo considerado ausente na do não comparecimento e tacitamente excluído do
Concurso naquela que diz respeito.
3. Nos 3 (três) dias que antecederem a data prevista para as provas o candidato deverá:
- verificar a publicação do Edital de Convocação, consultando os sites www.ipreddiadema.sp.gov.br
e
www.vunesp.com.br; ou
- contatar o Disque VUNESP, pelo telefone 11-3874-6300, de segunda a sexta-feira, das 8 às 20 horas; ou
- consultar o sistema TTS (Text to Speach), pelo telefone 11-3874-6300, digitando o número do respectivo
CPF; ou
- verificar a listagem afixada no IPRED, de segunda a sexta-feira, das 08 às 17 horas.
4. Eventualmente, se, por qualquer que seja o motivo, o nome do candidato não constar do Edital de
Convocação, deverá entrar em contato com a Fundação VUNESP, pelo Disque VUNESP, telefone 11-3874-
6300, de segunda a sexta-feira, das 8 às 20 horas, para verificar o ocorrido.
4.1. Ocorrendo o caso constante deste item, poderá o candidato participar do Concurso e realizar a prova, se
apresentar o respectivo comprovante de pagamento, efetuado nos moldes previstos neste Edital, devendo,
para tanto, preencher, no dia da prova, formulário específico.
4.2. A inclusão de que trata este item será realizada de forma condicional, sujeita à posterior verificação da
regularidade da referida inscrição.
4.3. Constatada eventual irregularidade na inscrição, a inclusão do candidato será automaticamente cancelada,
sem direito à reclamação, independentemente de qualquer formalidade, considerados nulos todos os atos dela
decorrentes.
5. O candidato somente poderá realizar as provas nas respectivas datas, horários e locais constantes do Edital
de Convocação.
5.1. Não será aceita nenhuma justificativa de ausência ou de comparecimento em local, data ou horário
incorretos, devendo o candidato acompanhar a publicação do respectivo Edital de Convocação pelos sites:
www.ipreddiadema.sp.gov.br
e www.vunesp.com.br.
6. O candidato deverá comparecer ao local designado para a respectiva prova constante do Edital de
Convocação, com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos, munido de:
a) comprovante de pagamento de inscrição;
b) caneta de tinta azul ou preta, lápis preto n.º 2 e borracha macia;
c) original de um dos seguintes documentos de identificação e dentro do prazo de validade, conforme o caso:
Cédula de Identidade (RG), Carteira de Órgão ou Conselho de Classe, Carteira de Trabalho e Previdência
Social (CTPS), Certificado Militar, Carteira Nacional de Habilitação, expedida nos termos da Lei Federal
9.503/97, ou Passaporte.
6.1. Somente será admitido na sala ou local de prova o candidato que apresentar um dos documentos
discriminados neste item e desde que permita, com clareza, a sua identificação.
6.2. Não serão aceitos protocolo, cópia dos documentos citados, ainda que autenticada, ou quaisquer outros
documentos não constantes deste Edital, inclusive carteira funcional de ordem pública ou privada.
7. Não será admitido na sala ou local de prova o candidato que se apresentar após o horário estabelecido para
o seu início.
8. Não haverá segunda chamada, seja qual for o motivo alegado para justificar o atraso ou a ausência do
candidato, nem aplicação da prova fora do local, data e horário preestabelecidos.
9. O candidato não poderá ausentar-se da sala ou local de prova sem o acompanhamento de um fiscal.
10. O candidato que, eventualmente, necessitar alterar algum dado cadastral, por erro de digitação constante
no Edital de Convocação, deverá preencher a correção do dado em formulário específico, datar, assinar e
entregar ao fiscal. O candidato que queira fazer alguma reclamação ou sugestão deverá procurar a Sala de
Coordenação no local em que estiver prestando a prova.
10.1. O candidato que não solicitar a correção nos termos deste item deverá arcar, exclusivamente, com as
conseqüências advindas de sua omissão.
11. Não haverá prorrogação do tempo previsto para a aplicação da prova em virtude de afastamento, por
qualquer motivo, de candidato da sala ou local de prova.
12. Em caso de necessidade de amamentação durante a realização da prova, a candidata deverá levar um
acompanhante, que ficará em local reservado para tal finalidade e será responsável pela guarda da criança.
IPRED – INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR MUNICIPAL DE DIADEMA
13. Será excluído do Concurso Público o candidato que:
a) apresentar-se após o horário estabelecido;
b) não comparecer ao Concurso Público, conforme convocação oficial, seja qual for o motivo alegado;
c) não apresentar o documento de identificação conforme previsto no item 6. deste Capítulo;
d) ausentar-se da sala ou local de prova sem o acompanhamento de um fiscal;
e) for surpreendido em comunicação com outro candidato ou terceiros, verbalmente ou por escrito, ou
utilizando-se de calculadora, livros, notas ou impressos não permitidos;
f) estiver portando ou fazendo uso de qualquer tipo de equipamento eletrônico de comunicação;
g) lançar mão de meios ilícitos para executar a prova;
h) fizer anotação de informações relativas às suas respostas em qualquer material que não o fornecido pela
Fundação VUNESP;
i) não devolver ao fiscal a Folha Definitiva de Respostas ou qualquer outro material de aplicação da prova;
j) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos;
k) estiver portando arma, ainda que possua o respectivo porte;
l) estiver fazendo uso de boné ou chapéu;
m) agir com incorreção ou descortesia para com qualquer membro da equipe encarregada da aplicação da
prova.
Da prova objetiva
14. A prova objetiva será realizada, com data prevista para 02.04.2006, no período da manhã.
15. O candidato somente poderá retirar-se da sala ou do local de aplicação da prova depois de transcorrido o
tempo de 50% (cinqüenta por cento) da duração da respectiva prova.
16. No ato da realização da prova, o candidato receberá o Caderno de Questões e a Folha Definitiva de
Respostas.
16.1. O candidato deverá transcrever as respostas para a Folha Definitiva de Respostas, com caneta de tinta
azul ou preta e assinar no campo apropriado.
16.2. A Folha Definitiva de Respostas, cujo preenchimento é de responsabilidade do candidato, é o único
documento válido para a correção eletrônica e deverá ser entregue no final da prova ao fiscal de sala. O
candidato, após decorridos 50% do tempo das respectivas provas ou ao seu final, levará consigo somente o
Caderno de Questões.
16.3. Não será computada questão com emenda ou rasura, ainda que legível, nem questão não respondida ou
que contenha mais de uma resposta, mesmo que uma delas esteja correta.
16.4. Não deverá ser feita nenhuma marca fora do campo reservado às respostas ou à assinatura, sob pena
de acarretar prejuízo ao desempenho do candidato.
17. Em hipótese alguma haverá substituição da Folha Definitiva de Respostas por erro do candidato.
18. Durante a realização das provas, não serão permitidas consultas bibliográficas de qualquer espécie, bem
como utilização de máquina calculadora, agendas eletrônicas ou similares, telefone celular, BIP, pager,
walkman ou de qualquer material que não seja o estritamente necessário.
Da prova prático-profissional
19. A prova prático-profissional será aplicada para o cargo de Procurador, no mesmo dia da prova objetiva, no
período da tarde.
20. O candidato receberá o caderno pré-identificado no qual redigirá a Peça Processual com caneta de tinta
azul ou preta. A prova deverá ser feita em letra legível, não sendo permitida a interferência e participação de
outras pessoas, salvo em caso de candidato que tenha solicitado condição especial para esse fim. Nesse
caso, o candidato será acompanhado por um fiscal da FUNDAÇÃO VUNESP, devidamente treinado, ao qual o
IPRED – INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR MUNICIPAL DE DIADEMA
candidato deverá ditar o texto, especificando oralmente a grafia das palavras e os sinais gráficos de
pontuação. A prova deverá ser manuscrita, não podendo ser assinada, rubricada ou conter, em outro local que
não seja o cabeçalho das folhas de texto definitivo, qualquer palavra ou marca que o identifique, sob pena de
ser anulada. Assim, a detectação de qualquer marca identificadora no espaço destinado à transcrição do texto
acarretará a anulação da prova e a conseqüente eliminação do candidato do Concurso.
21. Durante a realização das provas, não serão permitidas e nem oferecidas folhas adicionais para rascunho.
22. Somente será permitida consulta à legislação, livros de doutrina e repertórios de jurisprudência, sendo
vedada, no entanto, a utilização de obras que contenham formulários, questões sob a forma de perguntas e
respostas, modelos e anotações pessoais, inclusive apostilas, ainda que editadas sob a forma de livro.
23. O candidato somente poderá retirar-se da sala ou do local de aplicação da prova depois de transcorrido
50% (cinqüenta por cento) da duração da respectiva prova.
24. Ao terminar a prova, o candidato entregará ao fiscal da sala o caderno de prova.
Da prova prática
25. A prova prática para o cargo de Motorista, com data prevista de aplicação para 07.05.2006, em local e
horário a serem divulgados oportunamente, conforme previsto no Capítulo VI – DO JULGAMENTO DAS
PROVAS E HABILITAÇÃO.
26. Para a prestação da prova prática, o candidato deverá observar os termos constantes dos itens 3; 3.1 e 3.2
do Capítulo VI – DO JULGAMENTO DAS PROVAS E HABILITAÇÃO.
VI - DO JULGAMENTO DAS PROVAS E HABILITAÇÃO
1. A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, será avaliada na escala de 0 (zero) a 100 (cem)
pontos.
1.1. Será considerado habilitado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 50 (cinqüenta) na prova
objetiva.
1.2. O candidato não habilitado será excluído do Concurso.
2. A prova prático-profissional para o cargo de Procurador, será corrigida para os candidatos habilitados que
obtiverem as maiores notas na prova objetiva, observada a quantidade de 60 (sessenta) candidatos mais bem
classificados, incluídos os empatados nessa situação, ficando os demais candidatos excluídos do concurso.
3. A prova prática, para o cargo de Motorista I, de caráter eliminatório e classificatório, será avaliada na escala
de 0 (zero) a 100 (cem) pontos.
3.1 . Será considerado habilitado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 50 (cinqüenta) pontos na
prova prática.
3.2. Serão convocados para realizar a prova prática os 30 candidatos mais bem classificados na prova
objetiva. Havendo empate na última colocação, todos os candidatos nestas condições serão convocados.
3.3. A convocação para a prova prática será publicada nos sites: www.ipreddiadema.sp.gov.br
e
www.vunesp.com.br, devendo o candidato observar atentamente o disposto no Capítulo V – DA PRESTAÇÃO
DAS PROVAS.
3.4. O candidato não habilitado ou não convocado para a prova prática será excluído do Concurso.
VII - DA PONTUAÇÃO FINAL
1. A pontuação final do candidato será:
a) para o cargo de Agente de Serviço, Agente Administrativo II, Técnico em Contabilidade, Analista de
Sistemas, Assistente Social, Contador e Médico Perito: a nota obtida na prova objetiva;
b) para o cargo de Procurador: a somatória das notas obtidas na prova objetiva e na prova prático-profissional;
c) para o cargo de Motorista I: a somatória das notas obtidas nas provas objetiva e prática.
IPRED – INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR MUNICIPAL DE DIADEMA
VIII - DA CLASSIFICAÇÃO FINAL E DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE
1. Os candidatos aprovados serão classificados por ordem decrescente da pontuação final.
2. Os candidatos classificados serão enumerados em duas listas, sendo uma geral (todos os candidatos
aprovados) e outra especial (portadores de deficiência aprovados).
3. A Lista Especial (portadores de deficiência aprovados) será divulgada em ordem alfabética, sendo
concedidos 5 (cinco) dias corridos, contados a partir da data da divulgação, para que os interessados retirem o
formulário para a perícia médica no local indicado.
3.1. A realização da perícia médica será de responsabilidade do IPRED, para verificação da compatibilidade
da deficiência com o exercício das atribuições do cargo, por especialista na área de deficiência de cada
candidato, devendo o laudo ser proferido no prazo de 5 (cinco) dias corridos contados da data do respectivo
exame.
3.2. Quando a perícia concluir pela inaptidão do candidato, constituir-se-á, no prazo de 5 (cinco) dias corridos,
contados da data do respectivo exame, junta médica para nova inspeção, da qual poderá participar profissional
indicado pelo interessado.
3.3. A indicação do profissional pelo interessado deverá ser feita no prazo de 5 (cinco) dias corridos, contados
da data da ciência do laudo referido no subitem anterior.
3.4. A junta médica deverá apresentar conclusão no prazo de 5 (cinco) dias corridos, contados da data da
realização do exame.
3.5. Não caberá qualquer recurso da decisão proferida pela junta médica, nos termos da Lei Complementar
683/92.
3.6. Findo o prazo estabelecido no subitem anterior, serão divulgadas as Listas de Classificação Final Geral e
Especial, das quais serão excluídos os portadores de deficiência considerados inaptos na inspeção médica.
4. O candidato cuja deficiência não for configurada constará apenas da lista de Classificação Final Geral.
5. Não ocorrendo inscrição no Concurso Público ou aprovação de candidatos portadores de deficiência, será
elaborada somente a Lista de Classificação Final Geral.
6. Em caso de igualdade da pontuação final, serão aplicados, sucessivamente, os seguintes critérios de
desempate:
6.1. Para todos os cargos, o candidato:
a) com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, nos termos da Lei Federal nº 10.741/03, entre si e frente
aos demais, sendo que será dada preferência ao de idade mais elevada.
6.2. Para o cargo de Agente de Serviço, o candidato:
a) que obtiver maior número de acertos nas questões de Raciocínio Matemático;
b) que obtiver maior número de acertos nas questões de Linguagem;
c) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
6.3. Para o cargo de Agente Administrativo II e Técnico de Contabilidade, o candidato:
a) que obtiver maior número de acertos nas questões de Conhecimentos Específicos;
b) que obtiver maior número de acertos nas questões de Língua Portuguesa;
c) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
6.4. Para o cargo de Motorista I, o candidato:
a) que obtiver maior pontuação na prova prática;
b) que obtiver maior número de acertos nas questões de Conhecimentos Específicos;
c) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
6.5. Para o cargo de Analista de Sistemas, Assistente Social e Contador, o candidato:
a) que obtiver maior número de acertos nas questões de Conhecimentos Específicos;
b) que obtiver maior número de acertos nas questões de Língua Portuguesa;
c) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
6.6. Para o cargo de Médico Perito, o candidato:
a) que obtiver maior número de acertos nas questões de Conhecimentos Específicos;
b) que obtiver maior número de acertos nas questões de Política de Saúde;
c) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
6.7. Para o cargo de Procurador, o candidato:
IPRED – INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR MUNICIPAL DE DIADEMA
a) que obtiver maior número de acertos nas questões de Peça Processual;
b) que obtiver maior número de acertos nas questões de Conhecimentos Específicos;
c) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
IX - DOS RECURSOS
1. O prazo para interposição de recurso será de 2 (dois) dias úteis, contados da data da divulgação do fato que
lhe deu origem.
1.1. Admitir-se-á um único recurso, de forma individualizada, para cada questão e em 02 (duas) vias de igual
teor (original e cópia), quando se tratar da prova objetiva.
2. O recurso – Anexo III – Modelo de Recurso - deverá ser protocolado, pessoalmente ou por meio de um
procurador, na Fundação VUNESP, sito à Rua Dona Germaine Burchard, 515 – Perdizes – São Paulo, de
segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, com as seguintes especificações:
a) nome do candidato;
b) número de inscrição;
c) número do documento de identidade;
d) concurso para o qual se inscreveu;
e) cargo para o qual se inscreveu;
f) endereço completo;
g) questionamento;
h) embasamento do recurso;
i) data e assinatura.
3. O recurso deverá estar digitado ou datilografado, não sendo aceito recurso interposto por fac-símile, telex,
Internet, telegrama ou outro meio não especificado neste Edital.
4. A resposta ao recurso interposto será objeto de divulgação nos sites: www.ipreddiadema.sp.gov.br
e
www.vunesp.com.br.
5. No caso de provimento do recurso interposto dentro das especificações, este poderá, eventualmente, alterar
a nota/classificação inicial obtida pelo candidato para uma nota/classificação superior ou inferior, ou ainda
poderá ocorrer a desclassificação do candidato que não obtiver a nota mínima exigida para habilitação.
6. Será indeferido o recurso interposto fora da forma e dos prazos estipulados neste Edital.
7. Não haverá, em hipótese alguma, vistas das provas.
X - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
1. A inscrição do candidato implicará a completa ciência das normas e condições estabelecidas neste Edital e
nas demais normas legais pertinentes, sobre as quais não poderá o candidato alegar desconhecimento.
2. Quando da convocação, o candidato deverá entregar os documentos comprobatórios constantes no item 3.
do Capítulo II – DAS INSCRIÇÕES, bem como outros que a Administração do IPRED julgar necessários.
2.1. A inexatidão e/ou irregularidades nos documentos, mesmo que verificadas a qualquer tempo, em especial
por ocasião da contratação, acarretarão a nulidade da inscrição com todas as suas decorrências, sem prejuízo
das demais medidas de ordem administrativa, cível ou criminal.
2.2. O candidato será considerado desistente e excluído tacitamente do Concurso Público quando não
comparecer às convocações nas datas estabelecidas ou manifestar sua desistência por escrito.
3. A aprovação e a classificação definitiva geram, para o candidato, apenas a expectativa de direito e
preferência na contratação.
4. O prazo de validade deste Concurso Público será de 02 (dois) anos, contado da data da sua homologação,
podendo ser prorrogado, a critério da Administração, uma única vez e por igual período.
5. Caberá ao IPRED a homologação dos resultados finais deste Concurso Público.
6. Os itens deste Edital poderão sofrer eventuais atualizações ou retificações, enquanto não consumada a
providência ou evento que lhes disser respeito, circunstância que será mencionada em Edital ou Aviso a ser
publicado nos sites:
www.ipreddiadema.sp.gov.br
e www.vunesp.com.br.
7. A legislação com entrada em vigor após a data de publicação deste Edital, bem como alterações
posteriores, não serão objeto de avaliação das provas deste Concurso.
8. As informações sobre o presente Concurso Público, até a publicação da classificação final, serão prestadas
pela Fundação VUNESP, por meio do Disque VUNESP, pelo Telefone (11) 3874-6300, de segunda a sexta-
IPRED – INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR MUNICIPAL DE DIADEMA
feira, das 8 às 20 horas, e pela internet, no site www.vunesp.com.br, sendo que após a competente
homologação do resultado final, as informações serão de responsabilidade do IPRED.
9. Em caso de alteração de algum dado cadastral até a emissão da classificação final, o candidato deverá
requerer a atualização à Fundação VUNESP, após o que e durante o prazo de validade deste Certame, na
sede do IPRED, de segunda a sexta-feira, das 08 às 17 horas.
10. O IPRED e a Fundação VUNESP se eximem das despesas decorrentes de viagens e estadas dos
candidatos para comparecimento a qualquer fase deste Concurso Público.
10.1. O IPRED e a Fundação VUNESP não se responsabilizam por eventuais prejuízos ao candidato
decorrentes de:
a) endereço não atualizado;
b) endereço de difícil acesso;
c) correspondência devolvida pela ECT por razões diversas de fornecimento e/ou endereço errado do
candidato.
d) correspondência recebida por terceiros.
11. A Fundação VUNESP não emitirá Declaração de Aprovação no Concurso, sendo a própria publicação nos
sites www.ipreddiadema.sp.gov.br
e www.vunesp.com.br, documento hábil para fins de comprovação da
aprovação.
12. Todas as convocações, avisos e resultados oficiais, referentes à realização deste Concurso Público, serão
divulgados nos sites: www.ipreddiadema.sp.gov.br
e www.vunesp.com.br, e, afixados no IPRED, sendo de
inteira responsabilidade do candidato o seu acompanhamento, não podendo ser alegado qualquer espécie de
desconhecimento.
13. Toda menção a horário neste Edital e em outros atos dele decorrentes terá como referência o horário oficial
de Brasília.
14. Os questionamentos relativos a casos omissos ou duvidosos, serão julgados pela Comissão de Concurso
Público, nomeada através da Portaria nº 001 de 03/01/2006.
15. Decorridos 90 (noventa) dias da data da homologação e não caracterizando qualquer óbice, é facultada a
incineração da prova e demais registros escritos, mantendo-se, porém, pelo prazo de validade do Concurso
Público, os registros eletrônicos.
16. Sem prejuízo das sanções criminais cabíveis, a qualquer tempo, o IPRED poderá anular a inscrição, prova
ou contratação do candidato, verificadas falsidades de declaração ou irregularidade no Certame.
Diadema, 02 de fevereiro de 2006.
Mariano Palma Villalta
Diretor Superintendente
IPRED – INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR MUNICIPAL DE DIADEMA
ANEXO I – DAS ATRIBUIÇÕES
AGENTE DE SERVIÇOS - Garantir a realização de serviços de limpeza, lavagem, desinfecção, varrição,
encerramento de locais e ambientes públicos internos e externos; lavagens e desinfecção de roupas e outros
materiais; lavar vidros e outros equipamentos; utilizar, limpar, guardar materiais, ferramentas, utensílios e
equipamentos; realizar a coleta de lixo; quantificar e qualificar os resíduos para destino final; separar e enfardar
materiais, vidros, plásticos, etc.; preparar e distribuir o café; fornecer refeições ao público interno; solicitar e
controlar os gêneros alimentícios e materiais de limpeza; observar as normas de segurança; confeccionar
chaves; abrir fechaduras e cadeados, participar de reuniões, treinamento e desenvolvimento para
aperfeiçoamento do processo de trabalho; realizar outras tarefas correlatas solicitadas pela Chefia.
AGENTE ADMINISTRATIVO II - Garantir a prestação qualitativa dos serviços de pesquisa, análise, redação de
documentos, digitar, organizar, elaborar, instaurar, registrar, controlar, acompanhar e manter os processos
administrativos nas diversas áreas; executar o recebimento, distribuição, suprimento, registro, controle dos
documentos, processos, materiais, gêneros e equipamentos; atender às solicitações de informações ao público
interno e externo através de recepção, reuniões e outras atividades de apoio administrativo; fazer a
composição, registro, controle e acompanhamento de contratos; encaminhar ações contábeis para pagamento
de notas, taxas de expedientes, emolumentos; organizar o processo de trabalho através do planejamento e
programação das ações e atividades de implementação dos serviços de acordo com os procedimentos e
normas administrativas; participar de reuniões, treinamento e desenvolvimento para aperfeiçoamento do
processo de trabalho; realizar outras tarefas correlatas solicitadas pela Chefia.
MOTORISTA I - Garantir a prestação qualitativa do serviço de direção dos veículos automotores com menos
de 4.500 Kg para transporte de passageiros de carga, furgão ou similares; realizar vistorias do veículo para
verificação do estado geral do mesmo (luzes, óleo, amassados, freio, pneu, água, ferramentas, etc...); recolher
o veículo para a garagem, após a jornada de trabalho; elaborar o relatório da situação do carro e movimento
diário; coordenar e participar na carga e descarga de mercadorias; organizar, controlar e manter a higiene e a
limpeza dos veículos, equipamentos, instrumentos e materiais de trabalho; participar de reuniões, treinamento
e desenvolvimento para aperfeiçoamento do processo de trabalho; realizar outras tarefas correlatas solicitadas
pela Chefia.
TÉCNICO EM CONTABILIDADE - Garantir a prestação qualitativa dos serviços de preparação de empenhos e
providências de pagamento e serviços auxiliares no controle de bens patrimoniais, do movimento de caixa e
das contas bancárias; realizar transcrições e lançamento de dados, de relatórios contábeis diários, de
conciliação bancária; realizar codificações, suplementações de verbas, emissão e anulação de empenhos;
participar da elaboração e atualização de quadros demonstrativos, financeiros, relatórios, balancetes e
inventários relativos a sua área de atuação; arquivar dados segundo processos e rotinas administrativas
estabelecidas; organizar, controlar e manter os equipamentos, instrumentos e materiais de trabalho; participar
de reuniões, treinamento e desenvolvimento para aperfeiçoamento do processo de trabalho; realizar outras
tarefas correlatas solicitadas pela Chefia.
ANALISTA DE SISTEMAS - Garantir a prestação qualitativa dos serviços na elaboração de sistemas através
de programas de informática; realizar estudos e análises das características e planos dos diversos setores
administrativos para a elaboração de diagnósticos objetivando à aplicação do processamento sistemático de
informações; identificar as necessidades dos diversos setores para definição dos dados a serem implantados,
do grau de sumarização permitindo o formato requerido para apresentação dos resultados; realizar estudos
sobre a viabilidade e custos da utilização de sistemas de processamento de dados; determinar planos e
seqüência de elaboração de programas de operação através dos exames dos dados de entrada disponíveis e
de estudos das modificações necessárias à normatização; estabelecer métodos e procedimentos possíveis a
serem idealizados e /ou adequados; preparar diagramas de fluxos e outras instruções referentes ao sistema de
processamento de dados e outros procedimentos correlatos segundo linguagem apropriadas; participar de
reuniões, treinamento e desenvolvimento para aperfeiçoamento do processo de trabalho; realizar outras
tarefas correlatas solicitadas pela Chefia.
ASSISTENTE SOCIAL - Garantir a prestação qualitativa dos serviços de atendimento às necessidades e
direito dos excluídos de acordo com a política social e diretrizes da Autarquia; participar na elaboração da
IPRED – INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR MUNICIPAL DE DIADEMA
política de assistência social e de outras áreas da Autarquia; elaborar, implementar, acompanhar projetos e
programas sociais específicos e articulados com outros órgãos da Administração; realizar estudos sócio-
econômicos e cadastramento; realizar atendimentos individuais e encaminhamentos aos equipamentos e
recursos municipais e outros; realizar contatos externos e internos, visitas à instituições públicas e privadas
para encaminhamento dos serviços; participar de eventos, seminários, reuniões de trabalho; participar na
integração de equipes multidisciplinares para realização de trabalhos internos e externos; elaborar e utilizar
métodos e critérios de avaliação sócio-econômico para fornecimento e/ou encaminhamento de concessão e
benefícios previdenciários; apresentar periodicamente relatórios estatísticos, analíticos e financeiros dos
trabalhos executados; realizar ações e atividades sociais relacionadas à área de atuação da política de
assistência social aos segurados e funcionários; participar de reuniões, treinamento e desenvolvimento para
aperfeiçoamento do processo de trabalho; realizar outras tarefas correlatas solicitadas pela Chefia.
CONTADOR - Garantir a prestação qualitativa dos serviços de contabilidade em geral; organizar e executar
análise de contas; assessorar sobre problemas contábeis específicos; planejar os serviços contábeis
especializados; sistematizar registros, atendendo às exigências legais e necessidades administrativas;
organizar, executar e assinar balancetes, balanços e demonstrativos de contas, aplicando as normas contábeis
para apresentar resultados parciais e gerais da situação patrimonial, econômica e financeira; participar de
reuniões, treinamento e desenvolvimento para aperfeiçoamento do processo de trabalho; realizar outras
tarefas correlatas solicitadas pela Chefia.
MÉDICO PERITO - Garantir a prestação qualitativa dos serviços de assistência e de preservação da saúde,
segundo as diretrizes da política de saúde municipal; realizar ações e atividades programáticas estabelecidas;
participar da elaboração, execução e avaliação de programas, da normatização de procedimentos relativos a
sua área de abrangência; desenvolver ações e atividades educativas junto aos pacientes e servidores; realizar
registros e procedimentos necessários (análise, exame físico); determinar a hipótese diagnosticada; solicitar
exames complementares; conhecer e atualizar os recursos médicos disponíveis, normas e rotinas de serviço;
organizar, manter e controlar os equipamentos, instrumentos e materiais sob sua guarda e utilização,
requisitando sua manutenção preventiva e corretiva; emitir relatórios de suas ações e atividades;
responsabilizar-se pelas informações constantes no prontuário, na receita, no atestado e na guia de
encaminhamento subscrita; participar de reuniões, treinamento e desenvolvimento para aperfeiçoamento do
processo de trabalho; apresentação de quesitos e acompanhamento de ação judicial; elaboração de parecer
conclusivo para concessão de benefícios previdenciários; realizar outras tarefas correlatas solicitadas pela
Chefia.
PROCURADOR - Garantir a prestação qualitativa dos serviços de representação jurídica da Autarquia e de
emissão de pareceres e manifestações sobre questões de direito; propor e acompanhar ações judiciais e de
defesa contra a Autarquia; acompanhar acordos extrajudiciais; encaminhar os processos de sindicância até a
fase de conclusão; elaborar projetos de lei; mensagens legislativas, decretos, portarias e outros atos
administrativos; elaborar pareceres diversos sobre pedidos e consultas; elaborar minutas de contratos,
negociações e análises e renovações dos mesmos; realizar instruções nos processos administrativos;
participar de reuniões, treinamento e desenvolvimento para aperfeiçoamento do processo de trabalho; realizar
outras tarefas correlatas solicitadas pela Chefia.
ANEXO II – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
Agente de Serviço
Linguagem
Compreensão de texto. Significado de palavras. Noções de número: singular e plural. Noções de gênero:
masculino e feminino. Noções de tempos verbais: presente, passado e futuro. Noções de pronomes pessoais e
possessivos. Reconhecimento de frases corretas e incorretas.
Raciocínio
Noções de operações com números naturais e fracionários: adição, subtração, multiplicação e divisão. Noções
de sistemas de medidas: tempo, comprimento e quantidade. Resolução de situações-problema.
IPRED – INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR MUNICIPAL DE DIADEMA
Agente Administrativo II
Língua Portuguesa
Interpretação de texto. Ortografia oficial. Acentuação gráfica. Pontuação. Classes de palavras: substantivo,
adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção: emprego e sentido que imprimem às
relações que estabelecem. Vozes verbais: ativa e passiva. Colocação pronominal. Concordância verbal e
nominal. Regência verbal e nominal. Crase. Sinônimos, antônimos e parônimos. Sentido próprio e figurado das
palavras.
Matemática
Operações com números reais. Mínimo múltiplo comum e máximo divisor comum. Razão e proporção.
Porcentagem. Regra de três simples e composta. Média aritmética simples e ponderada. Juro simples.
Equação do 1.º e 2.º graus. Sistema de equações do 1.º grau. Relação entre grandezas: tabelas e gráficos.
Sistemas de medidas usuais. Noções de geometria: forma, perímetro, área, volume, ângulo, teorema de
Pitágoras. Raciocínio lógico. Resolução de situações-problema.
Conhecimentos Específicos
Elaboração de memorandos, comunicados, ofícios, atas, requerimentos. Relações humanas no trabalho.
Noções básicas de organização, arquivo e escritório. Uso de correio eletrônico, preparo de mensagens
(anexação de arquivos, cópias). Microsoft Word 97/2000: estrutura básica dos documentos, edição e
formatação de textos, cabeçalhos, parágrafos, fontes, colunas, marcadores simbólicos e numéricos, e tabelas,
impressão, ortografia e gramática, controle de quebras, numeração de páginas, legendas, índices, inserção de
objetos, campos predefinidos, caixas de texto. Microsoft Excel 97/2000: estrutura básica das planilhas,
conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas,
funções e macros, impressão, inserção de objetos, campos predefinidos, controle de quebras, numeração de
páginas, obtenção de dados externos, classificação. Microsoft PowerPoint 97/2000: estrutura básica das
apresentações, conceitos de slides, anotações régua, guias cabeçalhos e rodapés, noções de edição e
formatação de apresentações, inserção de objetos, numeração de páginas, botões de ação, animação e
transição. Microsoft Windows 95/98/2000: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de trabalho,
área de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus, programas e aplicativos, interação
com o conjunto de aplicativos Microsoft Office. Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, impressão
de páginas.
Motorista
Língua Portuguesa
Interpretação de texto. Ortografia oficial. Acentuação gráfica. Pontuação. Classes de palavras: substantivo,
adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção: emprego e sentido que imprimem às
relações que estabelecem. Vozes verbais: ativa e passiva. Colocação pronominal. Concordância verbal e
nominal. Regência verbal e nominal. Crase. Sinônimos, antônimos e parônimos. Sentido próprio e figurado das
palavras.
Matemática
Operações com números reais. Mínimo múltiplo comum e máximo divisor comum. Razão e proporção.
Porcentagem. Regra de três simples e composta. Média aritmética simples e ponderada. Juro simples.
Equação do 1.º e 2.º graus. Sistema de equações do 1.º grau. Relação entre grandezas: tabelas e gráficos.
Sistemas de medidas usuais. Noções de geometria: forma, perímetro, área, volume, ângulo, teorema de
Pitágoras. Raciocínio lógico. Resolução de situações-problema.
Conhecimentos Específicos
Legislação de trânsito: Novo Código de Trânsito Brasileiro, abrangendo os seguintes tópicos: administração de
trânsito, regras gerais para circulação de veículos, os sinais de trânsito, registro e licenciamento de veículos,
condutores de veículos, deveres e proibições, as infrações à legislação de trânsito, penalidades e recursos.
Resoluções do Conselho Nacional de Trânsito. Mecânica de veículos: conhecimentos elementares de
mecânica de automóveis, troca e rodízio de rodas; regulagem de motor, regulagem e revisão de freios, troca
de bomba d´água, troca e regulagem de tensão nas correias, troca e regulagem da fricção, troca de óleo.
Serviços corriqueiros de eletricidade: troca de fusíveis, lâmpadas, acessórios simples, etc.
Técnico em Contabilidade
Língua Portuguesa
IPRED – INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR MUNICIPAL DE DIADEMA
Interpretação de texto. Ortografia oficial. Acentuação gráfica. Pontuação. Classes de palavras: substantivo,
adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção: emprego e sentido que imprimem às
relações que estabelecem. Vozes verbais: ativa e passiva. Colocação pronominal. Concordância verbal e
nominal. Regência verbal e nominal. Crase. Sinônimos, antônimos e parônimos. Sentido próprio e figurado das
palavras.
Matemática
Operações com números reais. Mínimo múltiplo comum e máximo divisor comum. Razão e proporção.
Porcentagem. Regra de três simples e composta. Média aritmética simples e ponderada. Juro simples.
Equação do 1.º e 2.º graus. Sistema de equações do 1.º grau. Relação entre grandezas: tabelas e gráficos.
Sistemas de medidas usuais. Noções de geometria: forma, perímetro, área, volume, ângulo, teorema de
Pitágoras. Raciocínio lógico. Resolução de situações-problema.
Conhecimentos Específicos
Contabilidade geral: princípios contábeis, estrutura contábil e o método das partidas dobradas, classificação
contábil, operações com mercadorias, avaliação de estoque, balancete, balanços e demonstrações contábeis,
análises e conciliações de contas, noções de contabilidade pública. Legislação: Constituição Estadual. Lei
Complementar Federal n.º 101/2000, Lei Federal n.º 4320/64, Lei Federal n.º 8666/ 93 e Lei Estadual n.º
6544/89, Legislação Previdenciária, Trabalhista e IRRF.
ANALISTA DE SISTEMAS
Língua Portuguesa
Interpretação de texto. Ortografia oficial. Acentuação gráfica. Pontuação. Classes de palavras: substantivo,
adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção: emprego e sentido que imprimem às
relações que estabelecem. Vozes verbais: ativa e passiva. Colocação pronominal. Concordância verbal e
nominal. Regência verbal e nominal. Crase. Sinônimos, antônimos e parônimos. Sentido próprio e figurado das
palavras.
Conhecimentos Específicos
a) construção de algoritmos: tipos de dados simples e estruturados, variáveis e constantes, comandos de
atribuição, avaliação de expressões, comandos de entrada e saída, funções pré definidas, conceitos de bloco
de comandos, estruturas de controle, passagem de parâmetros, recursividade, programação estruturada,
orientação a objetos- conceitos fundamentais, programação orientada a objetos, Básico de PHP e HTML.
b) Engenharia de Software: modelos de desenvolvimento, análise e técnicas de levantamento de requisitos,
análise e projetos estruturados, análise e projeto orientados a objetos, qualidade de software, testes de
software, configuração de software, controle de versões, modelagem de dados.
c) Fundamentos da computação: organização, arquitetura e componentes funcionais (hardware e software) de
computadores, sistemas de numeração e codificação; conceitos de organização e gerenciamento de arquivos
e pastas;
Internet e Intranet: utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados à Internet/
Intranet; ferramentas e aplicativos de navegação, de correio eletrônico e aplicativos de áudio, vídeo e
multimídia.
d) Sistemas Operacionais: características dos sitemas operacionais Windows XP e LINUX; Sistemas
operacionais de redes; Interoperação de sistemas operacionais; processos concorrentes; funções e tipos de
sistemas operacionais; sistemas distribuídos- clusters e redes; sistema de arquivos.
e) Redes de comunicação de dados/ teleprocessamento: tipos e meios de transmissão; topologias de redes de
computadores; arquitetura cliente-servidor; técnicas básicas de transmissão de informação; elementos de
interconexão de redes de computadores (hubs, bridges, switches, roteadores, gateways); arquitetura e
protocolos de redes de comunicação- modelo de referência OSI e arquitetura TCP/IP; tecnologias de redes
locais e de longa distância- serviços de mensagem eletrônica e ferramentas de colaboração, servidores de e-
mail, servidores Web e servidores proxy, domínios, servidores DNS e entidades de registros.
f) Segurança da Informação: conceitos de segurança da informação, classificação da informação, segurança
física e segurança lógica; ataques e proteções relativos a hardware, software, sistemas operacionais,
aplicações, bancos de dados, redes, inclusive firewalls e proxies, pessoas e ambiente físico; sistemas de Back-
up, tipos de backups, planos de contingência e meios de armazenamento para backups; segurança de redes
de computadores, autenticação de usuários, senhas e Kerberos; vírus de computador, tipos de vírus, danos
causados por vírus, antivírus, Cavalo de Tróia, Spoof e navegação de serviço; criptografia, assinatura digital e
IPRED – INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR MUNICIPAL DE DIADEMA
autenticação, conceitos básicos de criptografia, sistemas criptográficos simétricos e assimétricos, certificação
digital.
g) Banco de Dados: administração e implementação de banco de dados relacional; banco de dados MYSQL;
linguagem SQL.
h) Inglês Técnico.
Assistente Social
Língua Portuguesa
Interpretação de texto. Ortografia oficial. Acentuação gráfica. Pontuação. Classes de palavras: substantivo,
adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção: emprego e sentido que imprimem às
relações que estabelecem. Vozes verbais: ativa e passiva. Colocação pronominal. Concordância verbal e
nominal. Regência verbal e nominal. Crase. Sinônimos, antônimos e parônimos. Sentido próprio e figurado das
palavras.
Conhecimentos Específicos
Constituição Federal, Estadual – artigos relacionados à família, infância e adolescência. Noções de Direito:
família e sucessões. Metodologia do Serviço Social. Ética Profissional. Política Social e Serviço Social. Serviço
Social e Família. Serviço Social e interdisciplinaridade. Conhecimento detalhado sobre o Estatuto da Criança e
do Adolescente – ECA (Lei n
o
8.069, de 13 de julho de 1990), abrangendo: linhas de ação, diretrizes e
entidades. Medidas de proteção à criança e ao adolescente. Da prática de ato infracional. Das medidas
pertinentes ao pai ou responsável. Do Conselho Tutelar: estrutura, atribuições, competência e conselheiros. Do
acesso à justiça da infância e da juventude. Dos crimes e das infrações administrativas praticados contra a
criança e o adolescente. Disposições finais e transitórias. Conselho detalhado sobre a Lei Orgânica da
Assistência Social – LOAS (Lei Federal n
o
8.742, de 7 de dezembro de 1993). Das definições e dos objetivos.
Dos princípios e das diretrizes. Da organização e da gestão. Dos benefícios, dos serviços, dos programas e
dos projetos de assistência social. Do financiamento da assistência social. Das disposições gerais e
transitórias.
Contador
Língua Portuguesa
Interpretação de texto. Ortografia oficial. Acentuação gráfica. Pontuação. Classes de palavras: substantivo,
adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção: emprego e sentido que imprimem às
relações que estabelecem. Vozes verbais: ativa e passiva. Colocação pronominal. Concordância verbal e
nominal. Regência verbal e nominal. Crase. Sinônimos, antônimos e parônimos. Sentido próprio e figurado das
palavras.
Conhecimentos Específicos
A Contabilidade: teoria e campo de atuação: conceitos, objetivos da informação contábil. O método das
partilhas dobradas. Os princípios fundamentais da contabilidade. BRAZILLIANGAAP X USGAAP (Diferenças
básicas na aplicação dos princípios). A classificação contábil. A avaliação das contas patrimoniais. As
demonstrações contábeis previstas na Lei nº 10303/2001 (Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado
do Exercício, Demonstração das Origens e das Aplicações de Recursos, Demonstração das Mutações do
Patrimônio Líquido e as Notas Explicativas às Demonstrações Contábeis). Contabilidade Societária: aspectos
de maior relevância: investimentos em sociedades ligadas: coligadas, controladas, outras participações. Forma
de avaliação pela equivalência patrimonial e pelo custo de aquisição. Consolidação das demonstrações
contábeis. Transações entre as partes relacionadas. Transformações societárias: cisão, fusão e incorporação
de sociedades. Aquisição de participações societárias com ágio ou deságio (reconhecimento e amortização).
Dividendos e juros sobre capitais próprios, provenientes de participações societárias (relevantes e não
relevantes). Reavaliação de ativos (tangíveis e intangíveis). Demonstração do fluxo de caixa (métodos direto e
indireto). Demonstração do valor adicionado (Balanço Social). Análise Econômico-Financeira: ajustes e
padronização de critérios para realização de análise econômico-financeira. Métodos tradicionais de análise
econômico-financeira (horizontal, vertical, números, índices ou quocientes econômico-financeiros de
desempenho). Análise da necessidade de capital de giro. Fluxo de caixa (elaboração e análise): fontes de
financiamento dos investimentos: capital próprio ou de terceiros, alavancagem financeira. Análise dos
indicadores sobre preço, lucro e rentabilidade de ações. Custos e Análise de Custos: conceitos e aplicações.
Classificação: diretos e indiretos, fixos e variáveis, semi-fixos e semi-variáveis. Custeio por absorção. Custeio
variável. Custo-padrão e apuração das variações. Custeio ABC. Abordagem da gestão econômica pelo modelo
IPRED – INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR MUNICIPAL DE DIADEMA
GECOM. Margem de contribuição e uso da informação de custos para análise e tomada de decisões.
Orçamento Empresarial e Finanças: conceitos básicos de finanças. Orçamento como instrumento de controle,
integração do orçamento com a contabilidade. Previsões de receitas e custos. Planejamento estratégico:
conceitos, objetivos, comprometimento corporativo, o papel do orçamento. Métodos de cálculos de
depreciação, amortização e exaustão. Projeção dos resultados. Projeção de capital de giro. Fluxo de caixa.
Controle de caixa. Orçamento de caixa. Cronograma financeiro. Taxa de atratividade. Taxa interna de retorno.
Valor presente líquido. Project Finance. Contabilidade das Instituições Financeiras: o plano de contas das
instituições financeiras (COSIF). Operações de crédito concedidas. Provisões para riscos de créditos.
Classificações de riscos de crédito (Rating). Empréstimos e financiamentos obtidos. Câmbio. Limites
operacionais. Compliance. Matemática Financeira: juros e descontos simples: conceitos básicos, taxas
proporcionais, valor nominal, valor presente. Juros compostos: conceito, desconto composto real, desconto
composto bancário, valor presente, equivalência de capitais. Empréstimos: cálculo de valores presentes e
cálculo das prestações, cálculo dos montantes, planos de amortização. Contabilidade Decisorial: assuntos que
auxiliam o gestor à tomada de decisões: orçamentos flexíveis. Contabilidade por responsabilidade e alocação
de custos. Centro de lucro e preços de transferência. Custo de oportunidade. Teoria das Restrições. Inflação e
mensuração do lucro. Elaboração de relatórios em moeda de poder aquisitivo constante. Valor Econômico
Agregado (EVA): conceito e aplicação. EBTDA: conceito e aplicação. Balanço Social: conceito e aplicação.
DVA (Demonstração de Valor Adicionado): conceito e aplicação. Auditoria: noções básicas de auditoria
independente e interna. Natureza e campo de atuação da auditoria. Pareceres de Auditoria. Controles internos.
Cartacomentário ou relatório de controles internos. Testes e procedimentos de auditoria. Contabilidade Pública
e a Lei de Responsabilidade Fiscal: responsabilidade da Gestão fiscal: órgãos obrigados, equilíbrio das contas
públicas, planejamento e transparência, metas e limites; receita corrente líquida (conceito); L.D.0. e a Lei
Orçamentária Anual; execução orçamentária e cumprimento das metas; receita pública; despesa pública: tipos
de despesa, restrições e limites; transferência de recursos públicos para o setor privado; endividamento: dívida
pública fundada, dívida mobiliária, contratações de operações de crédito, operações de crédito por antecipação
de receita, concessão de garantias, restos a pagar, limites e restrições; a gestão patrimonial; transparência,
controle e fiscalização: instrumentos de transparência, prestação de contas, relatório da gestão fiscal, órgãos
encarregados pela fiscalização, principais pontos de fiscalização. Legislação Tributária. Imposto de Renda das
Pessoas Jurídicas: Incidência. Base de cálculo: lucro real, lucro presumido, lucro arbitrado. Formas de
pagamento. LALUR: forma de escrituração fiscal. Dedutibilidade: regra geral. Despesas e custos indedutíveis:
regra geral. Alíquota e adicional do Imposto de Renda. Contribuição Social Sobre o Lucro: incidência. Base de
cálculo. Formas de pagamento. Incentivos fiscais. Depreciação acelerada incentivada. Imposto de Renda
Diferido. Lucro da exploração. Provisões tributárias (IRPJ – CSSL – PIS/PASEP – COFINS). Incorporação,
fusão, cisão, transformação e extinção de empresas: Aspectos tributários relativos ao Imposto de Renda das
Pessoas Jurídicas e Contribuição Social Sobre o Lucro. COFINS: incidência. Base de cálculo. Formas de
pagamento. PIS/PASEP: incidência. Base de cálculo. Formas de pagamento.
Médico Perito
Política de Saúde
Diretrizes e bases da implantação do SUS. Constituição da República Federativa do Brasil - Saúde. Lei
Orgânica do Município – cap. Saúde. Organização da Atenção Básica no Sistema Único de Saúde.
Epidemiologia, história natural e prevenção de doenças. Reforma Sanitária e Modelos Assistenciais de Saúde
– Vigilância em Saúde. Indicadores de nível de saúde da população. Políticas de descentralização e atenção
primária à Saúde. Doenças de notificação compulsória no Estado de São Paulo.
Conhecimentos Específicos
Sistemas Locais de Saúde. Doenças profissionais e do trabalho. Quadro clínico, diagnóstico e tratamento das
patologias abaixo: Lesões por esforços repetitivos (L.E.R.) / Doenças ósteo-tendineo muscular relacionadas ao
trabalho (D.O.R.T.); Perda Auditiva induzida pelo ruído (P.A.I.R.); Dermatoses ocupacionais; Intoxicação por
chumbo; Intoxicação por mercúrio orgânico e inorgânico; Efeitos da exposição à solventes orgânicos: benzeno,
tolueno hexano; Pneumoconioses: silicose, asbetose, alumínios e antracnose; Asma ocupacional; Intoxicações
por agrotóxicos: organofosforados, carbamatos, piretróides, organoclorados, etileno-bis-ditiocarbamatos e
dipiridilos; Intoxicação por gases tóxicos: CO
2
, NO, SO, O
3
. Higiene do Trabalho – identificação, avaliação
(quantitativa e qualitativa), medidas de redução, medidas de eliminação e medidas de proteção coletiva e
individual dos fatores de riscos. Riscos físicos: ruído, calor, gases tóxicos, poeiras, irradiações ionizantes e
não-ionizantes. Riscos químicos: produtos alergênicos, irritantes, carcinogênicos (principalmente cromo,
chumbo, mercúrio, manganês, solventes orgânicos, agrotóxicos, cimento, toluenodisocianato). Riscos
ergonômicos: posturas, ritmos, trabalho em turnos, trabalho monótono e repetitivo, sobrecargas físicas e
psíquicas. Riscos biológicos: bactérias, fungos, animais peçonhentos. Vigilância em Saúde: Mapas de risco em