Edital do Concurso Prefeitura de Anamã - AM 2011

Visualizaçao do Edital do Concurso

EDITAL Nº: 002/2011
A PREFEITURA MUNICIPAL DE ANAMÃ faz saber a todos quantos o presente Edital virem
ou dele tomarem conhecimento que fará realizar neste Município o CONCURSO PÚBLICO,
destinado ao preenchimento de Cargos Efetivos do Quadro de Pessoal deste município, nos
termos da Constituição Federal, da Lei Orgânica do Município, da Lei 8.112/1990 art.10 e
alterações posteriores.
1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
1.1 A Prefeitura Municipal de ANAMÃ fará realizar Concurso Público para o PREENCHIMENTO
GRADUAL de vagas para os cargos de provimento efetivo de acordo com o Anexo I;
1.2 O Concurso Público será regido por este Edital e executado pelo Centro de Educação
Tecnológica do Amazonas - CETAM, através da Comissão Permanente de Concursos – COPEC;
1.3 Os candidatos classificados no Concurso Público serão chamados de acordo com a
classificação obtida e a necessidade de provimento, até o limite de vagas. Sendo nomeados
sob o regime jurídico estatutário regido pelo Estatuto dos Servidores Públicos do Município;
1.4 O candidato que optar em inscrever-se por um dos cargos da zona rural (Assistente
Administrativo I, Auxiliar de Serviços Gerais, Merendeira, Gari e Vigia) deverá indicar na ficha
de inscrição a comunidade que pretende trabalhar, conforme Anexo II do Edital, caso deixe este
campo em branco será eliminado do certame;
1.5 A lotação das vagas oferecidas para Professor de Educação Infantil (Zona Rural) e
Professor de ao ano do Ensino Fundamental (Zona Rural) ficará a critério das
necessidades da Secretaria Municipal de Educação.
1.6 O candidato somente poderá efetuar inscrição para um dos cargos;
1.7 Aos portadores de deficiência é assegurado o direito de inscrição no presente Concurso
Público, para os cargos cujas atribuições sejam compatíveis com a deficiência de que são
portadores, na proporção de 5% (cinco por cento) das vagas oferecidas para cada cargo, em
obediência ao disposto na Constituição Federal e quando tal percentual significar, no mínimo, 1
(um) inteiro;
1.8 O Edital e seus anexos serão disponibilizados no site http://www.Concursoscopec.com.br,
para consulta e impressão.
2 DOS REQUISITOS PARA A INVESTIDURA NO CARGO
2.1 O candidato aprovado no Concurso de que trata este Edital será investido no cargo se
atender as seguintes exigências, na data da posse:
a) Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos;
b) Ser brasileiro nato ou naturalizado, ou cidadão português a quem foi conferida igualdade,
nas condições previstas no Decreto Nº. 70.436 de 18/04/72;
c) Ter cumprido o serviço militar ou dele ter sido dispensado, se do sexo masculino;
d) Ter a situação regularizada perante a Justiça Eleitoral;
e) Excepcionalmente, para os portadores de deficiência física, apresentar laudo médico que
confirme aptidão para o exercício do cargo ao qual está se inscrevendo;
f) Não registrar, antecedentes criminais, achando-se no pleno gozo dos seus direitos civis e
políticos;
g) Possuir os documentos comprobatórios da escolaridade e pré–requisitos constantes no
Anexo I e os documentos constantes no item 12 deste Edital;
h) Não ter sido demitido/exonerado da Prefeitura Municipal de ANAMÃ por justa causa ou
em decorrência de inquérito administrativo.
2.2 O candidato que, na data da posse, não reunir os requisitos enumerados no item acima,
perderá o direito à investidura no cargo;
2.3 Não será considerado como curso concluído, a hipótese do candidato estar cumprindo
período de recuperação ou dependência, fato que implicará na sua desclassificação sumária;
1
2.4 A falta de comprovação de qualquer um dos requisitos especificados no item 2 e daqueles
que vierem a ser estabelecidos, impedirá a posse do candidato.
3 DA INSCRIÇÃO
3.1 A inscrição para o Concurso realizar-se-á no período de 12 a 16 de setembro de 2011;
3.2 Para se inscrever o candidato deverá dirigir-se ao Banco do Bradesco S/A, no município de
Anamã, depositar o valor da Taxa de Inscrição correspondente ao nível de escolaridade exigido
para o Concurso Público, para crédito do Concurso Público de Anamã Agência 3711-7, Conta
Corrente Nº 63.216-3;
3.3 Valor da Taxa de Inscrição:
Ensino Fundamental – R$ 30,00 (trinta reais)
Ensino Médio (exceto aos cargos de Nível Técnico) – R$ 50,00 (cinquenta reais)
Ensino Médio Nível Técnico – R$ 60,00 (sessenta reais).
Nível Superior – R$ 70,00 (setenta reais).
3.4 Não serão aceitas inscrições por depósito em caixa eletrônico, via postal, fac-símile (fax),
transferência ou DOC, ordem de pagamento, condicionais e/ou extemporâneas ou por qualquer
outra via que não as especificadas neste Edital;
3.5 Após o pagamento da Taxa de Inscrição, o candidato deverá dirigir-se ao local de inscrição,
localizado na Escola Municipal Ivan Jaques, na Rua Emanuel de Siqueira Bastos Centro
ANAMÃ/AM, onde receberá o manual do candidato juntamente com a ficha de inscrição, no
horário das 8h às 12h; e das 14h às 18h.
3.6 Antes de efetuar o depósito da Taxa de Inscrição o candidato deverá certificar-se de que
preenche todos os requisitos para participação do Concurso, pois a taxa, uma vez paga, não se
restituída;
3.7 O simples comprovante de depósito não garante a inscrição;
3.8 Não haverá isenção total ou parcial da Taxa de Inscrição;
3.9 O valor da inscrição não poderá ser transferido a título de pagamento para terceiros;
3.10 Para efetivar a inscrição o candidato deverá entregar a ficha preenchida e assinada no
mesmo local e horário indicados no item 3.5;
3.10.1. Documentos necessários:
a) documento oficial de identidade (com foto) o documento deve estar em perfeitas condições
de forma a permitir com clareza, a identificação do candidato;
b) comprovante de depósito bancário, no valor correspondente ao vel de escolaridade do
cargo pretendido;
c) ficha de inscrição, devidamente preenchida, assinada e sem rasuras.
3.11 São considerados documentos de identidade: carteiras e/ou cédulas de identidade
expedidas pelas secretarias de segurança, pelas forças armadas, pelo ministério das relações
exteriores e pela polícia militar; identidade para estrangeiros; carteiras profissionais expedidas por
órgãos ou conselhos de classe; carteira de trabalho e previdência social; carteira nacional de
habilitação com fotografia;
3.12 Ao preencher a ficha de inscrição o candidato deverá indicar o cargo pretendido. Deixando
em branco o campo correspondente ao cargo, a inscrição será cancelada;
3.13 Após a efetivação não serão aceitos pedidos de alteração de cargos;
3.14 As informações prestadas na Ficha de Inscrição serão de inteira responsabilidade do
candidato, reservando-se a Prefeitura Municipal de ANAMÃ e o Centro de Educação Tecnológica
do Amazonas CETAM, através da Comissão Permanente de Concursos COPEC o direito de
excluir do Concurso Público aquele que não preencher o formulário de inscrição de forma
completa, correta e legível e/ou fornecer dados comprovadamente inverídicos ou falsos;
3.15 Não serão aceitas inscrições condicionais e/ou extemporâneas, admitindo-se, contudo,
inscrições através de procuração original, com firma reconhecida em Cartório, mediante a entrega
do respectivo mandato com poderes específicos para esse fim, acompanhado de cópias
autenticadas dos documentos de identidade do candidato e do procurador;
3.15.1 O candidato inscrito por procuração assume total responsabilidade pelas informações
prestadas por seu procurador na ficha de inscrição, arcando com as consequências de
eventuais erros de preenchimento daquele documento.
2
3.16 A qualquer tempo, poder-se-á anular a inscrição, prova ou nomeação do candidato, desde
que verificadas falsidades de declarações ou irregularidades nas provas ou documentos;
3.17 O candidato que efetivar mais de uma inscrição terá a primeira inscrição cancelada. Não
sendo possível identificar a primeira inscrição efetivada, todas serão canceladas;
3.18 A inscrição no presente Concurso Público implica o conhecimento e a tácita aceitação das
condições estabelecidas neste Edital e demais instrumentos reguladores, dos quais o candidato
não poderá alegar desconhecimento;
3.19 Será vedada inscrição de ex-servidor público, que tenha sido demitido em decorrência de
inquérito administrativo, por prática de ato lesivo ao serviço público (Municipal, Estadual ou
Federal);
3.20 A Prefeitura Municipal de ANAMÃ e o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas
CETAM, através da Comissão Permanente de Concursos COPEC eximem-se das despesas
com viagens e estada dos candidatos para prestar as provas do Concurso;
3.21 O candidato não-portador de deficiência que necessitar de condição especial para
realização da prova deverá solicitá-la até o término das inscrições;
3.21.1 O candidato que não o fizer até o término das inscrições, seja qual for o motivo
alegado, não terá a condição atendida;
3.21.2 O atendimento às condições solicitadas ficará sujeito à análise de viabilidade e
razoabilidade do pedido.
3.22 A candidata que tiver necessidade de amamentar, durante a realização das Provas, deverá
levar um acompanhante que ficará em sala reservada e que se responsável pela guarda da
criança;
3.22.1 A amamentação será acompanhada por fiscal de prova;
3.22.2 A candidata que não levar acompanhante não realizará as provas;
3.22.3 Não haverá compensação do tempo de amamentação com o tempo de prova da
candidata.
4 DAS INSCRIÇÕES PARA CANDIDATOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA
4.1 Às pessoas portadoras de deficiência é assegurado o direito de se inscrever neste Concurso,
desde que a deficiência de que são portadoras seja compatível com as atribuições do cargo a ser
preenchido;
4.2 Os candidatos portadores de deficiência deverão apresentar, no ato da inscrição, atestado
médico que indique a espécie e o grau ou nível da deficiência de que é portador, com expressa
referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID) e à sua
provável causa ou origem;
4.3 Na falta do atestado médico ou não contendo este as informações acima indicadas, a
inscrição será processada como de candidato não portador de deficiência mesmo que declarada
tal condição;
4.4 Será considerada como deficiência aquela conceituada na medicina especializada de acordo
com os padrões mundialmente estabelecidos, observados os critérios médicos de capacitação
laboral;
4.5 Não serão considerados como deficiência os distúrbios de acuidade visual ou auditiva,
passíveis de correção simples pelo uso de lentes ou aparelhos específicos;
4.6 No ato da inscrição, o candidato deverá requerer através de formulário próprio fornecido pela
coordenação de inscrição, as condições especiais necessárias para a realização da prova;
4.7 O candidato que não solicitar, no prazo estabelecido, as condições especiais previstas no
item acima, não poderá utilizar-se desse benefício;
4.8 Serão adotadas todas as providências que se façam necessárias a permitir o fácil acesso de
candidatos portadores de deficiência aos locais de realização das provas, sendo de
responsabilidade dos mesmos, entretanto, trazer os equipamentos e instrumentos
imprescindíveis à feitura das provas;
4.9 Ressalvadas as disposições especiais deste item, os candidatos portadores de deficiência
participarão deste Concurso em igualdade de condições com os demais candidatos, no que diz
respeito ao horário de início, ao local de aplicação, ao conteúdo e correção das provas, aos
critérios de aprovação e a todas as demais normas que regem este Concurso;
3
4.10Os candidatos que no ato da inscrição se declararem portadores de deficiência, se
classificados, terão seus nomes publicados em relação à parte, observada a ordem de
classificação;
4.11Os candidatos portadores de deficiência classificados, que vierem a ser convocados para os
procedimentos pré-admissionais serão submetidos, no exame de saúde, a perícia específica
destinada a verificar a existência da deficiência declarada e a compatibilidade de sua deficiência
com o exercício das atribuições dos cargos especificados neste Edital, cuja conclusão terá
prevalência sobre qualquer outra.
5 DO CARTÃO DE CONFIRMAÇÃO
5.1 O candidato deverá comparecer no mesmo local de inscrição na Escola Municipal Ivan
Jaques, localizado na Rua Emanuel de Siqueira Bastos – Centro - ANAMÃ/AM, no período de 03
a 05 de outubro de 2011, no horário de 8h às 12h e das 14h às 18h, munido do comprovante de
inscrição, para receber o Cartão de Confirmação, que deverá conservar em seu poder e
apresentá-lo por ocasião da realização da prova;
5.1.1.No ato do recebimento do Cartão de Confirmação o candidato ou seu procurador deverá,
obrigatoriamente, conferir os dados pessoais, bem como dia, local, sala e horário de
realização da prova.
5.2 O desconhecimento do local da realização da prova implicará na desistência do candidato e
sua consequente eliminação do Concurso Público;
5.3 Ao candidatoserá permitida a realização das provas na respectiva data, no local e horário
constantes no Cartão de Confirmação;
5.4 Os eventuais erros de digitação verificados no Cartão de Confirmação quanto a nome,
número de documento de identidade, sexo, data de nascimento etc. deverão ser corrigidos no ato
do recebimento do Cartão de Confirmação;
5.5 Os dados referentes à confirmação das inscrições, bem como da data, horários e locais das
provas serão disponibilizados ainda, na internet através do endereço eletrônico do
CETAM/COPEC www.Concursoscopec.com.br.
6 DA ESTRUTURA DO CONCURSO PÚBLICO
6.1 O Concurso será realizado em DUAS ETAPAS, descritas na forma abaixo:
6.1.1. A 1.ª ETAPA consistirá de Provas Objetivas (Conhecimentos Gerais e Conhecimentos
Específicos), de caráter eliminatório e classificatório;
6.1.2. A 2.ª ETAPA consistirá em Prova de Títulos, apenas de caráter classificatório, para
todos os cargos.
6.2 DA PROVA OBJETIVA
6.2.1 O Concurso constará de Prova Objetiva, constituída de 40 (quarenta) questões, que
terá caráter eliminatório e classificatório, abrangendo o conteúdo programático constante no
Anexo III deste Edital;
6.2.2 As provas serão aplicadas no dia 16 de outubro de 2011 (domingo), no local e horário
designado no Cartão de Confirmação;
6.2.3 A prova terá duração máxima de 03 (três) horas com questões de múltipla escolha,
contendo alternativas de “A” a “D”, e uma única resposta correta;
6.2.4 Cada questão certa da Prova Objetiva de Conhecimentos Gerais valerá 1 (um) ponto e
cada questão certa da Prova Objetiva de Conhecimentos Específicos valerá 2 pontos;
6.2.5 Será considerado eliminado o candidato que não obtiver o acerto mínimo de 40%
(quarenta por cento) do total de pontos corresponde à prova realizada ou zerar em qualquer
uma das disciplinas que compõe a prova;
6.2.6 Os candidatos inscritos aos cargos de Auxiliar de Serviços Gerais, Gari, Merendeira,
Vigia Patrimonial, Motorista Fluvial, Motorista categoria B/C e Motorista de Veículos
Pesados farão uma Prova de Conhecimentos Gerais, sendo: 20 (vinte) questões de Língua
Portuguesa e 20 (vinte) questões de Matemática. A Prova Objetiva será avaliada na escala de
0 (zero) a 40 (quarenta) pontos;
4
6.2.7 Os candidatos inscritos ao cargo de Assistente Administrativo I farão uma prova de
Conhecimentos Gerais, sendo: 15 (quinze) questões de Língua Portuguesa e 15 (quinze)
questões de Matemática e 10 (dez) questões de Informática Básica. A Prova Objetiva será
avaliada na escala de 0 (zero) a 40 (quarenta) pontos;
6.2.8 Os candidatos inscritos ao cargo de Fiscal de Tributos, Técnico de Análise Clínicas,
Técnico de Enfermagem e Técnico de Radiologia farão provas de Conhecimentos Gerais,
sendo: 10 (dez) questões de Língua Portuguesa e 10 (dez) questões de Matemática e 20
(vinte) questões de Conhecimentos Específicos. A Prova Objetiva seavaliada na escala de 0
(zero) a 60 (sessenta) pontos;
6.2.9 Os candidatos inscritos ao cargo de Administrador, Assistente Social, Bioquímico,
Cirurgião Dentista, Enfermeiro, Médico e Nutricionista farão uma Prova Objetiva de
Conhecimentos Gerais, sendo: 10 (dez) questões de Língua Portuguesa e 10 (dez) questões
de Matemática e 20 (vinte) questões de Conhecimentos Específicos. A Prova Objetiva será
avaliada na escala de 0 (zero) a 60 (sessenta) pontos;
6.2.10 Os candidatos inscritos ao cargo de Professor de Educação Infantil, Professor de
ao 5º ano e Professor Educação Especial de 1º a 5º ano, farão uma Prova Objetiva contendo
10 (dez) questões de Língua Portuguesa, 10 (dez) questões de Matemática e 20 (vinte)
questões de Conhecimentos Específicos subdividida em: 7 (sete) questões de Didática,
7 (sete) questões de Legislação do Ensino Fundamental e Médio e 6 (seis) questões de
Psicologia. A Prova Objetiva será avaliada na escala de 0 (zero) a 60 (sessenta) pontos, sendo
pontuada com 1 (um) ponto cada questão certa de Língua Portuguesa e Matemática e com 2
(dois) pontos cada questão certa de Conhecimento Específico.
6.2.11 Aos candidatos inscritos ao cargo de Professor do Ensino Fundamental do 6º ao
ano (Artes, Ciências, Educação Física, Geografia, História, Língua Portuguesa, Língua
Espanhola e Matemática) será aplicada uma Prova Objetiva constituída de Conhecimentos
Gerais, sendo: 5 (cinco) questões de Didática, 10 (dez) questões de Legislação de Ensino
Fundamental e Médio, 5 (cinco) questões de Psicologia e 20 (vinte) questões de
Conhecimentos Específicos da disciplina de opção. A Prova Objetiva será avaliada na escala
de 0 (zero) a 60 (sessenta) pontos, sendo pontuada com 1 (um) ponto cada questão de
Conhecimentos Gerais e com 2 (dois) pontos cada questão certa de Conhecimento Específico.
6.2.12 REALIZAÇÃO DA PROVA OBJETIVA
6.2.12.1 As provas terão por base os programas específicos constantes do Manual do
Candidato, parte integrante deste Edital;
6.2.12.2 Não serão dadas, por telefone, informações a respeito de datas, de locais e de
horários de realização das provas;
6.2.12.3 O candidato deverá comparecer ao local designado no Cartão de Confirmação para a
realização das provas com antecedência mínima de uma hora do horário fixado para o seu
início, munido de caneta esferográfica de tinta preta, e de documento de identidade original;
6.2.12.4 Não será admitido ingresso de candidato ao local de realização da prova após o
horário fixado para o seu início;
6.2.12.5 Por ocasião da realização das provas, o candidato que não apresentar documento de
identidade (via original), na forma definida no item 6.2.12.10 deste Edital, não poderá fazer as
provas e será automaticamente eliminado do Concurso;
6.2.12.6 Não serão aplicadas provas, em hipótese alguma, em local, em data ou em horário
diferentes dos pré-determinados no Cartão de Confirmação;
6.2.12.7 A identificação especial será exigida, também, ao candidato cujo documento de
identificação apresente dúvidas relativas à identidade e/ou à assinatura do portador;
6.2.12.8 Não serão aceitos como documentos de identidade: certidões de nascimento, tulos
eleitorais, carteiras de motorista (modelo antigo), carteiras de estudante, carteiras funcionais
sem valor de identidade, nem documentos ilegíveis, não-identificáveis e/ou danificados;
6.2.12.9 Não será aceita cópia de documento de identidade, ainda que autenticada, nem
protocolo de documento, nem Boletim de Ocorrência (BO);
6.2.12.10 Serão considerados documentos de identidade: carteiras expedidas pelos
Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação,
pelas Polícias Militares e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos
5
órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos etc.); passaporte; certificado
de reservista; carteiras funcionais do Ministério Público; carteiras funcionais expedidas por
órgão público que, por lei federal, valham como identidade; carteira de trabalho; carteira
nacional de habilitação (somente o modelo novo, com foto);
6.2.12.11 Não haverá segunda chamada, seja qual for o motivo alegado para justificar o
atraso, ou a ausência do candidato, nem será permitida a realização de prova fora do local
previsto;
6.2.12.12 Fica vedado o ingresso no local de provas de pessoas estranhas ao Concurso;
6.2.12.13 Serão de inteira responsabilidade do candidato os prejuízos advindos de
marcações feitas incorretamente na Folha de Respostas. Serão consideradas marcações
incorretas as que estiverem em desacordo com este Edital e/ou com a Folha de Respostas;
6.2.12.14 O candidato deverá assinalar suas respostas na Folha de Respostas. Não serão
computadas as questões não marcadas e questões que contenham mais de uma resposta,
emenda ou rasuras, ainda que legíveis;
6.2.12.15 Não será permitido que a marcação na Folha de Respostas seja efetuada por outra
pessoa, salvo no caso de candidato inscrito segundo o item 4, quando a necessidade especial
não permitir a marcação pelo próprio candidato. Nesse caso o candidato será acompanhado
por um fiscal designado pelo coordenador da Comissão de Concursos do CETAM;
6.2.12.16 É vedado o ingresso nos locais de prova de candidato portando ou fazendo uso de
qualquer tipo de armas e/ou aparelho eletrônico de comunicação, tais como bip, telefone
celular, relógio de qualquer tipo, rádio, calculadora ou similares;
6.2.12.17 Para segurança dos candidatos e garantia da lisura do certame, o CETAM poderá
proceder à coleta de dados, de assinaturas e de impressão digital;
6.2.12.18 Será automaticamente eliminado do Concurso, sem prejuízo das sanções penais
cabíveis, o candidato que, durante a realização das provas:
a) for surpreendido dando e/ou recebendo auxílio para a execução das provas;
b) utilizar-se de livros, máquinas de calcular e/ou equipamento similar, dicionário, notas e/ou
impressos que não forem expressamente permitidos e/ou se comunicar com outro
candidato;
c) for surpreendido portando armas ou aparelhos eletrônicos tais como bip, telefone celular,
gravador, receptor, pager, notebook e/ou equipamento similar bem como óculos escuros,
boné, chapéu e gorro;
d) faltar com o devido respeito para com qualquer membro da equipe de aplicação das
provas, com as autoridades presentes e com os demais candidatos;
e) fizer anotações de informações relativas às suas respostas no comprovante de inscrição
e/ou em qualquer outro meio que não os permitidos;
f) recusar-se a entregar o material da prova ao término do tempo destinado para a sua
realização;
g) afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento de fiscal;
h) ausentar-se da sala, a qualquer tempo, portando a Folha de Respostas;
i) descumprir as instruções contidas no caderno de provas;
j) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento
indevido;
k) utilizar ou tentar utilizar meios fraudulentos ou ilegais para obter aprovação própria ou de
terceiros, em qualquer etapa do Concurso;
l) Não permitir a coleta de sua assinatura e/ou de sua impressão digital, quando solicitado.
6.2.12.19 O candidato deverá permanecer obrigatoriamente na sala de realização das provas
por, no mínimo, uma hora após o início das provas;
6.2.12.20 poderá levar o Caderno de Questões o candidato que se retirar nos 30 minutos
finais para o término da prova. Saindo antes da sala perderá todos os direitos sobre o caderno;
6.2.12.21 É de responsabilidade do candidato, ao terminar a prova, entregar ao fiscal a Folha
de Respostas preenchida e assinada, sob pena de ter sua Folha de Respostas anulada;
6.2.12.22 Após o término das provas o candidato deverá deixar imediatamente o recinto das
mesmas, sendo terminantemente proibido de fazer contato com candidato que ainda não tenha
concluído a prova sob pena de ser excluído do Concurso;
6
6.2.12.23 Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação
das provas em razão do afastamento de candidato da sala de provas;
6.2.12.24 Se, após as provas, forem constatadas, por meio eletrônico, estatístico, visual ou
grafológico, ter o candidato utilizado processos ilícitos, suas provas serão anuladas e ele se
automaticamente eliminado do Concurso Público;
6.2.12.25 O CETAM não se responsabilizará por perdas ou extravios de objetos ou de
equipamentos eletrônicos ocorridos durante a realização das provas;
6.2.12.26 No dia de realização da prova não serão fornecidas, por qualquer membro da
equipe de aplicação da prova e/ou pelas autoridades presentes, informações referentes ao
conteúdo da prova e/ou a critérios de avaliação e classificação;
6.2.12.27 Os gabaritos das Provas Objetivas serão publicados, no máximo, até 24 horas após
a realização das mesmas;
6.2.12.28 O Gabarito Oficial preliminar da Prova será afixado nos quadros de avisos da
Prefeitura, Câmara Municipal, Sede do Forum, Correios, Cartório Eleitoral e no site
http://www.Concursoscopec.com.br.
6.2.12.29 O candidato que desejar fazer qualquer reclamação quanto à prova e ao gabarito
publicado deverá proceder de acordo com as orientações descritas no item 10 do Edital.
6.3 DA PROVA DE TÍTULOS
6.3.1 Somente serão convocados para a entrega dos documentos para a Prova de Títulos os
candidatos aprovados na Prova Objetiva, em número correspondente ao triplo dos quantitativos
de vagas por cargo, seguindo rigorosamente a ordem de classificação e observados os
critérios de desempate citados no item 9 deste Edital;
6.3.2 A documentação relativa à Prova de Títulos deverá ser entregue nos dias 03 e 04 de
novembro de 2011, no horário de 8h às 12h e das 14h às 18h, na Escola Municipal Ivan
Jaques, localizada na Rua Emanuel de Siqueira Bastos – Centro – ANAMÃ/AM;
6.3.3 Somente serão aceitos os Títulos a seguir relacionados, observados os limites de
pontuação:
Experiência Profissional e Títulos
Valor
Máximo
Experiência Profissional no cargo para o qual se inscreveu será atribuído 0,1
(um décimo) ponto por mês completo dos serviços executados.
6,0 pontos
Curso de Especialização, em nível de pós-graduação, em área diversa do
cargo de opção.
1,0 pontos
Curso de Especialização, em nível de pós-graduação, na área do cargo de
opção.
2,0 pontos
Mestrado em área diversa do cargo de opção. 3,0 pontos
Mestrado na área do cargo de opção. 4,0 pontos
Doutorado em área diversa do cargo de opção. 5,0 pontos
Doutorado na área do cargo de opção. 6,0 pontos
6.3.4 A pontuação dos títulos resultará no somatório dos pontos dos fatores computados para
esse fim, até o limite de 10,00 (dez) pontos, e a parcela excedente desse limite deverá
ser desconsiderada para todos os efeitos.
6.3.5 Todos os documentos para a comprovação dos títulos será feita, mediante
apresentação de cópia autenticada por tabelionato;
6.3.6 A comprovação de experiência profissional será feita mediante Carteira Profissional de
Trabalho ou Certidão de Tempo de Serviço expedida por repartição pública federal,
estadual ou municipal, da administração direta ou indireta;
6.3.6.1 Todo documento apresentado para fins de comprovação de experiência
profissional deverá ser emitido e assinado pelo chefe do Setor de Pessoal ou
equivalente e conter o cargo, a data de início e de término do trabalho
realizado;
7
6.3.6.2 O tempo de serviço comprovado mediante Carteira de Trabalho ou Certidão de
Tempo de Serviço deverá vir acompanhado de declaração do empregador em
que conste claramente a descrição do serviço;
6.3.6.3 No caso de servidor público será aceita Certidão de Tempo de Serviço ou
Declaração de Tempo de Serviço, ambas emitidas pelo setor de pessoal ou
equivalente;
6.3.6.4 Caso o candidato apresente mais de um comprovante de experiência
profissional, relativa ao mesmo período de tempo, só um deles será computado
durante a eventual coincidência;
6.3.6.5 Não será computado como experiência profissional o tempo de estágio ou
monitoria.
6.3.7 A comprovação dos cursos será feita, mediante apresentação de cópia do diploma ou
certificado de conclusão;
6.3.7.1 Para comprovação de conclusão de curso de especialização, mestrado ou
doutorado, serão aceitas ainda declarações ou atestados oficiais de conclusão
do curso em que constem necessariamente as disciplinas cursadas,
frequência, avaliação e carga horária.
6.3.7.2 Não serão atribuídos pontos para declarações sem especificação clara das
disciplinas cursadas, frequência, avaliação e carga horária
6.3.7.3 Não serão atribuídos pontos para Histórico Escolar.
6.3.8 No ato da entrega dos títulos, o candidato deverá declarar a quantidade de folhas
apresentadas e assinar a relação de entrega dos títulos.
6.3.9 Os documentos em Língua Estrangeira, referentes a cursos realizados, somente serão
considerados quando traduzidos para a língua portuguesa por tradutor juramentado e
revalidados por instituição brasileira;
6.3.10 Os candidatos convocados que não entregarem os Títulos, no prazo estipulado,
receberão a nota ZERO nesta etapa;
6.3.11 Não serão aceitos documentos encaminhados via POSTAL, FAX ou CORREIO
ELETRÔNICO;
6.3.12 Os Diplomas ou Declarações comprobatórios de escolaridade exigida como requisito
básico para o cargo não serão computados na Prova de Títulos;
6.3.13 Serão aceitos os Títulos entregues por terceiros, mediante apresentação de procuração
acompanhados da cópia legível do documento de identidade do candidato;
6.3.14 Serão de inteira responsabilidade do candidato as informações prestadas por seu
procurador no ato da entrega dos títulos, bem como a entrega dos títulos na data prevista em
Edital, arcando o candidato com as consequências de eventuais erros de seu representante;
6.3.15 Não serão aceitos protocolos de documentos de certidões de diplomas ou de
declarações;
6.3.15.1 A avaliação dos títulos será feita pelo CETAM/COPEC, e o seu resultado será
divulgado no quadro de avisos da Prefeitura, Câmara Municipal, Sede do Forum, Correios,
Cartório Eleitoral e no site http://www.Concursoscopec.com.br;
6.3.16 Não serão aceitos títulos fora da data e horário estipulado para o recebimento dos
mesmos;
6.3.17 Os documentos apresentados não serão devolvidos em hipótese alguma e nem serão
fornecidas cópias dos documentos;
6.3.18 Não será permitido anexar qualquer documento ao formulário de interposição de
recursos.
6.3.19 Comprovada, em qualquer tempo, a irregularidade ou ilegalidade na obtenção dos
títulos, o candidato terá anulada a respectiva pontuação e, comprovada a culpa do mesmo,
será excluído do Concurso.
7 DA APROVAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO NA PROVA OBJETIVA (1ª etapa)
7.1 Será considerado aprovado o candidato que obtiver a pontuação igual ou superior a 40%
(quarenta por cento) do total de pontos correspondente a Prova Objetiva realizada, não admitindo,
ainda, zerar em qualquer uma das disciplinas que compõe a prova.
8
7.2 Será ELIMINADO o candidato que se enquadrar em pelo menos num dos subitens a seguir:
a) Deixar de comparecer à Prova Objetiva;
b) Obtiver nota “ZERO” em qualquer disciplina da Prova Objetiva;
c) Obtiver a pontuação inferior a 40% (quarenta por cento) do total de pontos correspondente
a Prova Objetiva;
7.3 O candidato eliminado na forma do item 7.2 deste Edital não terá classificação alguma no
presente Concurso Público;
7.4 A nota da Prova Objetiva se igual à soma algébrica das notas obtidas em cada disciplina
que constitui a prova;
7.5 A classificação será feita em ordem decrescente de pontuação, somando-se os pontos
obtidos na Prova Objetiva, seguindo o critério de desempate do item 9 deste Edital;
7.6 Com base na relação de classificados na Prova Objetiva do item 7.5, serão convocados
para realizar a próxima etapa os candidatos classificados, até a ordem que corresponda ao triplo
do número de vagas estabelecido para o cargo previsto neste Edital.
8 DA CLASSIFICAÇÃO FINAL
8.1 A classificação final será obtida a partir da soma algébrica das notas das Provas Objetivas e
avaliação de Títulos (se houver), sendo os candidatos organizados em ordem decrescente de
classificação por cargo, respeitada, quando for o caso, os critérios de desempate do item 9;
8.2 Considerar-se-ão Habilitados os candidatos classificados no resultado final, até o número
correspondente ao triplo das vagas oferecidas por cargo, neste Edital;
8.3 Os candidatos que, no ato da inscrição, declararam serem portadores de deficiência, se
classificados nas provas, além de figurarem na lista geral de classificação, terão seus nomes
publicados em relação à parte, observados a respectiva ordem de classificação;
8.4 Não havendo candidatos aprovados para as vagas reservadas para portadores de
deficiência, estas serão preenchidas por candidatos não portadores de deficiência com
observância da ordem classificatória;
8.5 O resultado final dos classificados para cada cargo será divulgado nos quadros de avisos
da Prefeitura, Câmara Municipal, Sede do Forum, Correios, Cartório Eleitoral, e no site
http://www.Concursoscopec.com.br.
9 DOS CRITÉRIOS PARA DESEMPATE
Ocorrendo empate no total de pontos obtidos pelo candidato em qualquer etapa do Concurso,
o desempate beneficiará sucessivamente, aquele que:
1º) Obtiver maior número de pontos na Prova Específica;
2º) Obtiver o maior número de pontos na Prova de Língua Portuguesa;
3º) Obtiver o maior número de pontos na Prova de Matemática;
4º) Obtiver maior ponto em Informática;
5º) For mais idoso.
10 DOS RECURSOS
10.1 O prazo para interposição de recurso será de 1 (um) dia útil após a concretização após a
divulgação dos resultados, tendo como termo inicial o primeiro dia útil subsequente;
10.2 Será admitido recurso quanto:
a) à aplicação das provas;
b) às questões da Prova Objetiva e gabaritos preliminares;
c) ao resultado das Provas Objetivas;
d) ao resultado da avaliação dos Títulos.
10.3 Admitir-se-á um único recurso para cada candidato, sendo desconsiderado recurso de igual
teor;
10.4 Os candidatos deverão entregar o recurso em três vias (original e duas cópias);
10.5 Os recursos deverão ser digitados ou datilografados;
10.6 Os recursos deverão ser entregues sob protocolo, na Secretaria Municipal de Administração
do Município de ANAMÃ, em horário de expediente, das 8h às 12h e das 14h às 18h dirigidos ao
CETAM/COPEC;
9
10.7 Quanto às questões da prova e gabaritos, o candidato poderá apresentar recurso,
devidamente fundamentado, informando as razões pelas quais discorda do gabarito ou conteúdo
da questão. O recurso deverá ser apresentado com as seguintes especificações:
10.7.1 Capa única, constando o nome, o cargo, o número de inscrição e a assinatura do
candidato;
10.7.2 Folhas separadas para questões diferentes e em cada folha, identificação do número
da questão, da resposta marcada pelo candidato e da resposta divulgada pela
Comissão Organizadora;
10.7.3 Para cada questão, argumentação lógica e consistente, contendo a fundamentação
das alegações, comprovadas por meio de citação de artigos amparados pela
legislação, itens, páginas de livros, nome dos autores e anexando sempre que
possível cópia da documentação comprobatória;
10.7.4 Não deve haver identificação do candidato nas folhas com as questões e
argumentações.
10.8 Os pontos correspondentes à anulação de questões da Prova Objetiva de determinado
cargo serão atribuídos a todos os candidatos submetidos à mesma prova;
10.9 Das decisões da Comissão Permanente de Concursos não caberá recurso de qualquer
natureza e não será concedida revisão de prova, segunda chamada, recontagem de pontos ou
vista de prova, seja qual for o motivo alegado;
10.10 Somente serão apreciados os recursos interpostos dentro do prazo, expressos em termos
convenientes e que apontarem as circunstâncias que os justifiquem, bem como tiverem indicados
o nome do candidato, número da sua inscrição, documento de identidade (R.G.), opção do cargo
a que está concorrendo, endereço, telefone para contato e assinatura;
10.11 O recurso interposto fora do respectivo prazo será indeferido, sendo considerada, para
tanto, a data do protocolo do mesmo;
10.12 Recursos inconsistentes, em formulário diferente do exigido e/ou fora das especificações
estabelecidas neste Edital serão indeferidos;
10.13 Em hipótese alguma serão aceitos pedidos de revisão de recursos, recursos de recursos
e/ou recursos de gabarito oficial definitivo;
10.14 O gabarito divulgado poderá ser alterado, em função dos recursos impetrados e as provas
serão corrigidas de acordo com o gabarito oficial definitivo;
10.15 Não serão aceitos recursos interpostos por fac-símile (fax), telex, Internet, telegrama ou
outro meio que não seja o especificado neste Edital;
10.16 Os recursos interpostos em formulário diferente do exigido, intempestivo e/ou fora das
especificações estabelecidas neste Edital serão indeferidos;
10.17 As decisões dos recursos serão dadas a conhecer, coletivamente, e apenas quanto aos
pedidos que forem deferidos;
10.18 Todos os recursos recebidos serão analisados pela Comissão de Concursos do CETAM,
que emitirá parecer conclusivo após 72 (setenta e duas) horas úteis seguintes e as justificativas
das alterações de gabaritos serão divulgadas no mural da Prefeitura Municipal de ANAMÃ e no
endereço eletrônico do CETAM/COPEC www.Concursoscopec.com.br, para tomar conhecimento.
Não serão dadas respostas individuais aos candidatos;
10.19 Em hipótese alguma serão aceitos pedidos de revisão de recursos, recursos de recursos
e/ou recursos de gabarito oficial definitivo.
11 DA HOMOLOGAÇÃO
O resultado final contendo os nomes dos candidatos considerados habilitados no Concurso
será encaminhado ao Prefeito Municipal de ANAMÃ, através da Comissão Permanente de
Concursos – COPEC/CETAM, para homologação.
12 DA NOMEAÇÃO E POSSE
12.1 A convocação e nomeação de candidatos serão em ordem rigorosa de classificação de
acordo com a necessidade e conveniência da Prefeitura Municipal de ANAMÃ;
12.2 Observadas as necessidades e conveniência da Prefeitura Municipal, de acordo com a sua
disponibilidade orçamentária e as normas estatutárias em vigor, a posse será condicionada a:
10
a) exame médico, constando de inspeção clínica e exames complementares; caso o
candidato seja considerado inapto para o cargo a que se destina, não poderá ser
empossado. Esta avaliação tem caráter eliminatório;
b) apresentação nos prazos fixados dos documentos a seguir:
Comprovante de escolaridade para o cargo que concorreu;
Identidade Profissional do Conselho Regional;
Título de Eleitor – comprovante de votação no último pleito;
CPF;
Comprovante de quitação com o serviço militar, se do sexo masculino;
Cédula de Identidade;
Atestado de Aptidão Física e Mental;
Certidão de Nascimento ou Casamento, conforme o Estado Civil;
02 (duas) fotografias, recentes, tamanho 3x4 (não instantâneas);
Certidão de Nascimento dos filhos menores de 14 anos;
Declaração de compatibilidade de horário, se exercer outro emprego ou cargo, nos
termos da Constituição Federal, Art. 37;
Carteira Nacional de Habilitação, para os cargos em que é obrigatória.
Nº do PIS/PASEP
12.3 A posse e distribuição dos candidatos ficarão a cargo da Secretaria Municipal de
Administração;
12.4 Não serão aceitos protocolos dos documentos exigidos aos candidatos classificados, nem
cópias que não sejam conferidas à vista dos originais.
13 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS
13.1 O Concurso terá validade de dois (02) anos, a contar da data de sua homologação, podendo
ser prorrogado por igual período a critério do Prefeito Municipal de ANAMÃ;
13.2 Perderá os direitos decorrentes do Concurso Público o candidato que:
a) não comparecer na convocação em data, horário e local estabelecido;
b) não aceitar as condições estabelecidas para o exercício do cargo, pela Prefeitura
Municipal de ANAMÃ;
c) não cumprir as exigências de qualificação e admissão dentro do prazo fixado.
13.3 Os Resultados das etapas que constituem o Concurso serão afixados na Prefeitura, no
Forum, Câmara Municipal, Correios, Cartório Eleitoral e disponibilizados no site
http://www.Concursoscopec.com.br.
13.4 Por ocasião da admissão, o candidato será submetido a exame médico, de caráter
eliminatório, para avaliação de sua saúde física e mental;
13.5 A inscrição do candidato implicará no conhecimento e na aceitação tácita das normas para o
Concurso contidas nos comunicados, no Manual do Candidato, neste Edital e em outros a serem
publicados, assim como o dever de observar e acompanhar, pelo Diário Oficial, a publicação de
todos os atos e editais referentes a este Concurso;
13.6 A inexatidão das informações ou irregularidade de documentos ou outras irregularidades
constatadas no decorrer do processo, ainda que verificadas posteriormente, acarretarão a perda
dos direitos decorrentes do Concurso Público;
13.7 As alterações do Estatuto e do Plano de Carreira dos Servidores, ocorridas durante o
período de validade do Concurso, obrigarão o candidato aprovado e ainda não nomeado a aderir
às alterações ocorridas, para todos os fins legais e de direito;
13.8 Não serão fornecidas, por telefone, informações quanto à posição do candidato no
Concurso, bem como não será expedido qualquer documento comprobatório de sua classificação,
valendo, para esse fim, a homologação publicada no Diário Oficial;
13.9 Cabe à Prefeitura Municipal de ANAMÃ o direito de aproveitar os candidatos classificados,
em número estritamente necessário para o provimento dos cargos vagos existentes ou que vierem
11
a existir durante o prazo de validade do Concurso, não havendo, portanto, obrigatoriedade de
nomeação total dos aprovados;
13.10Caso a admissão do candidato aprovado implique em sua mudança de domicílio, todas as
despesas daí decorrentes correrão às suas expensas, sem ônus algum para Administração;
13.11 O candidato deverá manter atualizado seu endereço na Secretaria Municipal de
Administração, enquanto estiver participando do Concurso, e depois, se aprovado;
13.12 Qualquer regra prevista neste Edital poderá ser alterada antes da realização das provas,
mediante nova publicação do item ou itens alterados;
13.13 As disposições e instruções contidas no Manual do Candidato, nos cadernos de provas e
nos materiais do dia da prova constituem normas que passam a integrar o presente Edital;
13.14 A aprovação do candidato no Concurso assegurará apenas a expectativa de direito à
nomeação gradual, no limite das vagas oferecidas no presente Edital, ficando a convocação para
a posse condicionada ao interesse e conveniência da Administração da Prefeitura Municipal de
ANAMÃ, observado o prazo de validade do Concurso e a rigorosa ordem de classificação;
13.15 Os cargos que vierem a vagar ou as vagas a serem criadas no período do Concurso
assegurarão ao candidato habilitado a expectativa de direito à nomeação, ficando a convocação
para a posse e nomeação dos demais candidatos habilitados condicionada ao interesse e
conveniência da Administração da Prefeitura Municipal de ANAMÃ, observado o prazo de validade
do Concurso e a rigorosa ordem de classificação;
13.16 Os casos omissos serão resolvidos pela Prefeitura Municipal de ANAMÃ, em conjunto com a
Comissão Permanente de Concursos.
ANAMÃ – AM, 15 de agosto de 2011.
Jecimar Pinheiro Matos
Prefeito Municipal de Anamã
12
ANEXO I
DAS VAGAS, REMUNERAÇÃO E REQUISITOS BÁSICOS
CARGO
(*)TOTAL DE VAGAS
Vagas para Portadores de Deficiência
ESCOLARIDADE/REQUISITOS BÁSICOS
Auxiliar de Serviços Gerais – Sede
Remuneração: R$ 550,00
10 01 Ensino Fundamental incompleto.
Auxiliar de Serviços Gerais – Zona
Rural
Remuneração: R$ 550,00
20 01 Ensino Fundamental incompleto.
Gari – Sede
Remuneração: R$ 550,00
20 01 Ensino Fundamental incompleto.
Gari – Zona Rural
Remuneração: R$ 550,00
05 - Ensino Fundamental incompleto.
Merendeira – Sede
Remuneração: R$ 550,00
05 - Ensino Fundamental incompleto.
Merendeira – Zona Rural
Remuneração: R$ 550,00
12
01
Ensino Fundamental incompleto.
Vigia Patrimonial - SEDE
Remuneração: R$ 550,00
15
01
Ensino Fundamental incompleto.
Vigia Patrimonial – Zona Rural
Remuneração: R$ 550,00
03 - Ensino Fundamental incompleto.
Motorista categoria B/C
Remuneração: R$ 800,00
02
-
Ensino Fundamental incompleto e
Carteira Nacional de Habilitação
categoria B/C.
Motorista de Veículos Pesados
categoria D/E
Remuneração: R$ 1.000,00
02 -
Ensino Fundamental incompleto e
Carteira Nacional de Habilitação
categoria D/E.
Motorista Fluvial
Remuneração: R$ 800,00
02 -
Ensino Fundamental incompleto e
Habilitação da categoria.
Assistente Administrativo I - Sede
Remuneração: R$ 800,00
10 01 Ensino Médio completo.
Assistente Administrativo I – Zona
Rural
Remuneração: R$ 800,00
4 - Ensino Médio completo.
Fiscal de Tributos
Remuneração: R$ 800,00
02 - Ensino Médio completo.
Técnico de Análise Clínicas
Remuneração: R$ 900,00
02 -
Ensino Médio completo e Curso
Técnico na área específica.
Técnico de Enfermagem
Remuneração: R$ 900,00
07 01
Ensino Médio completo e curso
Técnico em Enfermagem e registro
no COREN.
13
Técnico de Radiologia
Remuneração: R$ 900,00
02 -
Ensino Médio completo e Curso
Técnico na área específica.
Administrador
Remuneração: R$ 2.500,00
01 -
Ensino Superior completo em
Administração, com habilitação em
Gestão da Inovação.
Assistente Social
Remuneração: R$ 2.500,00
01 -
Ensino Superior completo em Serviço
Social e registro profissional no
respectivo conselho de classe.
Bioquímico
Remuneração: R$ 3.000,00
01 -
Ensino Superior completo em
Bioquímica ou Ensino Superior
completo em Farmácia e registro em
entidade de classe.
Cirurgião Dentista
Remuneração: R$ 3.000,00
02 -
Ensino Superior completo em
Odontologia em Instituição
reconhecida e inscrição no CRO.
Enfermeiro
Remuneração: R$ 3.000,00
03 -
Ensino Superior completo em
Enfermagem e inscrição no COREN.
Médico
Remuneração: R$ 4.000,00
02 -
Ensino superior completo de
Medicina em instituição reconhecida
e Inscrição CRM.
Nutricionista
Remuneração: R$ 2.500,00
01 -
Ensino Superior completo em
Nutrição e registro em conselho de
classe.
Professor de ao ano do Ensino
Fundamental (Zona Rural)- 20 horas
Remuneração: R$ 1.113,93,
27 01
Ensino Superior completo em Normal
Superior ou Pedagogia com
Habilitação em Magistério.
Professor de Educação Especial de 1º
a 5º ano (Zona Urbana)- 20 horas
Remuneração: R$ 917,36
02 -
Curso Superior completo de
Licenciatura Plena em Pedagogia ou
Normal Superior, com curso de
Educação Especial nas áreas de
deficiência auditiva, visual ou mental
com carga horária mínima de 80
horas ou em cursos sequenciados na
mesma área, com 40 horas cada,
totalizando 80 horas.
Professor de Educação Infantil (Zona
Rural)- 20 horas
Remuneração: R$ 1.113,93
10 01
Ensino Superior completo em Normal
Superior ou Pedagogia com
Habilitação em Magistério.
Professor de Educação Infantil (Zona
Urbana- 20 horas
Remuneração: R$ 917,36
10 01
Ensino Superior completo em Normal
Superior ou Pedagogia com
Habilitação em Magistério.
Professor do Ensino Fundamental do
6º ao 9º ano (Zona Urbana)- 20 horas
- disciplina de Artes
Remuneração: R$ 917,36
02 -
Ensino Superior completo com
Licenciatura Plena na área específica
da disciplina.
Professor do Ensino Fundamental do
6º ao 9º ano (Zona Urbana)- 20 horas
- disciplina de Ciências
Remuneração: R$ 917,36
06 -
Ensino Superior completo com
Licenciatura Plena na área específica
da disciplina.
Professor do Ensino Fundamental do
6º ao 9º ano (Zona Urbana)- 20 horas
- disciplina de Geografia
02 - Ensino Superior completo com
Licenciatura Plena na área específica
da disciplina.
14
Remuneração: R$ 917,36
Professor do Ensino Fundamental do
6º ao 9º ano (Zona Urbana)- 20 horas
- disciplina de História
Remuneração: R$ 917,36
06 01
Ensino Superior completo com
Licenciatura Plena na área específica
da disciplina.
Professor do Ensino Fundamental do
6º ao 9º ano (Zona Urbana)- 20 horas
- disciplina de Língua Portuguesa
Remuneração: R$ 917,36
06 -
Ensino Superior completo com
Licenciatura Plena na área específica
da disciplina.
Professor do Ensino Fundamental do
6º ao 9º ano (Zona Urbana)- 20 horas
- disciplina de Língua Espanhola
Remuneração: R$ 917,36
02 -
Ensino Superior completo com
Licenciatura Plena na área específica
da disciplina.
Professor do Ensino Fundamental do
6º ao 9º ano (Zona Urbana)- 20 horas
- disciplina de Educação Física
Remuneração: R$ 917,36
02 -
Ensino Superior completo com
Licenciatura Plena na área específica
da disciplina.
Professor do Ensino Fundamental do
6º ao 9º ano (Zona Urbana)- 20 horas
- disciplina de Matemática
Remuneração: R$ 917,36
06 -
Ensino Superior completo com
Licenciatura Plena na área específica
da disciplina.
TOTAL 215
(*) Total de Vagas (incluindo-se a reserva para Candidatos Portadores de Deficiência).
Observação:
A carga horária para todos os cargos será de 40 horas semanais, exceto para Professor que será de 20 horas semanais
Jecimar Pinheiro Matos
Prefeito Municipal de Anamã
15
ANEXO II
DA DISTRIBUIÇÃO DOS CARGOS DA ZONA RURAL POR LOCALIDADES/COMUNIDADES
Assistente Administrativo I, Auxiliar de Serviços Gerais, Merendeira, Gari e Vigia
Código Localidade / Comunidade
Cargos
Assistente Administrativo
I
Auxiliar de Serviços Gerais
Merendeira
Gari
Vigia
1 Alexandre – Lago do Anamã - 01 01 - -
2 Arixí – Lago do Anamã 01 01 01 02 01
3 Bom Jesus – Ilha do Purus - 01 01 - -
4 Fé em Deus – Paraná do Anamã - 01 01 - -
5 Mato Grosso – Lago do Anamã 01 01 - 01 01
6 Menino Jesus – Costa do Gabriel - 02 - - -
7
Nossa Sra. de Nazaré – Costa do
Gabriel
- 01 - - -
8
Nossa Sra. Perpetuo Socorro – Costa
do Gabriel
- - 01 - -
9 Nova Esperança – Ilha do Camaleão - 01 01 - -
10 Novo Brasil – Lago do Anamã 01 02 - - -
11 Primavera – Lago do Anamã - 01 01 - -
12 Santa Luzia – Ilha do Camaleão - 01 01 - -
13 Santa Maria – Cuia Grande - 01 01 - -
14 São José I – Ilha do Camaleão - 01 01 - -
15 São José II – Ilha do Camaleão - 01 01 - -
16 São Paulo – Paraná do Anamã - 01 01 - -
17 Socó – Lago do Anamã - 01 - - -
18 Vila do Cuia 01 01 01 02 01
19 Vila Nova – Costa do Gabriel - 02 - - -
TOTAL 4 21 13 5 3
Jecimar Pinheiro Matos
Prefeito Municipal de Anamã
16
ANEXO III
CONTEUDO PROGRAMÁTICO
1. CONHECIMENTOS GERAIS
1.1 PARA OS CARGOS DE AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS, GARI, MERENDEIRA, VIGIA
PATRIMONIAL, MOTORISTA CATEGORIA B/C, MOTORISTA DE VEÍCULOS
PESADOS E MOTORISTA FLUVIAL (Ensino Fundamental incompleto)
Portugs: Compreeno e Interpretação de texto. Vocabulário. Fonema e Letra: dígrafo, encontros
vocálicos, encontros consonantais, e divisão sibica. Substantivo: próprio, comum, simples,
composto, concreto, abstrato, coletivo, gênero (masculino e feminino), número (singular e plural) e
grau (aumentativo e diminutivo). Artigo. Adjetivo: simples, flexão de gênero e número, adjetivos
trios. Numeral: cardinal, ordinal, multiplicativo, fraciorio. Pronomes pessoais e Pronomes
possessivos. Verbo: conjugação do tempo simples. Concorncia nominal. Significado das palavras:
sinônimos e annimos; Acentuação gfica; grafia das palavras com s, z, j, g, ss, ç, x, z, ch. Serão
utilizadas as duas normas ortográficas oficiais. (Observação: Seo utilizadas as duas normas
ortogficas oficiais).
Matemática: Sistema de numerão romano. Números naturais: operões e propriedades
(Adição, subtração, multiplicão e divisão); Números inteiros: operações e propriedades.
meros racionais, representação fracioria e decimal. Expreses nuricas envolvendo
as quatro operações. Mínimo múltiplo comum (MMC); Máximo divisor comum (MDC). Razão
e proporção; Regra de três simples. Porcentagem; sistema de medidas: comprimento,
capacidade, volume, massa e tempo. Sistema monetário brasileiro (dinheiro). Problemas.
1. 2 PARA OS CARGOS DE ASSISTENTE ADMINISTRATIVO I, FISCAL DE
TRIBUTOS, TÉCNICO DE ANÁLISE CLÍNICAS, TÉCNICO DE ENFERMAGEM E
TÉCNICO DE RADIOLOGIA
Língua Portuguesa: 1. Compreensão e interpretação de textos. 2. Tipologia textual. 3.
Ortografia oficial. 4. Acentuação gráfica. 5. Emprego das classes de palavras. 6. Emprego
do sinal indicativo de crase. 7. Sintaxe da oração e do período. 8 Pontuação. 9.
Concordância nominal e verbal. 10. Regência nominal e verbal. 11. Significação das
palavras. (Seo utilizadas as duas normas ortogficas oficiais).
Matemática: Operações com números naturais, fracionários e decimais; sistema métrico
decimal: perímetros e áreas de figuras planas; conjuntos; Equação do egraus; regra
de três simples e composta; porcentagem e juros simples; produtos notáveis e fatoração;
funções: domínio e imagem, função do e graus, inequações do e graus;
progressões aritméticas e geométricas; logaritmos; análise combinatória: arranjos simples,
combinações simples, permutações simples, binômio de Newton Matrizes, Determinantes e
Sistema Lineares. Trigonometria. Geometria (plana e no espaço). Geometria Analítica
Plana.
Informática Básica (somente para o cargo de Assistente Administrativo I - Sede e
Zona Rural):
1. Conceitos básicos em informática: Hardware: periféricos e dispositivos de entrada,
saída e armazenamento de dados. 2. Software: tipos de software e conceitos básicos de
sistemas operacionais. 3. Noções de ambiente Windows XP: Conceitos de organização e
de gerenciamento de arquivos e pastas, Usando o Mouse, Trabalhando com Janelas,
Configurando a Barra de Tarefas, Configurando o Computador: Configurações Regionais,
Data e Hora do Sistema, Mouse, Teclado, Organizando o Computador, Modos de
17
Visualização, Acessando Unidade de disco, Windows Explorer, Lixeira, Calculadora,
Paint. 4. Conceitos e funções de aplicativos de editores de texto, planilhas eletrônicas,
apresentações (Word, Excel e PowerPoint Office versão 2003). 5. Internet: conceitos
básicos e serviços associados à internet: navegação, correio eletrônico, grupos de
discussão, busca e pesquisa.
1.3 PARA OS CARGOS DE ADMINISTRADOR, ASSISTENTE SOCIAL, BIOQUÍMICO,
CIRURGIÃO DENTISTA, ENFERMEIRO, MÉDICO, NUTRICIONISTA, PROFESSOR
DE EDUCAÇÃO INFANTIL, PROFESSOR DE AO 5º ANO E PROFESSOR
EDUCAÇÃO ESPECIAL DE A 5º ANO
Língua Portuguesa: 1. Compreensão e interpretação de textos. 2. Tipologia textual. 3.
Ortografia oficial. 4. Acentuação gráfica. 5. Emprego das classes de palavras. 6. Emprego
do sinal indicativo de crase. 7. Sintaxe da oração e do período. 8 Pontuação. 9.
Concordância nominal e verbal. 10. Regência nominal e verbal. 11. Significação das
palavras. (Seo utilizadas as duas normas ortogficas oficiais).
Matemática: Operações com números naturais, fracionários e decimais; sistema métrico
decimal: perímetros e áreas de figuras planas; conjuntos; Equação do egraus; regra
de trê