Edital do Concurso Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP / UFSP) 2014

Visualizaçao do Edital do Concurso

1
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO - UNIFESP
CONCURSO PÚBLICO Nº 1079/2013
EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES
Já contém as retificações publicadas em D. O. U. nos dias 30/12/2013 e 17/01/2014 .
A Reitora da Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP, no uso de suas atribuições legais, FAZ
SABER que se encontrarão abertas inscrições de Concurso Público para os cargos discriminados no item 2.
do Capítulo I – DOS CARGOS das Instruções Especiais deste Edital.
O Concurso Público será regido pelas Instruções Especiais, parte integrante deste Edital.
A organização e aplicação das provas deste Concurso Público ficarão a cargo da Fundação para o
Vestibular da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Fundação VUNESP.
INSTRUÇÕES ESPECIAIS
I – DOS CARGOS
1. O Concurso Público destina-se ao provimento, mediante nomeação, dos cargos discriminados no item 2.
deste Capítulo, com vagas existentes e das que vierem a existir, dentro do prazo de sua validade.
2. Os cargos, o total de de vagas, de vagas reservadas aos candidatos com deficiência, região de
prestação de serviços, vencimentos, requisitos exigidos e jornada semanal de trabalho são os estabelecidos
na tabela que segue:
Cargos
Total de
número
de
Vagas
(1)
Nº de
vagas
reservadas
aos
ca
ndidatos
com
deficiência
(2)
Região de
prestação de
serviços
(Região)
Vencimentos
(R$)
Requisitos exigidos (3)
Jornada
semanal
de
trabalho
em horas
Administrador 8 1
Grande São
Paulo
3.138,70
-
Ensino Superior Completo em
Administração ou
Administração Pública;
-
Registro no Conselho
Regional de Administração
40
Analista de
Tecnologia da
Informação
5 1
Grande São
Paulo
3.138,70
-
Ensino Superior Completo na
área de Tecnologia da
Informação, reconhecido pelo
Ministério da Educação (MEC)
40
Arquiteto
6 1
Grande São
Paulo
3.138,70
-
em Arquitetura e Urbanismo,
reconhecido pelo Ministério da
Educação (MEC);
-
Registro no Conselho de
Arquitetura e Urbanismo (CAU)
40
1 0
São José dos
Campos
1 0
Baixada
Santista
2
Assistente em
Administração
11 1
Grande São
Paulo
1.912,99
-
Ensino Médio Completo
Profissionalizante em
Administração ou
-
Ensino Médio Completo +
Curso Técnico de
Administração ou
-
Ensino Médio completo +
Experiência de 12 meses nas
atribuições do cargo
40
Assistente Social 4 1
Grande São
Paulo
3.138,70
-
Ensino Superior Completo em
Serviço Social;
-
Registro no Conselho
Regional de Assistência Social
30
Auditor 1 0
Grande São
Paulo
3.138,70
-
Ensino Superior Completo em
Economia ou Direito ou
Ciências Contábeis;
-
Registro no Conselho
Profissional correspondente
40
Auxiliar de
Administração
2 1
Grande São
Paulo
1.547,23
-
Ensino Fundamental
Completo em instituição de
ensino reconhecida pelo
Ministério da Educação (MEC);
- Experiência de 12 meses
40
Bibliotecário 2 1
Grande São
Paulo
3.138,70
-
Ensino Superior Completo em
Biblioteconomia;
-
Registro no Conselho
Regional de Biblioteconomia
40
Contador
1 0
Grande São
Paulo
3.138,70
-
Ensino Superior Completo em
Ciências Contábeis;
- Registr
o no Conselho
Regional de Contabilidade
40
1 0
Baixada
Santista
Enfermeiro 3 1
Grande São
Paulo
3.138,70
-
Ensino Superior Completo em
Enfermagem;
-Registro no COREN
40
3
Engenheiro Ambiental
1 0
Grande São
Paulo
3.138,70
- Ensino Superior Comp
leto em
Engenharia Ambiental, em
instituição de ensino
reconhecida pelo Ministério da
Educação (MEC);
-
Registro no Conselho
Regional de Engenharia e
Agronomia (CREA)
40
Engenheiro Civil 2 0
Grande São
Paulo
3.138,70
-
Ensino Superior Completo em
Engenh
aria Civil, em instituição
de ensino reconhecida pelo
Ministério da Educação (MEC);
-
Registro no Conselho
Regional de Engenharia e
Agronomia (CREA)
40
Engenheiro Elétrico
3 1
Grande São
Paulo
3.138,70
Ensino Superior Completo em
Engenharia Elétrica, em
instituição de ensino
reconhecida pelo Ministério da
Educação (MEC);
-
Registro no Conselho
Regional de Engenharia e
Agronomia (CREA)
40
1 0
Baixada
Santista
Engenheiro Mecânico
1 0
Grande São
Paulo
3.138,70
.
Ensino Superior Completo em
Engenhari
a Mecânica, em
instituição de ensino
reconhecida pelo Ministério da
Educação (MEC);
-
Registro no Conselho
Regional de Engenharia e
Agronomia (CREA)
40
Farmacêutico
Bioquímico
1 0
São José dos
Campos
3.138,70
-
Ensino Superior Completo em
Farmácia ou Bioquímica;
-
Registro no Conselho
Regional correspondente
40
Fisioterapeuta 1 0
Grande São
Paulo
3.138,70
-
Ensino Superior Completo em
Fisioterapia em instituição de
ensino reconhecida pelo
Ministério da Educação (MEC)
e registro no Conselho
Competente
30
4
Jornalista 1 0
Grande São
Paulo
3.138,70
-
Ensino Superior Completo na
área de Jornalismo e/ou
-
Registro Profissional no
Ministério do Trabalho e
Emprego que o habilite a
exercer esse cargo.
25
Médico – Área
Anestesiologia
2 1
Grande São
Paulo
3.138,70
-
Ensino Superior Completo em
Medicina;
-
Registro no Conselho
Regional de Medicina;
-
Residência Médica Completa
em Anestesiologia, realizada
em serviço reconhecido pelo
Ministério da Educação (MEC)
e pela Sociedade Brasileira de
Anestesiologia (SBA);
-
Título de Especialista em
Anestesiologia (TEA) pela
Sociedade Brasileira de
Anestesiologia e Associação
Médica Brasileira (AMB);
-
Título Superior em
Anestesiologia (TSA) pela
Sociedade Brasileira de
Anestesiologia
20
Médico – Área
Ginecologia
1 0
Grande São
Paulo
3.138,70
-
Ensino Superior Completo em
Medicina;
-
Título de Especialista em
Ginecologia e Obstetrícia;
-
Registro no Conselho
Regional de Medicina
20
Médico – Área
Otorrinolaringologia
1 0
Grande São
Paulo
3.138,70
- Diploma, d
evidamente
registrado do curso de
graduação em Medicina,
fornecido por instituição de
ensino superior, reconhecido
pelo Ministério da Educação;
-
Certificado de conclusão de
residência médica em
Otorrinolaringologia,
Reconhecido pela Comissão
Nacional de
Residência Médica
ou Título de especialista em
20
5
Otorrinolaringologia,
reconhecido pela Associação
Médica Brasileira e registrado
no Conselho Regional de
Medicina e;
-
Registro Profissional no
Conselho Regional de Medicina
Médico –
Área Clínica
Médica
1 0
Grande São
Paulo
3.138,70
-
Ensino Superior Completo em
Medicina, Residência Médica
em Clínica Médica;
-
Título de Especialista em
Clínica Médica;
-
Registro no Conselho
Regional de Medicina no
Estado de São Paulo
20
Médico – Área
Endoscopia
1 0
Grande São
Paulo
3.138,70
-
Ensino Superior Completo em
Medicina;
-
Especialização em
Pneumologia ou Cirurgia
Torácica com ênfase em
Endoscopia Respiratória;
-
Registro no Conselho
Regional de Medicina
20
Médico Veterinário
1 0
Grande São
Paulo
3.138,70
-
Ensino Superior Completo em
Medicina Veterinária, em
instituição reconhecida pelo
Ministério da Educação (MEC) ;
-
Registro no Conselho
Regional de Medicina
Veterinária
20
1 0
Baixada
Santista
Mestre em
Edificações -
Infraestrutura
1 0
Grande São
Paulo
1.912,99
- Ensino Médio Completo;
-
Profissional Mestre de Obras
ou Curso de Segundo Grau
Completo Profissionalizante em
Edificações com Registro no
CREA ou Curso de Segundo
Grau Completo e Curso
Técnico em Edificações com
Registro no CREA.
Obs: Os Cursos devem ser de
instituições de ensino
reconhecidas pelo Ministério da
Educação (MEC).
-
Experiência de 12 (doze)
meses nas atribuições do
cargo.
40
6
Nutricionista
1 0
Grande São
Paulo
3.138,70
- Ensino Superior Completo em
Nutrição em instituição de
ensino reconhecida pelo
Ministério da Educação (MEC);
-
Registro no Conselho
Competente
40
1 0
Baixada
Santista
Odontólogo 1 0
Grande São
Paulo
3.138,70
-
Ensino Superior Completo em
Odontologia, ministrado por
instit
uição oficial de ensino
reconhecida pelo MEC e
Registro no órgão de classe
com Habilitação em
laserterapaia concedida pelo
CFO/CRO-SP
30
Pedagogo 2 1
Grande São
Paulo
3.138,70
Ensino Superior Completo em
Pedagogia, ministrado por
instituição de ensino su
perior
reconhecida pelo MEC
40
Psicólogo 1 0
Baixada
Santista
3.138,70
Ensino Superior Completo em
Psicologia e;
-
Registro no Conselho
competente
40
Secretário Executivo
1 0
São José dos
Campos
3.138,70
-
Ensino Superior Completo em
Letras; ou
-Ens
ino Superior Completo em
Secretariado Executivo
Bilíngue
40
4 1
Grande São
Paulo
1 0
Baixada
Santista
Técnico em Assuntos
Educacionais
2 1
Grande São
Paulo
3.138,70
-
Ensino Superior em
Pedagogia ou Licenciaturas,
devidamente registrado, com
ênfase em Planejamento
Curricular e Avaliação de
Ensino
40
Técnico em
Contabilidade
5 1
Grande São
Paulo
1.912,99
-
Ensino Médio
Profissionalizante Completo ou
Ensino Médio completo mais
curso Técnico;
-
Registro no Conselho
Regional de Contabilidade -
CRC
40
Técnico em
Eletricidade
2 1
Grande São
Paulo
1.912,99
-
Ensino Médio Completo
Profissionalizante em
Eletricidade ou Eletrotécnica ou
40
7
Eletrônica com Registro no
CREA; ou
-
Ensino dio Completo +
Curso Técnico em Eletricidade
ou Eletro
técnica ou Eletrônica
com Registro no CREA
Obs: Os Cursos devem ser de
instituições de ensino
reconhecidas pelo Ministério da
Educação (MEC).
Técnico em
Laboratório – área
Farmácia
1 0
São José dos
Campos
1.912,99
-
Ensino Médio Completo
Profiss
ionalizante em Farmácia
reconhecido pelo Ministério da
Educação ou;
-
Ensino Médio Completo +
Curso Técnico em Farmácia
40
Técnico em Mecânica
2 1
Grande São
Paulo
1.912,99
-
Ensino Médio Completo
Profissionalizante em Mecânica
com Registro no CREA ou
-
Ensino Médio Completo +
Curso Técnico em Mecânica
com Registro no CREA.
Obs: Os Cursos devem ser de
instituições de ensino
reconhecidas pelo Ministério da
Educação (MEC)
40
Técnico de
Tecnologia da
Informação
3 1
Grande São
Paulo
1.912,99
- Ensino
Médio Completo
Profissionalizante em
Tecnologia da Informação; ou
-
Ensino Médio completo +
Curso Técnico em Tecnologia
da Informação, expedido por
instituição de ensino
reconhecida pelo Ministério da
Educação (MEC);
40
Técnico Equipamento
Médico Odontológico
1 0
Grande São
Paulo
1.912,99
-
Ensino Médio Completo
Profissionalizante em
Equipamento Médico
Odontológico ou
-
Ensino Médio Completo +
Curso Técnico em
Equipamento Médico
Odontológico;
40
8
Tecnólogo em
Eletrônica
1 0
São José dos
Campos
3.138,70
- Graduação em Tecnologia
em
Eletrônica ou equivalente na
área de eletrônica, expedido
por instituição de ensino
superior reconhecida pelo
Ministério da Educação (MEC).
40
Tecnólogo
Materiais/Mecânica
1 0
São José dos
Campos
3.138,70
- Gradua
ção em Tecnólogo em
Materiais ou Engenharia de
Materiais ou em Tecnólogo em
Mecânica
40
Terapeuta
Ocupacional
1 0
Baixada
Santista
3.138,70
-
Ensino Superior Completo em
Terapia Ocupacional;
30
Tradutor e Intérprete
de Libras
1 0
Baixada
Santista
1.912,99
Ensino dio Completo +
Proficiência em LIBRAS
40
1 0
São José dos
Campos
5 1
Grande São
Paulo
Notas:
(¹) Número de vagas incluindo-se a reserva para candidatos com deficiência.
(²) Número de vagas reservadas para candidatos com deficiência nos termos dos dispositivos legais
mencionados no Capítulo III.
(
3
)
O candidato que apresentar no momento da posse certificado de comprovação da escolaridade
exigida para o cargo com denominação diversa da disposta neste Edital, deverá apresentar histórico
escolar como comprovante de que o curso é compatível com as atividades exercidas pelo cargo.
2.1. A região da Grande São Paulo engloba as cidades de Diadema, Guarulhos, Osasco e São Paulo
Capital.
2.1.1. Nas cidades em que houver candidatos de Concurso, com prazo de validade em andamento, esses
terão prioridade aos classificados neste Concurso.
3. Os vencimentos têm como base o mês de novembro de 2013.
3.1. Serão concedidos, na forma da Lei, ao candidato nomeado os seguintes benefícios: vale-transporte e
vale-alimentação.
4. Os candidatos serão nomeados para os cargos constantes no item 2., obedecendo rigorosamente a
ordem de classificação do Concurso Público, e serão lotados em quaisquer dos campi da Universidade
Federal de São Paulo - UNIFESP, em que haja disponibilidade de vagas e/ou de acordo com o interesse da
Administração.
4.1. Os candidatos nomeados, pelo regime jurídico único, deverão prestar serviços dentro do horário
estabelecido, podendo ser diurno e/ou noturno, em dias de semana, sábados, domingos e/ou feriados,
obedecida à carga horária semanal de trabalho.
5. A experiência exigida deve ser comprovada por meio de registro em Carteira de Trabalho e Previdência
Social e/ou Declaração da Empresa onde presta e/ou prestou serviços, contendo o cargo e as atividades
exercidas pelo candidato, em papel timbrado e no original, com CNPJ da Empresa, nome(s) e assinatura
da(s) autoridade(s) competente(s).
6. As atribuições a serem exercidas pelo candidato encontram-se no Anexo I – DAS ATRIBUIÇÕES.
9
II – DAS INSCRIÇÕES
1. A inscrição deverá ser efetuada, das 10 horas de 27.01.2014 às 16 horas de 26.02.2014, exclusivamente
pela internet, no endereço eletrônico da Fundação Vunesp, www.vunesp.com.br.
1.1. Não será permitida inscrição por meio bancário, pelos Correios, fac-símile, condicional ou fora do prazo
estabelecido.
2. A inscrição implicará a completa ciência e a tácita aceitação das normas e condições estabelecidas neste
Edital, sobre as quais o candidato não poderá alegar qualquer espécie de desconhecimento.
2.1. No ato da inscrição, o candidato deverá indicar o cargo, cidade de prestação de serviços e a cidade de
realização da prova pretendida.
2.1.1. As cidades para realização da(s) prova(s) estão discriminadas no item 1. do Capítulo V – DA
PRESTAÇÃO DA(S) PROVA(S) deste Edital.
2.1.2. Não será permitida, em hipótese alguma, troca do cargo/região e/ou da cidade de realização da(s)
prova(s), após a efetivação da inscrição.
2.1.3. O candidato que se inscrever para mais de 01 (um) cargo/região será considerado ausente naquele
em que não comparecer na(s) prova(s), sendo eliminado do Concurso no respectivo cargo/região.
3. No ato da inscrição, o candidato deverá estar ciente das condições para provimento do cargo, devendo
ser observado o disposto no item 3. do Capítulo X DO PROVIMENTO DOS CARGOS, deste Edital, além
da comprovação de:
a) Ter nacionalidade brasileira; ou
b) Nacionalidade portuguesa de acordo com a hipótese prevista no parágrafo 1º, do artigo 12 da
Constituição Federal da República;
c) Se estrangeiro deverá ser portador de visto permanente ou naturalizado;
d) Estar em dia com as obrigações eleitorais;
e) Estar em dia com as obrigações militares, no caso de candidatos do sexo masculino;
f) Possuir o nível de escolaridade exigido para o exercício dos cargos/especialidades;
g) Possuir o registro no órgão de classe quando exigido;
h) Ter idade mínima de dezoito anos completos na data da posse;
i) Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo atestada pela Junta Médica Oficial da
UNIFESP;
j) Sendo vedada a acumulação remunerada de cargos e empregos públicos, com exceção das hipóteses
previstas no inciso XVI, do artigo 37, da Constituição Federal da República.
k) Apresentar os documentos que se fizerem necessários, solicitados pelo Departamento de Recursos
Humanos, por ocasião da posse.
4. O pagamento correspondente ao valor da taxa de inscrição poderá ser efetuado, em dinheiro ou em
cheque, em qualquer agência bancária, de acordo com os valores estipulados na tabela adiante:
Cargos Valor (R$)
Administrador
Analista de Tecnologia da Informação
Arquiteto
Assistente Social
Auditor
Bibliotecário
Contador
Enfermeiro
Engenheiro Ambiental
Engenheiro Civil
Engenheiro Elétrico
Engenheiro Mecânico
Farmacêutico - Bioquímico
Fisioterapeuta
Jornalista
Médico (áreas: Anestesiologia, Ginecologia, Otorrinolaringologia, Clínica Médica,
Endoscopia)
Médico Veterinário
Nutricionista
Odontólogo
74,50
10
Pedagogo
Psicólogo
Secretário Executivo
Técnico em Assuntos Educacionais
Tecnólogo - área Materiais/Mecânica
Tecnólogo em Eletrônica
Terapeuta Ocupacional
Assistente de Administração
Mestre em Edificações Infraestrutura
Técnico em Contabilidade
Técnico em Eletricidade
Técnico em Laboratório – área Farmácia
Técnico em Mecânica
Técnico em Tecnologia da Informação
Técnico em Equipamento Médico Odontológico
Tradutor e Intérprete de Libras
45,50
Auxiliar em Administração 36,50
4.1. Se, por qualquer razão, o cheque for devolvido ou efetuado pagamento a menos do valor da taxa de
inscrição, a inscrição do candidato será automaticamente cancelada.
4.2. Não será aceito pagamento do valor da taxa de inscrição por depósito em caixa eletrônico, pelos
Correios, fac-símile, transferência, DOC, ordem de pagamento ou depósito comum em conta corrente,
condicional ou fora do período das inscrições ou por qualquer outro meio que não os especificados neste
Edital.
4.2.1. O pagamento por agendamento somente será aceito se comprovada a sua efetivação dentro do
período das inscrições.
4.3. O não atendimento aos procedimentos estabelecidos nos itens anteriores implicará o cancelamento da
inscrição do candidato, verificada a irregularidade a qualquer tempo.
4.4. Para o pagamento do valor da taxa de inscrição, somente poderá ser utilizado o boleto bancário gerado
no ato da inscrição, até a data limite do encerramento das inscrições. Atenção para o horário bancário.
4.5. A efetivação da inscrição somente ocorrerá após a confirmação, pelo banco, do pagamento do boleto
referente à taxa de inscrição.
4.5.1. A pesquisa para acompanhar a situação da inscrição poderá ser feita no endereço eletrônico da
Fundação VUNESP -
www.vunesp.com.br
- na página do Concurso Público, a partir de 03 dias úteis
após o encerramento do período de inscrições.
4.5.2. Caso seja detectada falta de informação, o candidato deverá entrar em contato com a Fundação
VUNESP em dias úteis, de segunda-feira a sábado, pelo telefone (11) 3874-6300, para verificar o ocorrido.
4.6. Não haverá devolução de importância paga, ainda que efetuada a mais ou em duplicidade, nem
isenção total ou parcial de pagamento do valor da taxa de inscrição, seja qual for o motivo alegado, exceto
ao candidato amparado pelo disposto no item 11., deste Capítulo.
5. A devolução da importância paga somente ocorrerá se o Concurso Público não se realizar.
6. O candidato será responsável por qualquer erro, omissão e/ou pelas informações prestadas na ficha de
inscrição.
6.1. O candidato que prestar declaração falsa, inexata ou, ainda, que não satisfaça a todas as condições
estabelecidas neste Edital, terá sua inscrição cancelada e, em consequência, anulados todos os atos dela
decorrentes, mesmo que classificado e que o fato seja constatado posteriormente.
7. As informações prestadas na ficha de inscrição são de inteira responsabilidade do candidato, cabendo à
à Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP, o direito de excluir do Concurso Público aquele que
preenchê-la com dados incorretos e/ou aquele que prestar informações inverídicas, ainda que o fato seja
constatado posteriormente.
8. No ato da inscrição, não serão solicitados os documentos comprobatórios constantes no item 3. deste
Capítulo, sendo obrigatória a sua comprovação quando da posse no cargo, sob pena de exclusão do
candidato do Concurso Público.
8.1. Não deverá ser enviada à Fundação VUNESP e à Universidade Federal de São Paulo UNIFESP,
qualquer cópia de documento de identidade.
9. Informações complementares referentes à inscrição poderão ser obtidas no endereço eletrônico da
Fundação VUNESP -
www.vunesp.com.br
- e pelo Disque VUNESP.
10. Para se inscrever, o candidato deverá, durante o período das inscrições:
a) acessar o endereço eletrônico da Fundação VUNESP www.vunesp.com.br;
11
b) localizar no endereço eletrônico o “link” correlato ao Concurso Público;
c) ler, na íntegra, o respectivo Edital e preencher total e corretamente a ficha de inscrição;
d) transmitir os dados da inscrição;
e) imprimir o boleto bancário;
f) efetuar o correspondente pagamento do valor da taxa de inscrição, de acordo com o item 4. deste
Capítulo, até a data limite para encerramento das inscrições.
11. Em conformidade com o que dispõe o Decreto n° 6.593, de 02 de outubro de 2008, poderá ser
concedido ao candidato o direito de isenção do valor da taxa de inscrição para o Concurso Público, desde
que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal - CadÚnico, de que trata
o Decreto nº 6.135, de 26 de junho de 2007.
11.1. O candidato que desejar solicitar o referido direito e que preencher as condições estabelecidas no
item 11. deste Capítulo, deverá, no período das 10 horas de 27.01.2014 às 23h59min de 28.01.2014
(horário oficial de Brasília):
a) acessar, o “link” próprio da página do Concurso Público – site www.vunesp.com.br;
b) preencher o requerimento, total e corretamente, com os dados solicitados, em especial o Número de
Identificação Social – NIS, atribuído pelo CadÚnico.
11.2. Todas as informações prestadas são de inteira responsabilidade do candidato, sob pena da nulidade
da inscrição e de todos os atos dela decorrentes, além de sujeitar-se o candidato às penalidades previstas
em lei, não sendo admitida alteração e/ou qualquer inclusão após o período de solicitação do benefício.
11.3. O resultado da solicitação será divulgado na data prevista de 12.02.2014, a partir das 10 horas,
exclusiva e oficialmente, no endereço eletrônico www.vunesp.com.br.
11.4. O candidato que tiver seu pedido de isenção deferido terá automaticamente sua inscrição efetivada,
não havendo necessidade de qualquer outro procedimento.
11.5. Da decisão que venha eventualmente indeferir o pedido de isenção da taxa de inscrição, fica
assegurado ao candidato o direito de interpor, devidamente justificado e comprovado, recurso no período
previsto, das 10 horas de 13.02.2014 às 16 horas de 14.02.2014, conforme o Capítulo IX DOS
RECURSOS.
11.6. O resultado da análise do recurso será divulgado, exclusiva e oficialmente, na data prevista de
20.02.2014, a partir das 10 horas, no endereço eletrônico
www.vunesp.com.br
.
11.7. O candidato que tiver a solicitação indeferida, e queira participar do Certame, deverá acessar
novamente o “link” próprio na página da Fundação VUNESP site www.vunesp.com.br, digitar seu CPF e
proceder à efetivação da inscrição, imprimindo e pagando o boleto bancário, com o correspondente valor da
taxa de inscrição plena, a o final do período de inscrições, observado o disposto neste Edital, no que
couber.
12. O candidato poderá utilizar, para fins de inscrição, o PROGRAMA ACESSA SÃO PAULO, que
disponibiliza postos (locais públicos para acesso à internet), em várias cidades do Estado de São Paulo.
Esse programa é completamente gratuito e permitido a todo cidadão.
12.1. Para utilizar o equipamento, basta ser feito um cadastro e apresentar o RG nos próprios Postos do
Acessa SP em um dos endereços disponíveis no endereço eletrônico
www.acessasaopaulo.sp.gov.br
.
13. Às 16 horas (horário de Brasília) do último dia do período das inscrições, a ficha de inscrição e o
boleto bancário não estarão mais disponibilizados no endereço eletrônico.
14. O descumprimento das instruções para inscrição pela internet implicará a não efetivação da inscrição.
15. A Fundação VUNESP e a Universidade Federal de São Paulo UNIFESP, não se responsabilizam por
solicitação de inscrição e/ou de isenção do valor da taxa de inscrição pela internet não recebida por motivo
de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de
comunicação, bem como outros fatores de ordem técnica que impossibilitem a transferência de dados.
16. As informações prestadas pelo requerente são de sua inteira responsabilidade, podendo a Universidade
Federal de São Paulo UNIFESP, e a Fundação VUNESP, utilizá-las em qualquer época, no amparo de
seus direitos, bem como nos dos demais candidatos, não podendo ser alegada qualquer espécie de
desconhecimento.
17. Informações inverídicas, mesmo que detectadas após a realização do Concurso, acarretarão a
eliminação do candidato do Concurso Público, importando em anulação da inscrição e dos demais atos
praticados pelo candidato, sem prejuízo das ações criminais cabíveis.
18. O candidato que necessitar de condições especiais, inclusive tempo diferente para realização das
provas objetiva e discursiva, conforme o caso, levando-se o grau de deficiência apresentado, prova
ampliada, em braile etc., independentemente de estar concorrendo como deficiente ou não, deverá, no
período das inscrições, encaminhar, por SEDEX, à Fundação VUNESP, solicitação do atendimento
especial, contendo nome completo, RG, CPF, telefone(s) e os recursos necessários para a realização da(s)
prova(s)s, indicando, no envelope, o Concurso Público para o qual está inscrito.
12
18.1. O candidato com deficiência deverá observar, ainda, o Capítulo III DA PARTICIPAÇÃO DE
CANDIDATO COM DEFICIÊNCIA.
18.2. A prova ampliada será confeccionada em fonte Arial, corpo 24.
18.3. Aos candidatos deficientes visuais (cegos) que solicitarem prova especial em braile serão oferecidas
provas nesse sistema e suas respostas deverão ser transcritas também em braile.
18.3.1. Os referidos candidatos deverão levar para esse fim, no dia da aplicação da prova, reglete e punção,
podendo utilizar-se de soroban.
18.4. Aos candidatos com deficiência visual (cegos) que solicitarem prova com software leitor de tela, será
oferecido equipamento (computador/notebook) com o software NVDA, disponível para uso dos candidatos
durante a realização de sua prova.
18.5. O candidato que não o fizer, durante o período das inscrições e conforme o estabelecido neste item,
não terá a sua prova especial preparada e/ou as condições especiais providenciadas.
18.6. O atendimento às condições especiais pleiteadas para a realização da prova ficará sujeito, por parte
da Fundação VUNESP e da Universidade Federal de São Paulo UNIFESP, à análise da viabilidade e
razoabilidade do solicitado.
19. Para efeito dos prazos estipulados neste Capítulo, será considerada a data da postagem fixada pela
Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – ECT.
III – DA PARTICIPAÇÃO DE CANDIDATO COM DEFICIÊNCIA
1. Às pessoas com deficiência que pretendam fazer uso das prerrogativas que lhes são facultadas no inciso
VIII do artigo 37 da Constituição Federal e na Lei nº 7.853, de 24 de outubro de 1989, é assegurado o direito
de inscrição para os cargos em Concurso Público, para provimento de cargos cujas atribuições sejam
compatíveis com a sua deficiência, que será verificada por meio de inspeção médica.
2. Em obediência ao disposto no Decreto 3.298, de 20 de dezembro de 1999, e Lei nº 8.112, de 11 de
dezembro de 1990, artigo 5º, § 2º, ser-lhes-á reservado o percentual de 5% (cinco por cento) das vagas
existentes, por cargo/região, desde que possuam deficiência compatível para as atribuições do cargo, de
acordo com a Constituição Federal.
3. Consideram-se pessoas com deficiência aquelas que se enquadram nas categorias relacionadas no
artigo do Decreto Federal nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999, e suas alterações, e na Súmula 377,
do Superior Tribunal de Justiça.
3.1 Não constitui obstáculo à inscrição ou ao exercício das atribuições pertinentes ao cargo a utilização de
material tecnológico ou de uso habitual por parte dos candidatos com deficiência.
4. O candidato deverá especificar, na ficha de inscrição, o tipo de deficiência que apresenta, e, no período
das inscrições, encaminhar à Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP, com a identificação do
Concurso Público para o qual está inscrito:
A) Laudo Médico de avaliação da deficiência correspondente, na forma dos Anexos III, IV e/ou V deste
Edital, original ou cópia autenticada, expedido no prazo máximo de 12 (doze) meses antes do término do
período das inscrições, que ateste a espécie, o grau ou nível da deficiência, com expressa referência ao
código correspondente da Classificação Internacional de Doença - CID, bem como a provável causa da
deficiência;
B) Declaração contendo a qualificação completa do candidato (nome, número do RG e do CPF), bem como
a especificação do cargo/região e do Concurso Público para o qual está inscrito.
4.1. No ato da inscrição, o candidato com deficiência declara, automaticamente, estar ciente das atribuições
do cargo para o qual pretende se inscrever e que, no caso de vir a exercê-lo estará sujeito à avaliação pelo
desempenho dessas atribuições, para fim de estágio probatório.
5. Para efeito dos prazos estipulados neste Capítulo, será considerada a data de postagem fixada pela
Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – ECT.
6. Os documentos encaminhados fora da forma e do prazo estipulado neste Capítulo não serão conhecidos.
7. Serão consideradas deficiências aquelas conceituadas pela medicina especializada, de acordo com os
padrões mundialmente estabelecidos e legislação aplicável à espécie, e que constituam inferioridade que
implique em grau acentuado de dificuldade para integração social.
8. Não serão consideradas como deficiência os distúrbios passíveis de correção.
9. O candidato com deficiência que necessitar de condições especiais para a realização da(s) prova(s)
deverá observar o item 18. e seus subitens do Capítulo II – DAS INSCRIÇÕES.
10. O candidato que se declarar, no ato da inscrição, ser deficiente, constará da lista especial de candidatos
classificados, devendo, para tanto, atender ao previsto na alínea “a” do item 4., deste Capítulo.
10.1. O candidato, que no ato da inscrição, não se declarar deficiente, mas atender ao previsto na alínea “a”
do item 4, deste Capítulo, não constará da lista especial de candidatos classificados.
10.2. O candidato que não tiver se declarado deficiente, no ato da inscrição, e não atender ao previsto na
alínea “a” do item 4, deste Capítulo, não constará da lista especial de candidatos classificados.
13
11. As pessoas com deficiência, resguardadas as condições especiais previstas no Decreto Federal
3.298, de 20 de dezembro de 1999, particularmente em seu artigo 40, participarão do Concurso em
igualdade de condições com os demais candidatos, no que se refere ao conteúdo das provas, à avaliação e
aos critérios de aprovação, ao dia, horário, local de aplicação da(s) prova(s), e à nota mínima exigida para
todos os demais candidatos.
12. No ato da posse, o candidato cuja deficiência não se confirme no exame médico admissional será
eliminado da lista de candidatos com deficiência, devendo constar apenas na lista de classificação geral
final.
12.1. Os candidatos com deficiência passarão por exame pericial e análise de exames comprobatórios à
sua deficiência.
12.1.1. Caso a perícia julgue necessário, serão solicitados exames médicos complementares para
comprovação de sua deficiência e compatibilidade com as atribuições do cargo.
12.2. Não haverá segunda chamada, seja qual for o motivo alegado para justificar o atraso ou a ausência do
candidato com deficiência à avaliação tratada no item 12.
13. A compatibilidade entre as atribuições do cargo e a deficiência do candidato será avaliada durante o
estágio probatório, na forma do disposto no § do artigo 43 do Decreto Federal n º 3.298, de 20 de
dezembro de 1999, desde que aprovado nas condições de saúde por ocasião do exame médico
admissional.
13.1. Será exonerado o candidato com deficiência que, no decorrer do estágio probatório, tiver verificada a
incompatibilidade de sua deficiência com as atribuições do cargo.
14. As vagas definidas no Capítulo I deste Edital que não forem providas por falta de candidatos com
deficiência, por reprovação no Concurso ou no exame pericial, serão preenchidas pelos demais candidatos,
com estrita observância à ordem classificatória.
15. A não observância, pelo candidato, de quaisquer das disposições deste Capítulo implicará a perda do
direito a ser admitido para as vagas reservadas às pessoas com deficiência.
16. O laudo médico terá validade somente para este Concurso Público e não será devolvido.
17. O candidato com deficiência, se classificado na forma do Capítulo VIII DOS CRITÉRIOS DE
DESEMPATE E DA CLASSIFICAÇÃO FINAL, além de figurar na lista de classificação geral por
cargo/região, terá seu nome constante na lista específica de candidatos com deficiência, por cargo/região.
IV – DA(S) PROVA(S)
1. O Concurso Público constará, conforme o caso, da(s) seguintes prova(s):
Cargos Provas Questões
Auxiliar de Administração
Prova Objetiva
Conhecimentos Gerais
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Atualidades
- Noções de Informática
10
10
10
10
Administrador
Prova Objetiva
Conhecimentos Gerais
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Raciocínio Lógico
- Noções de Informática
Conhecimentos Específicos
Prova Discursiva
10
10
5
5
30
2
14
- Assistente em Administração
Prova Objetiva
Conhecimentos Gerais
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Legislação
- Noções de Informática
15
15
10
10
- Arquiteto
- Auditor
- Contador
- Engenheiro Ambiental
- Engenheiro Civil
- Engenheiro Elétrico
- Engenheiro Mecânico
- Jornalista
Prova Objetiva
Conhecimentos Gerais
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Legislação
- Noções de Informática
Conhecimentos Específicos
Prova Discursiva
10
10
5
5
30
2
- Analista de Tecnologia da Informação
Prova Objetiva
Conhecimentos Gerais
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Atualidades
- Raciocínio Lógico
Conhecimentos Específicos
10
10
5
5
30
- Assistente Social
Prova Objetiva
Conhecimentos Gerais
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Atualidades
- Noções de Informática
Conhecimentos Específicos
10
10
5
5
30
- Bibliotecário
- Enfermeiro
- Fisioterapeuta
- Nutricionista
- Pedagogo
- Psicólogo
- Técnico em Assuntos Educacionais
- Tecnólogo – Área: Materiais/Mecânica
- Terapeuta Ocupacional
Prova Objetiva
Conhecimentos Gerais
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Legislação
- Noções de Informática
Conhecimentos Específicos
10
10
5
5
30
- Farmacêutico - Bioquímico
Prova Objetiva
Conhecimentos Gerais
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Legislação
10
10
5
15
-
Noções de Informática
Conhecimentos Específicos
Prova Discursiva
5
30
2
- Médico (áreas: Anestesiologia, Clínica
Médica, Endoscopia, Ginecologia,
Otorrinolaringologia)
Prova Objetiva
Conhecimentos Gerais
- Língua Portuguesa
- Noções de Informática
- Política de Saúde
Conhecimentos Específicos
Prova de Títulos
10
5
10
35
-
- Médico Veterinário
Prova Objetiva
Conhecimentos Gerais
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Noções de Informática
- Atualidades
Conhecimentos Específicos
10
5
5
5
35
- Odontólogo
Prova Objetiva
Conhecimentos Gerais
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Legislação
- Noções de Informática
Conhecimentos Específicos
Prova de Títulos
10
10
5
5
30
-
- Secretário Executivo
Prova Objetiva
Conhecimentos Gerais
- Língua Portuguesa
- Língua Inglesa
- Legislação
- Noções de Informática
Conhecimentos Específicos
10
10
5
5
30
- Técnico em Laboratório – área Farmácia
Prova Objetiva
Conhecimentos Gerais
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Atualidades
- Noções de Informática
Conhecimentos Específicos
10
10
5
5
20
16
- Mestre em Edificações - Infraestrutura
- Técnico em Contabilidade
- Técnico em Eletricidade
- Técnico em Equipamento Médico-
Odontológico
- Técnico em Mecânica
- Tradutor e Intérprete de Libras
Prova Objetiva
Conhecimentos Gerais
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Atualidades
- Noções de Informática
Conhecimentos Específicos
10
10
5
5
20
- Técnico de Tecnologia da Informação
Prova Objetiva
Conhecimentos Gerais
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Atualidades
- Raciocínio Lógico
Conhecimentos Específicos
10
10
5
5
20
- Tecnólogo em Eletrônica
Prova Objetiva
Conhecimentos Gerais
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Atualidades
- Noções de Informática
Conhecimentos Específicos
10
10
5
5
30
2. A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, visa avaliar o grau de conhecimento teórico do
candidato, necessário ao desempenho do cargo pretendido.
2.1. A prova objetiva será composta de questões de múltipla escolha, com 5 alternativas cada uma, de
acordo com o conteúdo programático constante do ANEXO II – DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO.
3. A prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, visa avaliar o grau de conhecimento do
candidato, necessário ao desempenho do cargo pretendido
3.1. A prova será composta de 2 questões, com espaços delimitados para rascunho e resposta definitiva e
elaborada de acordo com conteúdo programático constante do ANEXO II DO CONTEÚDO
PROGRAMÁTICO.
4. A prova discursiva será aplicada simultaneamente com a prova objetiva.
5. Para a prestação das provas objetiva e, conforme o caso, discursiva e de títulos, deverão ser observados,
também, o Capítulo V DA PRESTAÇÃO DA(S) PROVA(S), e o Capítulo VI DO JULGAMENTO DA(S)
PROVA(S) E HABILITAÇÃO.
6. A prova de títulos, de caráter classificatório, visa valorizar a formação acadêmica do candidato.
7. A entrega de títulos deverá ocorrer logo após a prova objetiva, na mesma data e local.
V - DA PRESTAÇÃO DA(S) PROVA(S)
DAS PROVAS OBJETIVA, DISCURSIVA E DE TÍTULOS
1. As provas serão realizadas nas cidades de São Paulo - Capital, São José dos Campos e Santos.
1.1. Caso haja impossibilidade de aplicação das provas nas referidas cidades, por qualquer que seja o
motivo, a Fundação VUNESP poderá aplicá-las em municípios vizinhos.
1.2. O candidato que se inscrever para mais de um cargo deverá observar o disposto subitem 2.1.3. do
Capítulo II – DAS INSCRIÇÕES.
1.3. A confirmação da data e informações sobre o horário, local e sala/turma para a realização da(s)
prova(s), deverão ser acompanhadas pelo candidato por meio de Edital de Convocação a ser publicado no
Diário Oficial da União DOU, e divulgado no endereço eletrônico da Fundação VUNESP -
17
www.vunesp.com.br
, na página do Concurso Público, não podendo ser alegada qualquer espécie de
desconhecimento.
1.4. Nos 5 dias que antecederem à data prevista para a(s) prova(s), o candidato poderá ainda contatar o
Disque VUNESP, em dias úteis, de segunda-feira a sábado, das 8 às 20 horas.
1.5. Eventualmente, se, por qualquer que seja o motivo, o nome do candidato não constar do Edital de
Convocação, esse deverá entrar em contato com a Fundação VUNESP, para verificar o ocorrido.
1.6. Ocorrendo o caso constante no subitem 1.5., deste Capítulo, poderá o candidato participar do Concurso
Público e realizar a(s) prova(s) se apresentar o respectivo comprovante de pagamento da taxa de inscrição,
efetuado nos moldes previstos neste Edital, devendo, para tanto, preencher, datar e assinar, no dia
da(s) prova(s), formulário específico.
1.6.1. A inclusão de que trata este item será realizada de forma condicional, sujeita à posterior verificação
da regularidade da referida inscrição.
1.6.1.1. Constatada eventual irregularidade na inscrição, a inclusão do candidato será automaticamente
cancelada, sem direito à reclamação, independentemente de qualquer formalidade, considerados nulos
todos os atos dela decorrentes
2. O candidato deverá comparecer ao local designado para a(s) prova(s), constante do Edital de
Convocação, com antecedência mínima de 60 minutos, munido de:
a) caneta esferográfica de tinta azul ou preta, lápis preto e borracha macia; e
b) original de um dos seguintes documentos de identificação: Cédula de Identidade (RG), Carteira de Órgão
ou Conselho de Classe, Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), Certificado Militar, Carteira
Nacional de Habilitação, expedida nos termos da Lei Federal nº 9.503, de 23 de setembro de 1997,
Passaporte, Carteiras de Identidade expedidas pelas Forças Armadas, Polícias Militares ou Corpos de
Bombeiros Militares.
2.1. Somente será admitido na sala ou local de prova o candidato que apresentar um dos documentos
discriminados na alínea “b” deste item e desde que permita, com clareza, a sua identificação.
2.2. O candidato que não apresentar o documento, conforme a alínea “b” deste item, não fará a(s) prova(s),
sendo considerado ausente e eliminado do Concurso Público.
2.3. Não serão aceitos protocolo, cópia dos documentos citados, ainda que autenticada, boletim de
ocorrência ou quaisquer outros documentos não constantes deste Edital, inclusive carteira funcional de
ordem pública ou privada.
3. Os portões serão fechados impreterivelmente no horário estabelecido para a realização da(s) prova(s).
3.1 Não será admitido na sala, turma ou no local de prova(s) o candidato que se apresentar após o horário
estabelecido para o seu início.
4. Não haverá segunda chamada, seja qual for o motivo alegado, para justificar o atraso ou a ausência do
candidato, nem aplicação da(s) prova(s) fora do local, sala/ turma, data e/ou do horário preestabelecidos.
5. O candidato não poderá ausentar-se da sala/turma ou local de provas sem o acompanhamento de um
fiscal.
6. Em caso de necessidade de amamentação durante as provas objetiva e discursiva, e tão somente nestes
casos, a candidata deverá levar um acompanhante maior de idade, devidamente comprovada, que ficará
em local reservado para tal finalidade e será responsável pela criança.
6.2. A candidata, neste momento, deverá fechar seu material de prova(s) e deixá-lo sobre a carteira, voltado
para baixo.
6.3. No momento da amamentação, a candidata deverá ser acompanhada por uma fiscal, sem a presença
do responsável pela criança e sem o material de prova(s).
6.4. Não haverá compensação do tempo de amamentação à duração da(s) prova(s) da candidata.
7. Excetuada a situação prevista no item 6. deste Capítulo, não será permitida a permanência de qualquer
acompanhante, inclusive criança, nas dependências do local de realização da(s) prova(s), podendo
ocasionar inclusive a não participação do candidato no Concurso Público.
7.1. A Fundação VUNESP e a Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP, não se responsabilizam pela
criança no caso de a candidata não levar o acompanhante, podendo, inclusive, ocasionar a sua eliminação
do processo.
8. O candidato que, eventualmente, necessitar alterar algum dado cadastral, no dia da(s) prova(s), deverá
solicitar formulário específico para tal finalidade, que deverá ser datado e assinado pelo candidato e
entregue ao fiscal.
8.1. O candidato que não atender aos termos deste item deverá arcar, exclusivamente, com as
consequências advindas de sua omissão.
9. O candidato que queira fazer alguma reclamação ou sugestão deverá procurar a sala de coordenação no
local em que estiver prestando a(s) prova(s).
10. Não haverá prorrogação do tempo previsto para a aplicação da(s) prova(s) em virtude de afastamento,
por qualquer motivo, de candidato da sala.
18
10.1. A duração da(s) prova(s), conforme o cargo será de:
Escolaridade - quantidade de questões Prova (s) Duração da(s) prova(s)
Ensino Médio - 50 questões
Objetiva
três horas
Ensino Médio:
Prova objetiva - 50 questões
Prova discursiva – 2 questões
Objetiva e Discursiva três horas e trinta minutos
Ensino Superior - 60 questões Objetiva três horas e trinta minutos
Ensino Superior:
Prova objetiva - 60 questões
Prova discursiva – 2 questões
Objetiva e Discursiva quatro horas e trinta minutos
11. São de responsabilidade do candidato, inclusive no que diz respeito aos seus dados pessoais, a
verificação e a conferência do material entregue pela Fundação VUNESP, para a realização da(s) prova(s).
11.1. O candidato deverá observar total e atentamente os termos das instruções contidas na capa do
caderno de questões, na folha de respostas e no caderno da prova discursiva, não podendo ser alegada
qualquer espécie de desconhecimento.
12. Durante a(s) prova(s), não serão permitidas qualquer espécie de consulta a códigos, livros, manuais,
impressos, anotações e/ou outro tipo de pesquisa, utilização de outro material não fornecido pela Fundação
VUNESP, de relógio com calculadora, telefone celular ou qualquer equipamento eletrônico, protetor
auricular, boné, gorro, chapéu e óculos de sol.
12.1. O telefone celular e similares e/ou qualquer outro equipamento eletrônico de comunicação, durante a
aplicação da(s) prova(s), deverão permanecer desligados durante todo o tempo em que o candidato
permanecer no local de realização da(s) prova(s).
13. A Fundação VUNESP fornecerá, antes do início da(s) prova(s), embalagem plástica, para o
acondicionamento de objetos pessoais do candidato, inclusive de relógio com calculadora e de telefone
celular ou de qualquer outro equipamento eletrônico e/ou material de comunicação, desligados.
13.1. A embalagem plástica deverá permanecer durante todo o processo debaixo da carteira.
14. É reservado à Fundação VUNESP o direito de utilizar detector de metais e/ou de proceder à coleta de
impressão digital durante a aplicação da(s) prova(s).
14.1. Na impossibilidade de o candidato realizar o procedimento de coleta de impressão digital, esse deverá
registrar sua assinatura, em local e campo predeterminados, por três vezes.
14.1.1. A autenticação digital ou assinatura do candidato visa, ainda, atender ao disposto no subitem 3.2. do
Capítulo X – DO PROVIMENTO DOS CARGOS.
14.2. O candidato somente poderá retirar-se do local de aplicação das provas objetiva e discursiva, depois
de transcorrido o tempo de 75% (setenta e cinco por cento) da duração da(s) prova(s), levando consigo
somente o material fornecido para conferência do gabarito da prova objetiva realizada.
15. Será excluído do Concurso Público o candidato que:
a) não comparecer, à(s) prova(s), ou quaisquer das etapas, conforme Edital de Convocação a ser publicado
no Diário Oficial da União DOU, e divulgado no endereço eletrônico da Fundação VUNESP -
www.vunesp.com.br
, na página do Concurso Público, seja qual for o motivo alegado, exceto à prova
de títulos, cuja presença não é obrigatória;
b) apresentar-se fora de local, sala/ turma, data e/ou do horário estabelecidos no Edital de Convocação;
c) não apresentar o documento de identificação conforme o previsto neste Edital;
d) ausentar-se, durante o processo, da sala ou do local de prova(s) sem o acompanhamento de um fiscal;
e) estiver, durante a aplicação da(s) prova(s), fazendo uso de calculadora, relógio com calculadora e/ou
agenda eletrônica ou similar;
19
f) estiver, no local de prova, portando, após o início da prova, qualquer equipamento eletrônico e/ou sonoro
e/ou de comunicação ligados ou desligados e que não atender ao item 13 e seu subitem, deste Capítulo.
g) for surpreendido em comunicação com outro candidato ou terceiros, verbalmente ou por escrito, bem
como fazendo uso de material não permitido para a realização da(s) prova(s);
h) lançar meios ilícitos para a realização da(s) prova(s);
i) não devolver ao fiscal qualquer material de aplicação da(s) prova(s), fornecido pela Fundação VUNESP;
j) estiver portando arma, ainda que possua o respectivo porte;
k) durante o processo, não atender a quaisquer das disposições estabelecidas neste Edital;
l) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos;
m) agir com incorreção ou descortesia para com qualquer membro da equipe encarregada da aplicação
da(s) prova(s);
n) retirar-se do local de prova(s) antes de decorrido o tempo mínimo de permanência.
DA PROVA OBJETIVA
16. O candidato que se inscrever para mais de um cargo/região deverá observar o disposto no subitem
2.1.3. do Capítulo II – DAS INSCRIÇÕES.
17. A prova objetiva, para todos os cargos, está prevista para ser realizada em 27.04.2014, às 14 horas.
18. No ato da realização das provas, o candidato receberá a folha de respostas e o caderno de questões.
18.1. Em hipótese alguma, haverá substituição da folha de respostas por erro do candidato.
18.2. A folha de respostas, cujo preenchimento é de responsabilidade do candidato, é o único documento
válido para a correção eletrônica e deverá ser entregue, no final da(s) prova(s), ao fiscal de sala, juntamente
com o caderno de questões da prova objetiva e, conforme o caso, o caderno da prova discursiva.
18.3. O candidato deverá transcrever as respostas para a folha de respostas, com caneta esferográfica de
tinta azul ou preta, bem como assinar no campo apropriado.
18.4. O candidato que tenha solicitado à Fundação VUNESP fiscal transcritor deverá indicar os alvéolos a
serem preenchidos pelo fiscal designado para tal finalidade.
18.5. Não será computada questão com emenda ou rasura, ainda que legível, nem questão não respondida
ou que contenha mais de uma resposta, mesmo que uma delas esteja correta.
18.6. Não deverá ser feita nenhuma marca fora do campo reservado às respostas ou à assinatura, sob pena
de acarretar prejuízo ao desempenho do candidato.
18.7. Um exemplar do caderno de questões da prova objetiva, em branco, será disponibilizado, única e
exclusivamente, no endereço eletrônico da Fundação VUNESP-
www.vunesp.com.br
- na página do
Concurso Público, a partir das 10 horas do 1º dia útil subsequente ao da aplicação.
18.8. O gabarito oficial da prova objetiva será publicado no Diário Oficial da União DOU, e disponibilizado
no endereço eletrônico da Fundação VUNESP -
www.vunesp.com.br
- na página do Concurso Público,
a partir das 10 horas do 2º dia útil subsequente ao da aplicação, não podendo ser alegada qualquer espécie
de desconhecimento.
DA PROVA DISCURSIVA
19. O candidato deverá observar, total e atentamente, os itens 1. a 15. e seus subitens deste Capítulo,
naquilo que couber, não podendo ser alegada qualquer espécie de desconhecimento.
20. A prova discursiva, para os cargos de Administrador, Arquiteto, Auditor, Contador, Engenheiro
Ambiental, Engenheiro Civil, Engenheiro Elétrico, Engenheiro Mecânico, Farmacêutico – Bioquímico e
Jornalista, está prevista para sua realização em 27.04.2014, às 14 horas, juntamente com a prova objetiva.
21. No ato da realização das provas, o candidato receberá o caderno da prova discursiva, o caderno de
questões da prova objetiva e a folha de respostas.
21.1. Na prova discursiva, o candidato deverá assinar única e exclusivamente no local destinado
especificamente para essa finalidade, no canhoto destacável da capa do caderno. Qualquer sinal, marca,
desenho, rubrica, assinatura ou nome, feito pelo candidato, em qualquer local do caderno que o o
estipulado pela Vunesp para a assinatura do candidato, que possa permitir sua identificação, acarretará a
atribuição de nota zero à prova discursiva e a consequente eliminação do candidato do concurso.
21.2. É vedado o uso de corretor de texto, de caneta marca-texto ou de qualquer outro material que possa
identificar a prova sob pena de atribuição de nota zero à prova discursiva e a consequente eliminação do
candidato do concurso.
21.3. Em hipótese alguma, haverá substituição do caderno da prova, por erro do candidato.
21.4. A prova discursiva deverá ser manuscrita, pelo próprio candidato, com caneta esferográfica de tinta
azul ou preta e com letra legível, a fim de que eventualmente o candidato não seja prejudicado na avaliação
por parte da Banca Examinadora.
20
21.5. o será permitida a interferência e/ou participação de outras pessoas, salvo em caso de candidato
que necessitar de condição especial e se a deficiência impossibilitar a transcrição do texto pelo próprio
candidato, bem como de candidato que tenha solicitado condição especial, nos termos do disposto neste
Edital.
21.5.1. Nesse caso, o candidato deverá ditar o texto, especificando oralmente a grafia das palavras e os
sinais gráficos de acentuação e pontuação, para o fiscal designado pela Fundação VUNESP.
21.6. A folha de texto definitivo será o único documento válido para avaliação da prova.
21.6.1. Não será admitido o uso de qualquer outra folha de papel - para rascunho ou como parte ou
resposta definitiva - diversa das existentes no caderno. Para tanto, o candidato deverá atentar para os
espaços específicos destinados para rascunho e para resposta definitiva, a fim de que não seja prejudicado.
21.6.2. A folha para rascunho será de preenchimento facultativo e não valerá para a avaliação.
21.7. O candidato deverá observar, atentamente, os termos das instruções contidas nas capas dos
cadernos, não podendo ser alegada qualquer espécie de desconhecimento.
21.8. Após o término do prazo previsto para a duração da(s) prova(s), não será concedido tempo adicional
para o candidato continuar respondendo as questões ou procedendo à transcrição para a parte definitiva do
caderno de prova.
21.9. Para realização da prova discursiva, o candidato deverá observar, também, o item 2. do Capítulo VI
DO JULGAMENTO DA(S) PROVA(S) E HABILITAÇÃO, não podendo ser alegada qualquer espécie de
desconhecimento.
21.10. Ao final da prova, o candidato deverá entregar o caderno completo ao fiscal da sala. Será atribuída
nota zero à prova cujo caderno não estiver completo.
DA PROVA DE TÍTULOS
22. A entrega de títulos, para os cargos de Médico (áreas: Anestesiologia, Clínica Médica, Endoscopia,
Ginecologia, Otorrinolaringologia) e Odontólogo, por todos os candidatos convocados para a prova objetiva,
ocorrerá logo após a prova objetiva, na mesma data e local.
22.1. O candidato deverá levar os títulos quando da realização da prova objetiva.
22.1.1. Não será permitida a saída do candidato, do prédio, para a busca dos títulos, nem a entrega desses
por terceiros no portão do prédio.
22.2. Não serão aceitos títulos entregues fora do local, data e horário estabelecidos no Edital de
Convocação, nem a complementação ou a substituição, a qualquer tempo, de títulos já entregues.
22.3. O candidato convocado à prova de títulos que não comparecer será considerado ausente, porém, não
será eliminado do Concurso.
23. A entrega e a comprovação dos títulos são de responsabilidade exclusiva do candidato.
24. Serão considerados títulos somente os constantes na tabela de títulos, conforme subitem 3.7. do
Capítulo VI - DO JULGAMENTO DA(S) PROVA(S) E HABILITAÇÃO.
25. Somente serão avaliados os títulos obtidos até a data de encerramento das inscrições.
26. Os documentos deverão ser entregues em cópias reprográficas, autenticadas ou acompanhadas da
apresentação do original para serem vistadas pelo receptor, não sendo aceitos, para entrega:
26.1. protocolos de documentos ou fac-símile;
26.2. documentos originais de diplomas.
26.3. Poderão ser entregue, no original, atestados e declarações.
27. Todos os títulos deverão ser comprovados por documentos que contenham as informações necessárias
ao perfeito enquadramento e consequente valoração.
27.1. Quando o nome do candidato for diferente do constante nos documentos apresentados, deverá ser
anexado comprovante de alteração do nome.
27.2. Quando o documento não comprovar explicitamente que o título se enquadra na área exigida na
Tabela de Títulos, o candidato poderá entregar, também, de acordo com o item 29 e seus subitens, o
histórico escolar ou declaração da instituição que emitiu o documento, no qual declara a(s) área(s) de
concentração e/ou linha(s) de pesquisa(s) do título.
28. Não serão considerados como títulos os cursos que se constituírem em requisito para a inscrição no
Concurso. Assim sendo, no caso de entrega de títulos, previstos na tabela de títulos, que possam ser
considerados requisito, o candidato deverá entregar, também, comprovantes dos requisitos, de acordo com
o item 29 e seus subitens, sob pena de não ter aqueles pontuados.
29. Os comprovantes deverão estar em papel timbrado da instituição, com nome, cargo/função e assinatura
do responsável, data do documento e,
29.1. no caso de certificado/declaração de conclusão de curso de doutorado ou de mestrado, deverá
constar a data da homologação do respectivo título;
21
29.2. no caso de certificado/declaração de conclusão de curso de pós-graduação lato sensu, deverá constar
a carga horária total e o período de realização do curso;
29.3. no histórico escolar, deverão constar o rol das disciplinas com as respectivas cargas horárias, notas
ou conceitos obtidos pelo aluno e o título do trabalho, conforme o caso (monografia, dissertação ou tese).
30. Os títulos obtidos no exterior deverão ser revalidados por universidades oficiais que mantenham cursos
congêneres, credenciados nos órgãos competentes.
30.1. Os títulos obtidos no exterior não passíveis de revalidação deverão ser traduzidos por tradutor oficial
juramentado.
31. Todos os documentos/títulos entregues, cuja devolução não for solicitada no prazo de 90 (noventa) dias,
contados a partir da publicação da classificação definitiva do Concurso, serão inutilizados.
32. A solicitação da devolução dos documentos deverá ser feita somente após a publicação da classificação
definitiva do Concurso e deverá ser encaminhada por SEDEX ou Aviso de Recebimento AR, à Fundação
VUNESP, contendo a especificação do respectivo Concurso.
VI - DO JULGAMENTO DA(S) PROVA(S) E HABILITAÇÃO
1. DA PROVA OBJETIVA
1.1. A prova objetiva será avaliada na escala de 0 (zero) a 100 (cem) pontos.
1.2. A nota da prova objetiva será obtida pela fórmula:
NP = Na x100
Tq
Onde:
NP = Nota da prova
Na = Número de acertos
Tq = Total de questões da prova
1.3. Será considerado habilitado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 50 pontos e não zerar em:
Cargos
Auxiliar de Administração
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Atualidades
- Noções de Informática
Administrador
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Raciocínio Lógico
- Noções de Informática
- Conhecimentos Específicos
- Assistente em Administração
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Legislação
- Noções de Informática
- Arquiteto
- Auditor
- Contador
- Engenheiro Ambiental
- Engenheiro Civil
- Engenheiro Elétrico
- Engenheiro Mecânico
- Jornalista
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Legislação
- Noções de Informática
- Conhecimentos Específicos
22
- Analista de Tecnologia da Informação
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Atualidades
- Raciocínio Lógico
- Conhecimentos Específicos
- Bibliotecário
- Enfermeiro
- Farmacêutico-Bioquímico
- Fisioterapeuta
- Nutricionista
- Odontólogo
- Pedagogo
- Psicólogo
- Técnico em Assuntos Educacionais
- Tecnólogo – Área: Materiais/Mecânica
- Terapeuta Ocupacional
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Legislação
- Noções de Informática
- Conhecimentos Específicos
- Assistente Social
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Atualidades
- Noções de Informática
- Conhecimentos Específicos
- Médico (áreas: Anestesiologia, Clínica
Médica, Endoscopia, Ginecologia,
Otorrinolaringologia)
- Língua Portuguesa
- Noções de Informática
- Política de Saúde
- Conhecimentos Específicos
- Médico Veterinário
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Noções de Informática
- Atualidades
- Conhecimentos Específicos
- Secretário Executivo
- Língua Portuguesa
- Língua Inglesa
- Legislação
- Noções de Informática
- Conhecimentos Específicos
- Técnico em Laboratório – Área Farmácia
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Atualidades
- Noções de Informática
- Conhecimentos Específicos
- Mestre em Edificações - Infraestrutura - Língua Portuguesa
23
- Técnico em Contabilidade
- Técnico em Eletricidade
- Técnico em Equipamento Médico-
Odontológico
- Técnico em Mecânica
- Tradutor e Intérprete de Libras
- Matemática
- Atualidades
- Noções de Informática
- Conhecimentos Específicos
- Técnico de Tecnologia da Informação
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Atualidades
- Raciocínio Lógico
- Conhecimentos Específicos
- Tecnólogo em Eletrônica
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Atualidades
- Noções de Informática
- Conhecimentos Específicos
1.4. O candidato não habilitado será excluído do Concurso Público.
2. DA PROVA DISCURSIVA
2.1. A prova discursiva será composta de 2 (duas) questões.
2.1.1. Cada questão da prova discursiva será avaliada na escala de 0 (zero) a 50 (cinquenta) pontos.
2.1.2. A prova discursiva será avaliada na escala de 0 a 100 pontos.
2.2. Será corrigida a prova discursiva:
- para o cargo de Administrador – Grande São Paulo: dos 50 (cinquenta) candidatos mais bem habilitados
na prova objetiva;
- para o cargo de Administrador Baixada Santista: dos 15 (quinze) candidatos mais bem habilitados na
prova objetiva;
- para o cargo de Arquiteto Grande São Paulo: dos 50 (cinquenta) candidatos mais bem habilitados na
prova objetiva;
- para o cargo de Arquiteto Baixada Santista: dos 15 (quinze) candidatos mais bem habilitados na prova
objetiva;
- para o cargo de Arquiteto – São José dos Campos: dos 15 (quinze) candidatos mais bem habilitados na
prova objetiva;
- para o cargo de Auditor Grande São Paulo: dos 15 (quinze) candidatos mais bem habilitados na prova
objetiva;
- para o cargo de Contador Grande São Paulo: dos 15 (quinze) candidatos mais bem habilitados na
prova objetiva;
- para o cargo de Contador – Baixada Santista: dos 15 (quinze) candidatos mais bem habilitados na prova
objetiva;
- para o cargo de Engenheiro Ambiental Grande São Paulo: dos 15 (quinze) candidatos mais bem
habilitados na prova objetiva;
- para o cargo de Engenheiro Civil Grande São Paulo: dos 15 (quinze) candidatos mais bem habilitados
na prova objetiva;
24
- para o cargo de Engenheiro Elétrico Grande São Paulo: dos 35 (trinta e cinco) candidatos mais bem
habilitados na prova objetiva;
- para o cargo de Engenheiro Elétrico Baixada Santista: dos 15 (quinze) candidatos mais bem
habilitados na prova objetiva;
- para o cargo de Engenheiro Mecânico Grande São Paulo: dos 15 (quinze) candidatos mais bem
habilitados na prova objetiva;
- para o cargo de Farmacêutico Bioquímico São José dos Campos: dos 15 (quinze) candidatos mais
bem habilitados na prova objetiva;
- para o cargo de Jornalista Grande São Paulo: dos 15 (quinze) candidatos mais bem habilitados na
prova objetiva.
2.2.1. Havendo empate na última colocação, todos os candidatos nesta condição terão a prova discursiva
corrigida.
2.3. Na correção da prova discursiva, serão analisados o conhecimento do conteúdo, a capacidade de o
candidato desenvolver a questão apresentada com clareza, coerência e objetividade, a organização do
texto, a técnica de redação, o domínio do léxico e a correção gramatical.
2.4. Será atribuída nota 0 (zero) à prova que:
a) apresentar nome, rubrica, assinatura, sinal, marca ou informação não pertinente ao solicitado nas
questões que possa permitir a identificação do candidato;
b) apresentar sinais de uso de corretor de texto ou de caneta marca-texto;
c) estiver faltando folhas.
2.5. Será atribuída nota 0 (zero) à questão que:
a) fugir ao tema proposto;
b) estiver em branco;
c) apresentar textos sob forma não articulada verbalmente (apenas com desenhos, números e palavras
soltas ou em versos) ou for escrita em língua diferente da portuguesa;
d) for escrita a lápis ou com caneta de tinta de cor diferente de azul ou preta, em sua totalidade;
e) apresentar letra ilegível e/ou incompreensível;
f) apresentar o texto definitivo fora do espaço reservado para tal.
2.6. Será considerado como não-escrito o texto ou trecho de texto que:
a) estiver rasurado;
b) for ilegível ou incompreensível;
c) for escrito em língua diferente da portuguesa;
d) for escrito a lápis ou com caneta de tinta de cor diferente de azul ou preta;
e) for escrito fora do espaço destinado ao texto definitivo.
2.7. Será considerado habilitado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 50 pontos na prova
discursiva.
2.8. O candidato não habilitado na prova discursiva e aquele habilitado na prova objetiva, mas que não tiver
a prova discursiva corrigida, serão excluídos do Concurso Público.
3. DA PROVA DE TÍTULOS
3.1. Somente serão avaliados os títulos dos candidatos habilitados na prova objetiva.
3.2. A prova de títulos terá caráter classificatório.
3.3. A pontuação dos títulos estará limitada aos valores constantes na tabela de títulos, do subitem 3.7.
deste Capítulo, observando-se os comprovantes, os valores unitário e máximo e a quantidade máxima de
cada título.
3.4. A pontuação total da prova de títulos estará limitada ao valor máximo de 6 (seis) pontos.
3.5. Cada título será considerado uma única vez.
3.6. Somente serão avaliados os títulos obtidos até a data de publicação deste Edital.
25
3.7. Tabela de títulos:
- Para o cargo de Médico (áreas: Anestesiologia, Clínica Médica, Endoscopia, Ginecologia,
Otorrinolaringologia)
Títulos Comprovantes
Quantidade
Máxima
Valor
Unitário
Valor
Máximo
Doutor -
Diploma devidamente
conclusão de curso.
1 3 3
Mestre
1 2 2
Pós-graduação lato
sensu
(Especialização) na área a que
concorre, com carga horária
mínima de 360 (trezentas e
sessenta) horas.
-
Certificado/declaração de
conclusão de curso;
- e histórico escolar.
1 1 1
-
Para o cargo de Odontólogo
Títulos Comprovantes
Quantidade
Máxima
Valor
Unitário
Valor
Máximo
Doutor
- Diploma devidamente
registrado ou
certificado/declaração de
conclusão de curso.
1 3 3
Mestre
1 2 2
Pós-graduação lato sensu
(Especialização) na área da
odontologia, com carga horária
mínima de 360 (trezentas e
sessenta) horas.
- Certificado/declaração
de conclusão de curso;
- e histórico escolar. 1 1 1
3.8. Comprovada, em qualquer tempo, a irregularidade ou ilegalidade na obtenção do título, o candidato terá
anulada a respectiva pontuação e, comprovada a sua culpa, esse será eliminado do Concurso.
VII - DA PONTUAÇÃO FINAL
1. A pontuação final do candidato será:
- para os cargos de Administrador, Arquiteto, Auditor, Contador, Engenheiro Ambiental, Engenheiro Civil,
Engenheiro Elétrico, Engenheiro Mecânico, Farmacêutico-Bioquímico e Jornalista, a somatória das notas
obtidas nas provas objetiva e discursiva;
- para os cargos de Médico (áreas: Anestesiologia, Clínica Médica, Endoscopia, Ginecologia,
Otorrinolaringologia) e Odontólogo, a somatória das notas obtidas nas provas objetiva e de títulos;
- para os demais cargos, a nota obtida na prova objetiva.
VIII - DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE E DA CLASSIFICAÇÃO FINAL
1. Os candidatos habilitados serão classificados por ordem decrescente da pontuação final, por
cargo/região.
2. Em caso de igualdade da pontuação final, por cargo/região, serão aplicados, sucessivamente, os
seguintes critérios de desempate ao candidato:
- Auxiliar de Administração
a) com idade igual ou superior a 60 anos, nos termos da Lei Federal nº 10.741/03, entre si e frente aos
demais, sendo que será dada preferência ao de idade mais elevada;
b) que obtiver maior pontuação nas questões de Língua Portuguesa;
c) que obtiver maior pontuação nas questões de Matemática;
d) que obtiver maior pontuação nas questões de Noções de Informática;
e) que obtiver maior pontuação nas questões de Atualidades;
26
f) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
- Assistente em Administração
a) com idade igual ou superior a 60 anos, nos termos da Lei Federal nº 10.741/03, entre si e frente aos
demais, sendo que será dada preferência ao de idade mais elevada;
b) que obtiver maior pontuação nas questões de Língua Portuguesa;
c) que obtiver maior pontuação nas questões de Legislação;
d) que obtiver maior pontuação nas questões de Matemática;
e) que obtiver maior pontuação nas questões de Noções de Informática;
f) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
- Administrador
a) com idade igual ou superior a 60 anos, nos termos da Lei Federal nº 10.741/03, entre si e frente aos
demais, sendo que será dada preferência ao de idade mais elevada;
b) que obtiver maior nota na prova discursiva;
b) que obtiver maior pontuação nas questões de Conhecimentos Específicos;
c) que obtiver maior pontuação nas questões de Língua Portuguesa;
d) que obtiver maior pontuação nas questões de Raciocínio Lógico
e) que obtiver maior pontuação nas questões de Noções de Informática;
f) que obtiver maior pontuação nas questões de Matemática;
g) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
- Arquiteto, Auditor, Contador, Engenheiro Ambiental, Engenheiro Civil, Engenheiro Elétrico,
Engenheiro Mecânico e Jornalista
a) com idade igual ou superior a 60 anos, nos termos da Lei Federal nº 10.741/03, entre si e frente aos
demais, sendo que será dada preferência ao de idade mais elevada;
b) que obtiver maior nota na prova discursiva;
b) que obtiver maior pontuação nas questões de Conhecimentos Específicos;
c) que obtiver maior pontuação nas questões de Língua Portuguesa;
d) que obtiver maior pontuação nas questões de Legislação;
e) que obtiver maior pontuação nas questões de Noções de Informática;
f) que obtiver maior pontuação nas questões de Matemática;
g) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
- Analista de Tecnologia da Informação
a) com idade igual ou superior a 60 anos, nos termos da Lei Federal nº 10.741/03, entre si e frente aos
demais, sendo que será dada preferência ao de idade mais elevada;
b) que obtiver maior pontuação nas questões de Conhecimentos Específicos;
c) que obtiver maior pontuação nas questões de Língua Portuguesa;
d) que obtiver maior pontuação nas questões de Raciocínio Lógico;
e) que obtiver maior pontuação nas questões de Matemática;
f) que obtiver maior pontuação nas questões de Atualidades;
g) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
- Assistente Social
a) com idade igual ou superior a 60 anos, nos termos da Lei Federal nº 10.741/03, entre si e frente aos
demais, sendo que será dada preferência ao de idade mais elevada;
b) que obtiver maior pontuação nas questões de Conhecimentos Específicos;
c) que obtiver maior pontuação nas questões de Língua Portuguesa;
d) que obtiver maior pontuação nas questões de Matemática
e) que obtiver maior pontuação nas questões de Atualidades;
f) que obtiver maior pontuação nas questões de Noções de Informática;
g) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
- Bibliotecário, Enfermeiro, Fisioterapeuta, Nutricionista, Pedagogo, Psicólogo, Técnico em Assuntos
Educacionais, Tecnólogo-Área Materiais/Mecânica e Terapeuta Ocupacional
a) com idade igual ou superior a 60 anos, nos termos da Lei Federal nº 10.741/03, entre si e frente aos
demais, sendo que será dada preferência ao de idade mais elevada;
b) que obtiver maior pontuação nas questões de Conhecimentos Específicos;
c) que obtiver maior pontuação nas questões de Língua Portuguesa;
27
d) que obtiver maior pontuação nas questões de Matemática
e) que obtiver maior pontuação nas questões de Legislação;
f) que obtiver maior pontuação nas questões de Noções de Informática;
g) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
- Farmacêutico - Bioquímico
a) com idade igual ou superior a 60 anos, nos termos da Lei Federal nº 10.741/03, entre si e frente aos
demais, sendo que será dada preferência ao de idade mais elevada;
b) que obtiver maior nota na prova discursiva;
c) que obtiver maior pontuação nas questões de Conhecimentos Específicos;
d) que obtiver maior pontuação nas questões de Língua Portuguesa;
e) que obtiver maior pontuação nas questões de Matemática;
f) que obtiver maior pontuação nas questões de Legislação;
g) que obtiver maior pontuação nas questões de Noções de Informática;
h) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
- Médico (áreas: Anestesiologia, Clínica Médica, Endoscopia, Ginecologia, Otorrinolaringologia)
a) com idade igual ou superior a 60 anos, nos termos da Lei Federal nº 10.741/03, entre si e frente aos
demais, sendo que será dada preferência ao de idade mais elevada;
b) que obtiver maior pontuação na prova de títulos;
c) que obtiver maior pontuação nas questões de Conhecimentos Específicos;
d) que obtiver maior pontuação nas questões de Língua Portuguesa;
e) que obtiver maior pontuação nas questões de Política de Saúde;
f) que obtiver maior pontuação nas questões de Noções de Informática;
g) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
- Médico Veterinário
a) com idade igual ou superior a 60 anos, nos termos da Lei Federal nº 10.741/03, entre si e frente aos
demais, sendo que será dada preferência ao de idade mais elevada;
b) que obtiver maior pontuação nas questões de Conhecimentos Específicos;
c) que obtiver maior pontuação nas questões de Língua Portuguesa;
d) que obtiver maior pontuação nas questões de Matemática
e) que obtiver maior pontuação nas questões de Atualidades;
f) que obtiver maior pontuação nas questões de Noções de Informática;
g) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
- Mestre em Edificações – Infraestrutura, Técnico em Contabilidade, Técnico em Eletricidade,
Técnico em Equipamento Médico Odontológico, Técnico em Mecânica e Tradutor e Intérprete de
Libras
a) com idade igual ou superior a 60 anos, nos termos da Lei Federal nº 10.741/03, entre si e frente aos
demais, sendo que será dada preferência ao de idade mais elevada;
b) que obtiver maior pontuação nas questões de Conhecimentos Específicos;
c) que obtiver maior pontuação nas questões de Língua Portuguesa;
d) que obtiver maior pontuação nas questões de Matemática;
e) que obtiver maior pontuação nas questões de Noções de Informática;
f) que obtiver maior pontuação nas questões de Atualidades;
g) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
- Odontólogo
a) com idade igual ou superior a 60 anos, nos termos da Lei Federal nº 10.741/03, entre si e frente aos
demais, sendo que será dada preferência ao de idade mais elevada;
b) que obtiver maior pontuação na prova de títulos;
c) que obtiver maior pontuação nas questões de Conhecimentos Específicos;
d) que obtiver maior pontuação nas questões de Língua Portuguesa;
e) que obtiver maior pontuação nas questões de Matemática;
f) que obtiver maior pontuação nas questões de Legislação;
g) que obtiver maior pontuação nas questões de Noções de Informática;
h) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
- Secretário Executivo
28
a) com idade igual ou superior a 60 anos, nos termos da Lei Federal nº 10.741/03, entre si e frente aos
demais, sendo que será dada preferência ao de idade mais elevada;
b) que obtiver maior pontuação nas questões de Conhecimentos Específicos;
c) que obtiver maior pontuação nas questões de Língua Portuguesa;
d) que obtiver maior pontuação nas questões de Língua Inglesa;
e) que obtiver maior pontuação nas questões de Legislação;
f) que obtiver maior pontuação nas questões de Noções de Informática;
g) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
- Tecnólogo em Eletrônica
a) com idade igual ou superior a 60 anos, nos termos da Lei Federal nº 10.741/03, entre si e frente aos
demais, sendo que será dada preferência ao de idade mais elevada;
b) que obtiver maior pontuação nas questões de Conhecimentos Específicos;
c) que obtiver maior pontuação nas questões de Língua Portuguesa;
d) que obtiver maior pontuação nas questões de Matemática;
e) que obtiver maior pontuação nas questões de Atualidades;
f) que obtiver maior pontuação nas questões de Noções de Informática;
g) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
- Técnico em Laboratório – área Farmácia
a) com idade igual ou superior a 60 anos, nos termos da Lei Federal nº 10.741/03, entre si e frente aos
demais, sendo que será dada preferência ao de idade mais elevada;
b) que obtiver maior pontuação nas questões de Conhecimentos Específicos;
c) que obtiver maior pontuação nas questões de Língua Portuguesa;
d) que obtiver maior pontuação nas questões de Matemática
e) que obtiver maior pontuação nas questões de Noções de Informática;
f) que obtiver maior pontuação nas questões de Atualidades;
g) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
- Técnico de Tecnologia da Informação
a) com idade igual ou superior a 60 anos, nos termos da Lei Federal nº 10.741/03, entre si e frente aos
demais, sendo que será dada preferência ao de idade mais elevada;
b) que obtiver maior pontuação nas questões de Conhecimentos Específicos;
c) que obtiver maior pontuação nas questões de Língua Portuguesa;
d) que obtiver maior pontuação nas questões de Raciocínio Lógico;
e) que obtiver maior pontuação nas questões de Matemática;
f) que obtiver maior pontuação nas questões de Atualidades;
g) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.
3. Persistindo, ainda, o empate, poderá haver sorteio na presença dos candidatos envolvidos.
4. Os candidatos classificados serão enumerados, por cargo/região, em duas listas, sendo uma geral (todos
os candidatos classificados) e, se for o caso, outra especial (candidatos com deficiência classificados).
IX - DOS RECURSOS
1. O prazo para interposição de recurso será de 2 dias úteis, contados a partir do 1º dia útil subsequente à
data da divulgação ou do fato que lhe deu origem.
2. Em caso de interposição de recurso contra o indeferimento da isenção do valor da taxa de inscrição,
contra o gabarito e contra o resultado das diversas etapas do Concurso Público, o candidato deverá utilizar
somente o campo próprio para interposição de recursos, no endereço
www.vunesp.com.br
, na gina
específica do Concurso Público, e seguir as instruções ali contidas.
2.1. O recurso especificado no “caput” deste item não será aceito por meio de fac-símile, e-mail, protocolado
pessoalmente ou por qualquer outro meio, além do previsto neste Capítulo.
3. Quando o recurso se referir ao gabarito da prova objetiva, deverá ser elaborado de forma individualizada,
ou seja 1 (um) recurso para cada questão e a decisão será tomada mediante parecer técnico da Banca
Examinadora.
3.1 - A decisão do deferimento ou indeferimento de recurso contra o gabarito e contra o resultado das
diversas etapas do Concurso Público será publicada, oficialmente, no Diário Oficial da União DOU, e
divulgada no site da Fundação VUNESP –
www.vunesp.com.br
, na página do Concurso Público.
3.1.1. Quando o recurso se referir ao resultado da solicitação de isenção da taxa de inscrição, deverão ser
observados os subitens 11.3., 11.4., 11.5., 11.6. e 11.7. do Capítulo II – DAS INSCRIÇÕES.
29
3.2. O gabarito divulgado poderá ser alterado em função da análise dos recursos interpostos e, caso haja
anulação ou alteração de gabarito, a prova será corrigida de acordo com o gabarito oficial definitivo.
3.3. No caso de recurso interposto dentro das especificações, poderá haver, eventualmente, alteração de
nota, habilitação e/ou classificação inicial obtida pelos candidatos para uma nota e/ou classificação superior
ou inferior, bem como poderá ocorrer a habilitação ou a desclassificação de candidatos.
3.4. A pontuação relativa à(s) questão(ões) anulada(s) será atribuída a todos os candidatos presentes na
prova objetiva.
4. No caso de recurso em pendência à época da realização de alguma das etapas do Concurso Público, o
candidato poderá participar condicionalmente da etapa seguinte.
5. A Banca Examinadora constitui última instância para os recursos, sendo soberana em suas decisões,
razão pela qual não caberão recursos adicionais.
6. O recurso interposto fora da forma e dos prazos estipulados neste Edital não será conhecido, bem como
não será conhecido aquele que não apresentar fundamentação e embasamento, ou aquele que não atender
às instruções constantes do “link” Recursos, na página específica do Concurso Público.
7. Não serão aceitos pedidos de revisão de recurso e/ou recurso de recurso e/ou pedido de reconsideração.
8. Somente serão considerados os recursos interpostos para a fase a que se referem e no prazo estipulado,
não sendo aceito, portanto, recursos interpostos em prazo destinado a evento diverso daquele em
andamento.
9. A interposição de recursos não obsta o regular andamento das demais fases deste Concurso Público.
10. Não haverá, em hipótese alguma, vistas de prova.
X - DO PROVIMENTO DOS CARGOS
1. A investidura em cargo público será feita sob a égide da Lei 8.112, de 11 de dezembro de 1990,
obedecendo à ordem de classificação final dos candidatos, com prévia publicação de convocação no “Diário
Oficial da União”.
1.1. A posse ocorrerá no prazo de até 30 (trinta) dias contados a partir da data da publicação do ato de
nomeação no Diário Oficial da União, tornando-se sem efeito essa se não ocorrer no prazo previsto.
1.2. O candidato terá o prazo de a15 (quinze) dias, contados da data da posse para entrar em efetivo
exercício.
2. O candidato nomeado será submetido ao exame médico admissional (físico e mental), de caráter
eliminatório, que o comprove apto para o cargo.
2.1. Para exame médico admissional, o candidato nomeado deverá apresentar os seguintes exames:
a) Sangue (hemograma completo, plaquetas, glicose de jejum, sorologia para lues - VDRL, tipo
sanguíneo e fator RH, colesterol total, reações do colesterol HDL e LDL, triglicerídeo e ácido úrico)
b) Urina
c) Fezes (parasitológico)
d) Cópia da Carteira de Vacinação
2.1.1. Os exames apresentados devem ter sido realizados a menos de 90 (noventa) dias da data da
apresentação para posse.
2.1.2. O candidato deverá providenciar, às suas expensas, os exames laboratoriais e complementares
necessários.
2.2. Não será empossado o candidato considerado inapto nos exames médicos.
3. Por ocasião da nomeação deverão ser entregues 2 fotos 3X4 (colorida e atual), e pia simples dos
seguintes documentos, acompanhados dos originais, como condição para sua posse, entre outros:
a) Carteira oficial de identidade;
b) Cadastro de Pessoas Físicas – CPF;
c) Título de eleitor com comprovante da última votação ou comprovante de quitação com as obrigações
eleitorais;
d) Certificado de reservista, de dispensa de incorporação, ou outro documento de quitação com o serviço
militar, se candidato do sexo masculino;
e) Certidão de casamento, com as devidas averbações, se for o caso;
f) Comprovação dos requisitos exigidos para a posse;
g Inscrição no Conselho Regional (para os cargos que o exijam);
h) Certidão de nascimento dos dependentes (ou outro documento que comprove dependência);
j) Número de inscrição no PIS ou no PASEP, caso seja participante;
k) Declaração de Imposto de Renda ou comprovante de regularidade do CPF para isentos;
l) Comprovante de residência;
m) outros documentos que a Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP julgar necessários.
3.1. O candidato deverá ter, na data da posse, os requisitos exigidos para o cargo previstos na inscrição.
30
3.2. A Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP, no momento do recebimento dos documentos para a
nomeação, afixará 1 (uma) fotografia (3x4 cm) do candidato no Cartão de Autenticação Digital - CAD, e, na
sequência, coletará a impressão digital no Cartão, para confirmação da digital e/ou assinatura, coletados no
dia da realização da(s) prova(s).
4. Serão eliminados do Concurso os candidatos classificados que:
- não comparecerem às convocações para a posse;
- não comparecerem ao exame médico;
- não forem considerados aptos física e mentalmente para o exercício das atividades do cargo.
- não cumprir, integralmente, os requisitos previstos no item 3. deste Capítulo.
5. Os candidatos nomeados serão lotados em quaisquer dos campi da Universidade Federal de São Paulo -
UNIFESP em que haja disponibilidade de vagas e no interesse da administração.
6. No caso de desistência formal da nomeação, prosseguir-se-á à nomeação dos demais candidatos
aprovados, observada a ordem classificatória para o respectivo cargo.
7. Os candidatos nomeados comporão o quadro efetivo da Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP e
estarão vinculados ao Regime Jurídico Único RJU, da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990 devendo
cumprir