Administração Abordagens da Administração Abordagens Clássicas da Administração

Frederick M. Taylor concluiu que os executores de tarefas não tinham experiência e conhecimento para planejá-las a fim de tornar o rendimento do trabalho o maior possível. Para preencher essa lacuna surgem os analistas de sistemas, capazes de planejar e delinear as atividades de produção e escritório. Suas características principais são independência em relação à linha de comando, atuação em todos os níveis hierárquicos e áreas de atividades da empresa e, o que é importante, o fato de ocuparem uma parte da organização que lhes é própria, a tecnoestrutura. Sua principal ação consiste em padronizar atividades, produtos e serviços. Com o fim de concretizar o que fazem, pode-se dividir o objeto de atuação dos analistas de sistemas em três áreas:

- planejamento do produto, programação e controle da qualidade;

- tempos e movimentos; 

- recrutamento, seleção e treinamento de pessoal.

As funções dessas três áreas são padronizar, respectivamente:

  • A.

    as habilidades dos executores; os processos de trabalho e as habilidades dos executores.

  • B.

    os processos de trabalho em si; as saídas dos processos e as habilidades dos executores.

  • C.

    as habilidades dos executores; os processos de trabalho e as saídas dos processos.

  • D.

    as saídas dos processos; os processos de trabalho em si e as habilidades dos executores.

  • E.

    as saídas dos processos; as habilidades dos executores e os processos de trabalho.