Administração Administração Contábil

NÃO é um indicador de possível tendenciosidade da Administração, com relação a estimativas contábeis:
  • A. mudanças em estimativa contábil ou no método de elaboração da demonstração contábil, quando a Administração fez uma avaliação subjetiva de que houve mudança nas circunstâncias.
  • B. utilização das premissas da própria entidade para estimativas contábeis do valor justo, quando eles são inconsistentes com premissas do mercado observáveis.
  • C. seleção ou elaboração de premissas significativas que produzem uma estimativa pontual favorável para os objetivos da Administração.
  • D. dimensionamento da provisão para contingências tributárias fundamentada na posição de probabilidade de sucesso dos processos apresentada pelos advo gados da empresa.
  • E. seleção de estimativa pontual, que pode indicar um padrão de otimismo ou pessimismo.