Administração Administração de Recursos Materiais e Patrimoniais Administração de Estoques

No planejamento e controle da produção tem-se a abordagem usual MRP (Planejamento dos Recursos de Manufatura) e abordagens mais recentes como o JIT (Just in Time ). Como principais características do MRP e do JIT temos, por exemplo, que o MRP é tal que:
  • A. utiliza ordens de produção derivadas do programa-mestre como unidade de controle, enquanto que no JIT o fluxo entre cada estágio do processo de manufatura é “puxado” pela demanda do estágio posterior.
  • B. os conceitos de planejamento e controle são apenas uma parte de uma filosofia de produção mais ampla, enquanto que o JIT necessita um longo tempo para atualizar os registros, requerendo uma atualização completa a cada transação.
  • C. as taxas de produção são fundamentais para seu embasamento, ao invés de volume produzido, enquanto que o JIT assume um ambiente de produção fixo, utilizando lead times fixos para calcular quando os materiais devem chegar ao próximo centro de trabalho.
  • D. as decisões de planejamento e controle são relativamente descentralizadas, não necessitando de um sistema de informação computadorizado, enquanto que o JIT é altamente dependente da acuidade dos dados derivados das listas de materiais e registros de estoque.
  • E. o controle do fluxo entre estágios é conseguido pela utilização de cartões simples, fichas ou quadrados vazios, os quais disparam a movimentação e a produção dos materiais, enquanto que o JIT normalmente requer uma organização complexa, centralizada e computadorizada, para suportar sistemas.