Administração Administração de Projetos Estrutura de Gerenciamento

Considerando as utilidades e características de um histograma na avaliação de um processo, é correto afirmar que:

  • A.

    define o tipo de distribuição, fornece o percentual de não conformidades. A largura dos retângulos é o que define a frequência. A altura desses retângulos atinge valor máximo em torno da média.

  • B.

    fornece o tipo de distribuição, estima a centralização, indica se a especificação está sendo atendida. A largura dos retângulos define a quantidade de classes. A altura desses retângulos refere-se à quantidade de itens dentro da faixa estabelecida pela largura deles.

  • C.

    contribui para avaliar se a distribuição tende a uma normal (distribuição de Gauss), indicar existência de não conformidades e descentralizações. A largura dos retângulos que definem as classes não pode ser muito estreita para não perder a característica de histograma . A altura desses retângulos refere-se à frequência.

  • D.

    contribui para avaliar o tipo de distribuição, centralização, indicar existência de não conformidades. Quando a largura dos retângulos que definem as classes tende a zero, o histograma tende a uma distribuição bem delineada. A altura desses retângulos refere-se à frequência.

  • E.

    é uma das ferramentas básicas da qualidade usada para avaliar se os dados tendem a uma distribuição normal (distribuição de Gauss), se estão centralizados e indicar se há não conformidades. Quando os retângulos que formam o histograma estão mais altos em outras regiões que não o centro, é preciso usar ferramentas e cálculos mais informativos. A altura desses retângulos refere-se à quantidade de dados.