Administração Gestão de Pessoas Gestão de Equipes

Certa vez, Sherlock Holmes solucionou um mistério sem se basear no que havia acontecido, mas com base no que não havia acontecido. Holmes comentou com seu assistente, Dr. Watson, sobre "o curioso incidente do cachorro durante a noite". Watson, surpreso, respondeu: "mas o cachorro não fez nada durante a noite.". Holmes replicou: "é exatamente este o incidente curioso". Holmes concluiu que o assassino deveria ser alguém com quem o cachorro estava familiarizado e, por isso, o cão de guarda não latiu. O cachorro que não latiu na noite do crime é frequentemente utilizado como metáfora de um evento que é significativo pela sua ausência, e ilustra a importância do silêncio na comunicação, sobre o qual é INCORRETO afirmar que

  • A.

    ao ser despercebido em uma conversa, perde-se uma parte vital da mensagem.

  • B.

    é um elemento crítico do pensamento grupal, que implica discordância com a maioria.

  • C.

    é um elemento crucial na tomada de decisões em grupo, pois permite que as pessoas ouçam aquilo que os demais estão dizendo e ponderem a respeito.

  • D.

    é uma ferramenta poderosa utilizada pelos gerentes para sinalizar seu descontentamento, evitando ou ignorando o funcionário com um "gelo".

  • E.

    pode ser uma forma de os funcionários expressarem sua insatisfação, ou o sinal de que alguém está aborrecido.