Administração Processo Administrativo / Funções Administrativas Organização

Quando as grandes organizações começaram a enfrentar as dificuldades apontadas para a estrutura com base em função, quer em virtude das mudanças de seu ambiente, quer em decorrência da alta diversificação adotada, procedeu-se à divisão da estrutura em unidades orgânicas de maior flexibilidade operacional, traduzindo-se na adoção de uma estrutura divisional ou divisionária, em que atividades díspares, mas vinculadas a um objetivo final específico, são agrupadas em uma mesma unidade organizacional. Uma estrutura divisionária apresenta:
  • A. baixo custo devido à unificação de órgãos, aumentando a margem de lucro.
  • B. sacrifica a especialização funcional e as economias de escala, pela diferenciação de produtos.
  • C. redução da capacidade de pessoal e do conhecimento especializado, dificultando a inovação.
  • D. rigidez com estruturas fixas, pois uma mudança interferiria na estrutura geral da organização.
  • E. maior dificuldade no processo de coordenação, em função do produto, pois o negócio é visto por partes.