Administração Pública Gestão da qualidade e as novas tecnologias gerenciais

O chamado Modelo de Excelência em Gestão Pública deve estar alicerçado em fundamentos próprios da gestão de excelência contemporânea e condicionado aos princípios constitucionais da Administração Pública. Orientado por esses princípios constitucionais, integra a base de sustentação desse modelo:

  • A.

    o pensamento sistêmico, consistente no entendimento das relações de interdependência entre os diversos componentes de uma organização, bem como entre a organização e o ambiente externo, com foco na sociedade.

  • B.

    a autonomia dos órgãos públicos, tendo como objetivo precípuo gerar resultados para o interesse público secundário.

  • C.

    o controle social restrito, a fim de conferir maior eficiência aos projetos públicos e afastando suas características burocráticas como limites de competitividade.

  • D.

    a gestão não participativa, cujo estilo determina atitude gerencial mais independente e voltada a decisões mais céleres por parte do administrador.

  • E.

    a cultura da conservação de ideias, restringindo - se a experimentação e implementação de experiências gerenciais diferenciadas.