Fundamenta-se nos princípios da confiança e da descentralização da decisão, exigência de formas flexíveis de gestão, horizontalização de estruturas, descentralização de funções, incentivos à criatividade, avaliação sistêmica e principalmente recompensa por desempenho, ou resultados. São características deste paradigma de gestão pública

  • A.

    patrimonialista

  • B.

    matricial.

  • C.

    pós-burocrático.

  • D.

    burocrático.

  • E.

    Ad hocrático.