O modelo de excelência em gestão da Fundação Nacional da Qualidade − FNQ, aplicável, com adaptações, à Administração pública, consiste na representação de um sistema gerencial constituído por diversos fundamentos e critérios, entre os quais se inclui
  • A. liderança, geração de valor e visão de futuro.
  • B. aprendizado organizacional, cultura da inovação e flexibilidade de propósitos.
  • C. alocação otimizada de pessoal, redução de custos e gerenciamento de riscos.
  • D. mapeamento de competências, meritocracia e remuneração por resultados.
  • E. enxugamento de custos, adoção de benchmarking do setor privado e mobilidade funcional.