Os programas pautados na Gestão da Qualidade Total desenvolvidos nas empresas possuem um forte componente ideológico de adesão do trabalhador às metas das empresas. Caracterizam-se, neste sentido, por articular:
  • A. Garantia da autonomia no processo de trabalho e qualificação técnica dos trabalhadores;
  • B. Fomento à participação dos trabalhadores e satisfação das necessidades dos clientes;
  • C. Democratização das relações de trabalho e qualificação técnica dos trabalhadores;
  • D. Fomento à participação dos trabalhadores e gestão democrática do ritmo da produção;
  • E. Democratização das relações de trabalho e satisfação das necessidades dos clientes.