Os sistemas de controle interno e de controle externo da administração pública federal se caracterizam por:
  • A. constituírem um mecanismo de retroalimentação de uso obrigatório pelos sistemas de Planejamento e Orçamento.
  • B. no caso do controle interno, integrar o Poder Executivo; no caso do controle externo, integrar o Poder Judiciário.
  • C. serem instâncias julgadoras das contas prestadas por gestores e demais responsáveis pelo uso de recursos públicos.
  • D. não poderem atuar ou se manifestar no caso de transferências voluntárias da União aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios.
  • E. serem autônomos entre si, não havendo subordinação hierárquica entre um e outro.