Administração Gestão de Pessoas Treinamento e Desenvolvimento

Ana Mara é diretora de Recursos Humanos da empresa XZY com filiais nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal. Como em toda empresa, na XZY também existem problemas: alta rotatividade de funcionários, muitas reclamações sobre os estilos de gerenciamento das pessoas, falta de oportunidade de crescimento profissional, não valorização da criatividade e muitos outros. Mediante esse quadro, Ana Mara optou por investir, de imediato, na formação de líderes. Adotou um curso de desenvolvimento gerencial composto de cinco módulos e, nestes, foram utilizadas várias estratégias lúdicas (jogos, simulações, RPG, Psicodrama, estudos de caso, danças circulares entre outras). Ana Mara sabe que é necessário continuar com o processo de desenvolvimento gerencial além de investir também no desenvolvimento de colaboradores de outros níveis. Para tanto, a empresa deverá promover ações de treinamento e desenvolvimento voltadas à melhoria das competências técnicas e comportamentais de seus colaboradores, com vistas a melhorar sua atuação nos novos mercados. Para garantir a eficiência e eficácia deste processo, a área de treinamento deverá

  • A.

    elaborar, implementar e avaliar programas de treinamento, apoiados em estratégias lúdicas adequadas, que contemplem os objetivos estrategicamente defi nidos pela organização.

  • B.

    efetuar o levantamento das necessidades de treinamento considerando somente os objetivos organiza cionais e pessoais dos colaboradores.

  • C.

    efetuar o levantamento das necessidades de treinamento considerando os objetivos organizacionais e definindo as competências a serem adquiridas pelo colaborador para sua vida profissional e principal mente pessoal.

  • D.

    elaborar um programa de treinamento que contenha o momento da crise mercadológica e a análise dos lucros escolhendo como estratégia a ser utilizada o psicodrama.

  • E.

    realizar uma avaliação do treinamento aplicando danças circulares e RPG para mensurar as competências técnicas e comportamentais dos treinados.