Dada a limitação de recursos da economia, as decisões a respeito de bens públicos e bens privados não são independentes. A decisão de produzir uma quantidade de bens públicos implica uma transferência de recursos reais do setor privado para o setor público, podendo provocar aumento nos preços dos bens privados de sorte a modificar as avaliações individuais a respeito do sacrifício representado pela substituição de uma parcela dos bens privados por públicos em sua estrutura de consumo. Isso significa que a curva de demanda desloca-se, deslocando, portanto, o próprio nível de produção. O modelo que procura corrigir essa deficiência, inserindo a análise de produção de bens públicos numa análise de equilíbrio geral, é o modelo de:
  • A. Peacock;
  • B. Pareto;
  • C. Musgrave;
  • D. Wicksell;
  • E. Samuelson.