Administração

Márcia, gerente de uma empresa de cosméticos, fez críticas à sua empresa mostrando que esta funcionava como uma máquina, que o trabalho obedecia a um ritmo padrão na busca de maior rendimento e que a existência de uma superespecialização dos empregados tinha como objetivo a eficiência da organização. Tais críticas foram capazes de identificar esta empresa como representante da Teoria:

  • A.

    da Administração Científica.

  • B.

    da Contingência.

  • C.

    da Burocracia.

  • D.

    das Relações Humanas.

  • E.

    do Comportamento Organizacional.