A pesquisa-ação é um tipo de estudo concebido e realizado em estreita associação com uma ação ou com a resolução de um problema coletivo numa organização, sendo necessário haver um concreto compromisso de resolvê-lo de modo efetivo e participativo. Sob o ponto de vista metodológico, a pesquisa-ação:

  • A.

    é menos exigente e requer menor rigor científico do que a pesquisa convencional.

  • B.

    caracteriza-se como uma abordagem cujo objetivo é o de conseguir informações completas, sistemáticas e detalhadas a respeito de um caso de interesse.

  • C.

    faz o acompanhamento de resultados gerados por outros métodos, para avaliar se eles foram bem ou mal-sucedidos.

  • D.

    agrega várias técnicas de pesquisa aplicadas nas organizações, abrangendo as áreas de gestão, política, economia, sociologia e direito.

  • E.

    é um tipo específico de pesquisa participante e de pesquisa aplicada, que supõe intervenção na realidade social, para modificá-la.