Uma empresa do setor de peças automotivas de pequeno porte está se estruturando para estabelecer uma parceria com algumas montadoras de automóveis. Embora os diretores executivos da empresa saibam que não existe uma única estrutura ideal que seja adequada a cada tipo de organização, eles optaram por estabelecer uma estrutura funcional.

A opção por esse tipo de estrutura deve-se às suas características que são:

  • A. a organização se divide segundo diferentes funções — produção, finanças, recursos humanos, marketing, etc. —, e todos os níveis de execução se subordinam funcionalmente aos seus correspondentes níveis de comando funcional.
  • B. os recursos necessários para levar ao objetivo de cada projeto, em sua totalidade, são separados, formando- se unidades independentes, cada uma dirigida por um gerente, a quem é conferida plena autoridade sobre o projeto, podendo servir-se dos recursos materiais e humanos existentes ou adquiridos fora da organização.
  • C. as decisões são centralizadas, com todos os órgãos estruturados sob uma única linha de subordinação, apresentando linhas formais de comunicação, geralmente com fluxo descendente, e cada unidade de trabalho executando tarefas específicas e bem definidas.
  • D. as unidades contam com uma unidade especial, que é independente em sua atuação e com liberdade de opinião, servindo de apoio ou assessoria para a tomada de decisão do corpo diretor da organização.
  • E. a organização é multidimensional, procurando maximizar as virtudes e minimizar os defeitos das estruturas rígidas, e os órgãos permanentes (funcionais) atuam como prestadores de serviços nos projetos, que apresentam organização temporária e com maior versatilidade, possibilitando a otimização dos recursos humanos.