Em um processo de negociação, é frequente o uso da argumentação por parte dos envolvidos para obter vantagens ou minimizar as desvantagens no acordo. Essa argumentação se pauta em dois tipos de argumentos, que são:
  • A. relacionais e substantivos;
  • B. humanos e financeiros;
  • C. abstratos e concretos;
  • D. abstratos e financeiros;
  • E. humanos e substantivos.