Considerando as auditorias como instrumento de controle de qualidade, na área da enfermagem, o enfermeiro recorre
  • A. à auditoria de estrutura para estabelecer a existência de uma relação entre atendimento de qualidade e estrutura adequada, como a análise do aporte de recursos e o ambiente em que é prestado o atendimento.
  • B. à auditoria de processo que é indicada para determinar os resultados ocorridos, como as alterações da condição de saúde do servidor em consequência das intervenções de enfermagem.
  • C. à auditoria de resultado que é indicada para medir o modo de oferecer o atendimento, verificando como a assistência foi prestada.
  • D. ao gerenciamento da qualidade total que pressupõe foco no indivíduo e para evitar novas situações de emergência, a auditoria deverá recomendar a redução, para seis meses, no intervalo de realização dos exames periódicos de todos os trabalhadores.
  • E. à ferramenta de auferabilidade como o uso de indicadores, aplicados na dimensão, exclusivamente, quantitativa do processo de trabalho, pois não são empregados na dimensão qualitativa.