A intensidade da concorrência em uma indústria não é uma questão de coincidência ou de má sorte. Ao contrário, a concorrência em uma indústria tem raízes em sua estrutura econômica básica e vai além do comportamento dos atuais concorrentes. De acordo com Porter, o grau de concorrência em uma indústria depende
  • A. apenas da capacidade financeira.
  • B. somente da sofisticação tecnológica.
  • C. do conjunto das forças competitivas.
  • D. da reputação dos produtos no mercado.
  • E. significativamente do poder de negociação dos compradores.