Alexandre Freitas em Traços brasileiros para uma análise organizacional trabalha com cinco traços da cultura brasileira. São eles: a) hierarquia; b) personalismo; c) malandragem; d) sensualismo; e e) aventureiro. Sobre as características-chave desses traços, pode-se afirmar que:

I – hierarquia: a) tendência à centralização do poder dentro dos grupos sociais; e b) passividade e aceitação dos grupos inferiores.

II – sensualismo: gosto pelo sensual e pelo exótico nas relações sociais.

III – aventureiro: a) mais sonhador do que disciplinado; e b) tendência à aversão ao trabalho manual ou metódico.

As afirmativas corretas são:

  • A. somente I e II.
  • B. somente I e III.
  • C. somente II e III.
  • D. I, II e III.
  • E. somente I.