Humberto Martins em A ética do patrimonialismo e a modernização da administração pública brasileira afirma que: ¨a trajetória da modernização da administração pública brasileira indica a existência do etos patrimonialista como uma força social dinâmica deste processo”. Sobre o patrimonialismo, pode-se afirmar que:

I – no patrimonialismo se confunde o que é público e o que é privado.

II – é a cultura de apropriação daquilo que é público pelo privado.

III – Weber definiu patrimonialismo para mostrar o domínio privado de governantes e funcionários sobre o governo mediante a não separação entre o tesouro do Estado e de seu monarca ou de seu grupo funcional.

As alternativas corretas são:

  • A. somente I e II.
  • B. somente II e III.
  • C. somente I e III.
  • D. I, II e III.
  • E. somente I.