Ao ingressar em uma determinada empresa o Analista − Administrador se depara com um conjunto de premissas e crenças que permeiam todos os escalões hierárquicos, perceptíveis tanto nas situações cotidianas como no enfrentamento de crise, porém que não estavam evidenciados nas políticas e diretrizes explicitadas pela empresa. Pode-se concluir, corretamente, que esses aspectos
  • A. não dizem respeito à cultura organizacional, pois são aspectos informais ou fechados e a cultura organizacional corresponde a aspectos formais e abertos.
  • B. fazem parte da cultura organizacional e estão presentes em seu nível mais profundo, correspondente aos pressupostos básicos.
  • C. constituem os denominados artefatos observáveis, que correspondem a uma das camadas da cultura organizacional.
  • D. não podem ser considerados um fenômeno institucional, pois são de natureza psicológica, sendo por vezes denominados de contracultura.
  • E. são afetos ao denominado clima organizacional e, dado o seu caráter profundo, tendem a se tornar perenes.