Simplificadamente, o balanço hídrico permite contabilizar a quantidade de água no solo disponível às plantas, além de indicar períodos secos ou muito úmidos. Para efetuar o balanço hídrico, é necessário calcular a diferença entre:

  • A.

    a quantidade de chuva e/ou irrigação como entrada de água e a evaporação como saída de água;

  • B.

    a quantidade de chuva e/ou irrigação como entrada de água e a evapotranspiracão potencial como saída de água;

  • C.

    a quantidade de chuva e/ou irrigação como entrada de água e o coeficiente da cultura (Kc) como saída de água;

  • D.

    a quantidade de chuva contabilizada no pluviômetro e a evaporação do tanque classe "A";

  • E.

    a quantidade de chuva e/ou irrigação como entrada de água e a transpiração de um cultura.