Em uma lavoura de 100 ha de tomate destinado ao consumo in natura, em fase de produção, cultivada em clima ameno e em solo de média fertilidade, tem-se verificado a ocorrência de plantas com folíolos arroxeados; folhas minadas; frutos com sintomas de podridão, de cor escura no pedúnculo e no ápice, e com pintas semelhantes ao “olho de passarinho”; caule com talo oco e inflorescências com nítida queda de botões florais.

 A partir dessa situação, julgue os itens seguintes acerca do controle das referidas anormalidades.

O talo oco no caule do tomateiro tem como causa primária, provavelmente, a ocorrência de pragas, especialmente larvas de brocas que perfuram os caules, causando o ocamento, devendo o controle ser efetuado imediatamente com o manejo integrado de pragas, incluindo o uso de inseticidas sistêmicos.

  • C. Certo
  • E. Errado