Atualmente, é notória a evolução do controle biológico. A atuação desse procedimento é a aplicação de micro‐organismos vivos, que infectam e destroem os insetos‐praga. Dessa forma, estão disponíveis inseticidas cujo princípio ativo é a bactéria Bacillus thuringiensis. São consideradas vantagens do controle biológico, EXCETO:
  • A. Devido à especificidade, o alvo é uma praga específica ou um grupo de pragas.
  • B. Não ocasiona desequilíbrios biológicos; contrariamente, tende a restabelecer o equilíbrio.
  • C. Não deixa resíduos tóxicos no ambiente, não ocasiona malefícios ao homem, às plantas e aos animais.
  • D. O controle biológico a curto prazo é barato e não atua sobre os fitopatógenos de solo como Stemphylium sp.