Seguem ações para realização de uma amostragem de solo para análise química:

1 – Retire cerca de 300g de solo do balde e transfira para saco de plástico limpo.

2 – Percorra a área em zigue-zague, retire vegetação superficial do local da tradagem e introduza o trado de até a marca de 20 cm.

3 – Divida a propriedade em glebas. (A gleba deve ser uma área homogênea, apresentar um mesmo tipo de solo, topografia e vegetação.)

4 – Quebre os torrões de terra dentro do balde, retire pedras, gravetos ou outros resíduos e misture muito bem.

5 – Retire do trado com amostra simples de 0 – 20 cm.

6 – Escolha da gleba para amostragem.

7 – Se a terra estiver muito úmida, deixe a amostra secar ao ar.

8 – Identifique a amostra de solo com o nome, propriedade, gleba amostrada e data.

9 – Transfira todas as amostras simples dos pontos escolhidos para um balde ou recipiente limpo, que formará a amostra composta.

10 – Raspe a terra da lateral do trado, aproveitando apenas a porção central e transfira a terra do trado para um balde ou outro recipiente limpo.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de procedimentos:

  • A.

    1 – 2 – 3 – 4 – 5 – 6 – 7 – 8 – 9 – 10

  • B.

    3 – 6 – 2 – 5 – 10 – 9 – 4 – 7 – 1 – 8

  • C.

    3 – 6 – 10 – 5 – 2 – 7 – 1 – 4 – 8 – 9

  • D.

    3 – 6 – 2 – 5 – 10 – 4 – 7 – 1 – 9 – 8

  • E.

    3 – 6 – 10 – 5 – 2 – 7 – 4 – 1 – 9 – 8