Com relação à febre aftosa, o Estado do Ceará está classificado como:

  • A.

    Alto risco.

  • B.

    Risco desconhecido.

  • C.

    Médio risco.

  • D.

    Zona livre.