Em condições onde há ocorrência de ventos fortes, a aplicação de defensivos, se for realizada, deve ser precedida de maiores cuidados para se evitar o fenômeno da deriva, que consiste no arrastamento das partículas produzidas durante a aplicação, para longe da área onde estas deveriam se depositar. A deriva é uma ocorrência a ser evitada com a aplicação de qualquer defensivo, porém é ainda mais crítica na aplicação de herbicidas. É bastante comum a ocorrência de disputas legais, devido aos prejuízos causados pela deriva de herbicidas, que irão prejudicar as culturas sensíveis, muito longe do local de aplicação.

De uma maneira geral, aconselha-se a aplicação de defensivos nas horas de maior calma ambiental, que normalmente são notadas nas primeiras horas da:
  • A.

    manhã, ou no final do dia;

  • B.

    tarde e na noite;

  • C.

    madrugada e na tarde;

  • D.

    manhã e ao meio dia;

  • E.

    manhã e na noite.