No manejo agrossilvopastoril, a organização e operação das atividades agrícolas, assim como o seu planejamento e desenvolvimento, deve ser feito de maneira criteriosa, tendo em vista o cumprimento das várias etapas do processo. Acerca do manejo agrossilvopastoril, julgue os itens de 69 a 71.

Os pequenos produtores, especialmente do Norte e Nordeste do Brasil, devem iniciar o manejo agrossilvopastoril com a semeadura de espécies de ciclo curto, como milho, arroz e feijão, que servem como produtos de subsistência. Simultaneamente, o produtor deve plantar fruteiras perenes como pupunha, açaí, graviola, entre outras, que iniciarão a produzir comercialmente no terceiro ano. Em seguida, deverão ser plantadas espécies de ciclo longo, geralmente espécies florestais, podendo ser madeireiras, que deverão iniciar sua produção com aproximadamente 15 anos. Completando o sistema com animais, o produtor poderá introduzir animais silvestres, como paca, tamanduá, tatu e cutia.

  • C. Certo
  • E. Errado