A irrigação e a drenagem são técnicas antigas que permitiram a implantação de cultivos em regiões de comportamento climático adverso à produção agrícola. Atualmente, com a evolução da hidráulica, das técnicas de interpretações climáticas e com o conhecimento de parâmetros físicos do solo e da água, a irrigação e a drenagem vêm experimentando avanços fantásticos, o que permite a incorporação de grandes áreas ao cultivo agrícola. No entanto, essa evolução pode causar problemas de depauperamento do solo e da água, se cuidados especiais de manejo não forem observados. Com referência a esse tema, responda às questões de 25 a 27.

Os sistemas de irrigação por aspersão adaptam-se a várias condições climáticas, edáficas e culturais. No entanto, esse tipo de irrigação deve ser evitado em

I regiões de clima ameno, ventos fracos e elevada umidade relativa do ar.

II solos argilosos e de baixa capacidade de infiltração.

III culturas de porte baixo.

IV regiões de ventos fortes e constantes e de baixa umidade relativa do ar.

Estão certos apenas os itens

  • A.

    I e II.

  • B.

    I e III.

  • C.

    II e III.

  • D.

    II e IV.

  • E.

    III e IV.