O nitrogênio é um dos nutrientes que mais limitam a agricultura no cerrado. As condições de temperatura e de umidade predominantes no cerrado aceleram os processos de decomposição da matéria orgânica e de perdas de nitrogênio, o que resulta em solos com baixos teores desse nutriente. A respeito da fixação biológica de nitrogênio, assinale a opção incorreta.

  • A.

    O processo de fixação biológica do nitrogênio consiste na conversão do N2 atmosférico em NH3, em reação catalizada pela enzima nitrogenase, que ocorre em todos os organismos fixadores de nitrogênio.

  • B.

    Depois da conversão do N2 atmosférico em amônia, esta é incorporada em compostos de carbono e transportada dos nódulos para a parte aérea das plantas, onde é utilizada na síntese de proteínas e outros compostos nitrogenados essenciais ao metabolismo da planta.

  • C.

    Na simbiose entre leguminosas e bactérias dos gêneros Rhizobium e Bradyrhizobium, a reação da fixação biológica do nitrogênio ocorre no interior dos nódulos, onde a nitrogenase é protegida contra o excesso de nitrogênio.

  • D.

    A formação de nódulos é iniciada a partir de um processo complexo de troca de sinais entre a leguminosa hospedeira e o rizóbio, sendo essa troca realizada pela liberação de compostos fenólicos para o solo, os quais atraem o rizóbio para a superfície da raiz.

  • E.

    A troca de sinais moleculares que ocorre entre a planta e a bactéria desencadeia uma série de processos que resulta na penetração do rizóbio específico na raiz da planta. Nas plantas de soja e de feijão, as bactérias penetram exclusivamente através de rupturas nas raízes.