espécies nativas) e florestamentos (com plantios de espécies exóticas) pode ser feito mediante preparo intensivo ou preparo reduzido (cultivo mínimo) do solo. Acerca dos sistemas de preparo do solo, para a implantação de espécies florestais, assinale a opção incorreta.

  • A.

    Protegido pelos resíduos, no sistema de cultivo mínimo, o solo fica menos suscetível à erosão e à compactação superficial, por sofrer menor impacto direto das chuvas sobre os agregados do solo e por receber menor pressão das rodas dos equipamentos florestais, sobretudo daqueles usados no corte e baldeio da madeira.

  • B.

    No cultivo mínimo, o banco de sementes de plantas daninhas fica menos exposto à luz e, dessa forma, menos estimulado a germinar e as plântulas a crescer. Os resíduos podem também favorecer o dessecamento das sementes que, eventualmente, entram na área e são depositadas sobre os resíduos.

  • C.

    Com vistas à exploração da floresta para fins de produção de madeira, recomenda-se que a profundidade efetiva mínima seja igual ou superior a 0,50 m em áreas de boa drenagem e igual ou superior a 1,00 m em áreas de drenagem deficiente.

  • D.

    O crescimento inicial de povoamentos florestais estabelecidos mediante o método de cultivo mínimo do solo, geralmente, é mais rápido e homogêneo do que o daqueles instalados pelo método de cultivo intensivo do solo.

  • E.

    As áreas submetidas ao cultivo mínimo apresentam maior risco de incêndios florestais; maior incidência de doenças e pragas nos estágios iniciais de crescimento das árvores; maior dificuldade na localização e controle de formigas; maior risco de ocorrência de geadas; maior prejuízo de desenvolvimento radicular, se houver impedimentos físicos e químicos no solo não previamente corrigidos, e maior dificuldade de realização dos tratos culturais em função da presença de resíduos.