A antropóloga Dominique Gallois estabelece uma distinção entre o conceito jurídico de Terra Indígena e a compreensão antropológica da territorialidade concebida e praticada por diferentes grupos indígenas. Um de seus argumentos inspira-se em:
  • A. autores do campo da Geografia que privilegiam no conceito de território as práticas sociais que regulam o uso do espaço.
  • B. teorias da Antropologia evolucionista que consideram que o conceito de Terra Indígena representa um estágio superior ao conceito de territorialidade.
  • C. antropólogos que pregam o relativismo cultural e consideram o conceito jurídico de Terra Indígena inaplicável em casos concretos.
  • D. Teorias do Direito luso brasileiro do século XVIII que sistematizaram a distinção conceitual entre Terra e Territorialidade.
  • E. Teorias da Antropologia Física que compreendem que o conceito de Terra só pode ser compreendido à luz das Ciências Naturais e que, portanto, não pode ser confundido com o conceito de territorialidade.