Os antropólogos vêm observando basicamente duas situações no que tange a alternativas e oportunidades econômicas para os povos indígenas, decorrentes do padrão de territorialidade: povos que desfrutam de territórios extensos e contínuos, nos quais podem reproduzir formas tradicionais e neo-tradicionais de ocupação; e povos que vivem em situação de confinamento ou descontinuidade territorial, o que os obriga à exploração intensiva dos recursos naturais e à venda da força de trabalho. Estas duas situações correspondem respectivamente ao seguinte:
  • A. No primeiro caso estão as regiões Norte (Amazônia Legal) e Nordeste, enquanto que no Segundo caso estão as regiões Centro-Oeste, Leste e Sul do país.
  • B. No primeiro caso estão as regiões Centro-Oeste e Norte (Amazônia Legal), enquanto que no segundo caso estão as regiões Nordeste, Leste e Sul do país.
  • C. No primeiro caso estão as regiões Centro-Oeste e Leste, enquanto que no segundo caso estão as regiões Norte (Amazônia Legal), Nordeste e Sul do país.
  • D. No primeiro caso está a região Centro-Oeste, enquanto que no segundo caso estão as regiões Norte (Amazônia Legal), Nordeste, Leste e Sul do país.
  • E. No primeiro caso está exclusivamente o Parque do Xingu na região Centro-Oeste, enquanto que no segundo caso estão as regiões Norte (Amazônia Legal), Nordeste, Leste e Sul do país.