O estudo arqueológico de padrões de subsistência baseia- se em métodos interdisciplinares, relacionados à interação de campos de estudo como a zooarqueologia, a tafonomia, a paleo-botânica e a antropologia biológica. Entre as opções abaixo, marque aquela que descreve incorretamente métodos associados à reconstrução de padrões de consumo a partir do estudo de evidências arqueológicas.

  • A.

    Análise dos padrões de composição, alteração e fratura de conjuntos arqueofaunísticos.

  • B.

    Concentração de isótopos de C18 e C16 no colágeno ósseo humano.

  • C.

    Identificação (NRI) e quantificação (NMI) de restos arqueofaunísticos.

  • D.

    Análise dos padrões de desgaste e patologias dentárias humanas.

  • E.

    Análise arqueométrica de resíduos vegetais aderidos a recipientes cerâmicos.