Escavação é a intervenção detalhada no registro arqueológico, que revela a distribuição tridimensional das estruturas na matriz original, permitindo o encaminhamento de análises das relações intra-sítio: núcleos de solo antropogênico são dissecados por decapagens; estratos arqueológicos são evidenciados horizontalmente em microestratigrafia; a estratificação de camadas é visualizada por meio de cortes. A melhor escavação se apoia em métodos complementares.

Na seqüência lógica dos procedimentos invasivos de campo, a escavação vem após

  • A.

    o levantamento extensivo.

  • B.

    o reconhecimento de terreno.

  • C.

    o levantamento prospectivo.

  • D.

    a prospecção intensiva.

  • E.

    o georreferenciamento e o levantamento topográfico.