Na arqueologia de campo, são considerados procedimentos NÃO invasivos:

  • A.

    o georreferenciamento do registro arqueológico e o levantamento topográfico.

  • B.

    o nivelamento, a limpeza do terreno e algumas sondagens exploratórias.

  • C.

    a retificação de barrancos para transformá-los em perfis estratigráficos.

  • D.

    coletas comprobatórias de materiais arqueológicos, depositados na superfície do terreno.

  • E.

    sondagens e pequenas decapagens de 1 m2.