Questões de Concurso de Arquitetura - Arquitetura

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão 914382

Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul - RS (DPE/RS) 2017

Cargo: Analista - Área Arquitetura / Questão 31

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

Observe abaixo desenhos e imagens do Instituto Moreira Salles − IMS (2011-17) na avenida Paulista em São Paulo, SP, projeto de escritório Andrade e Morettin Arquitetos Associados.

Em relação aos princípios e às características dessa arquitetura, constata-se que

I. o programa e o contexto urbano são dois parâmetros fundamentais para a concepção do projeto, interessando as articulações e as qualidades dos espaços internos do museu, assim como as relações entre o novo edifício e a cidade.

II. a solução encontrada foi transferir o térreo do museu - o seu principal elemento articulador - da base para o centro do edifício, vários metros acima do nível da avenida Paulista, criando uma relação nova e aberta entre o museu, a cidade e seus habitantes.

III. a espacialidade do museu é percebida sobretudo a partir dos vazios do edifício, espaços de circulação e encontro que se espalham entre volumes de programa e fachada.

IV. a pele de vidro translúcida de dupla camada que cobre a fachada confere uma qualidade de luz que carrega consigo o rastro da cidade, trazendo para o interior do museu a memória do mundo que está à sua volta.

Está correto o que se afirma em

  • A. III, apenas.
  • B. I e III, apenas.
  • C. II e IV, apenas.
  • D. I, apenas.
  • E. I, II, III e IV.

Questão 914383

Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul - RS (DPE/RS) 2017

Cargo: Analista - Área Arquitetura / Questão 32

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

Observe abaixo desenhos e imagens do Espaço Público Teatro La Lira (2003-11) em Ripoll, Girona, Espanha, projeto do escritório RCR Arquitectes, vencedor do prêmio Pritzker 2017.

Em relação aos princípios dessa arquitetura, constata-se que

  • A. o mote do projeto é a criação de espaços exteriores e interiores, mantendo a dualidade clássica entre exterior e interior.
  • B. o vazio é uma das principais matérias do projeto, quer seja em estado bruto, quer como uma escultura, semienterrado ou perfurando o chão.
  • C. RCR se dedicou em definir os objetos e seus limites para desenvolver ao máximo as possibilidades compositivas entre fundo e figura.
  • D. a intervenção consiste em uma passarela de pedestres e uma praça coberta, sem programa, definindo a circulação como principal tema do projeto.
  • E. a estrutura é a protagonista do projeto, sobretudo por permitir a cobertura da praça e sustentar as empenas laterais das edificações vizinhas.

Questão 914384

Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul - RS (DPE/RS) 2017

Cargo: Analista - Área Arquitetura / Questão 33

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

Um dos conceitos mais utilizados nas reflexões sobre arquitetura e urbanismo contemporâneos retrata toda infraestrutura, permitindo o transporte de matéria, de energia ou de informação, e que se inscreve sobre um território onde se caracteriza pela topologia dos seus pontos de acesso ou pontos terminais, seus arcos de transmissão, seus nós de bifurcação ou de comunicação. A palavra ou expressão empregada para denominar esse conceito é
  • A. Fluxo.
  • B. Rede.
  • C. Dobra.
  • D. Terrain vague.
  • E. Topografia operativa.

Questão 914387

Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul - RS (DPE/RS) 2017

Cargo: Analista - Área Arquitetura / Questão 36

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

Observe abaixo desenhos e imagens da Unidade de Queimados Hospital Vall D’Hebron (2003-06) em Barcelona, Espanha, projeto de Corea & Moran Arquitectura.

Em relação aos princípios estruturais dessa arquitetura, constata-se que

  • A. o contraventamento na direção transversal aos pórticos é dado por planos contraventados por diagonais dispostas nas próprias vigas de cobertura.
  • B. tirantes verticais nascem das vigas vierendeel da cobertura para sustentar um pavimento abaixo, deixando o espaço do térreo livre de elementos estruturais verticais.
  • C. pilares lançados na periferia do embasamento apoiam treliças, funcionando como pórticos de grande capacidade resistente.
  • D. a composição das diagonais e do banzo inferior das vigas vierendeel é análoga a uma supercomposição de cabos funiculares para as forças concentradas dos tirantes, ficando também tracionadas.
  • E. peças comprimidas têm seção menor quando comparadas às peças tracionadas, pois não sofrem o efeito da flambagem.

Questão 914392

Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul - RS (DPE/RS) 2017

Cargo: Analista - Área Arquitetura / Questão 41

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

A pressão máxima a que se pode submeter um tubo, conexão, válvula, registro ou outro disposto, quando em uso normal numa instalação hidráulica, denomina-se, pressão de
  • A. serviço.
  • B. utilização.
  • C. ruptura.
  • D. fechamento.
  • E. operação.

Questão 914394

Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul - RS (DPE/RS) 2017

Cargo: Analista - Área Arquitetura / Questão 43

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

A intervenção ergonômica na construção civil é mais difícil do que nas outras indústrias. São vários os fatores que contribuem para isto: o local de trabalho é mudado frequentemente; há grande rotatividade dos trabalhadores; muitos trabalhadores são contratados por empreiteiros terceirizados e não há um especialista em ergonomia presente na obra.

O trabalho na construção é um trabalho penoso, e requer posturas que desafiam a ergonomia, mas a intervenção ergonômica é possível na construção. As possibilidades de intervenção da ergonomia na construção, tornam-se efetivas ao gerar mudanças

I. nos materiais de trabalho.

II. nas ferramentas e equipamentos.

III. nos métodos e organização do trabalho.

IV. no treinamento e programas de exercício.

Está correto o que se afirma em

  • A. I, II e III, apenas.
  • B. I e II, apenas.
  • C. I, II, III e IV.
  • D. IV, apenas.
  • E. III, apenas.

Questão 914396

Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul - RS (DPE/RS) 2017

Cargo: Analista - Área Arquitetura / Questão 45

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

O termo utilizado para descrever uma edificação que consome, em um período mínimo, a quantidade de energia (aquecimento, ventilação) que autoproduz (ganhos solares passivos e ativos), apresentando, portanto, um balanço energético neutro, ponderado pelas condições climáticas e pela boa utilização do edifício, denomina-se
  • A. ideal térmico.
  • B. balanço térmico.
  • C. energia zero.
  • D. linha neutra.
  • E. linha incorporada.

Questão 914404

Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul - RS (DPE/RS) 2017

Cargo: Analista - Área Arquitetura / Questão 53

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

O método de avaliação que estima o valor de um bem ou de suas partes constitutivas, com base na capitalização presente de sua renda líquida, real ou prevista, tendo como aspectos fundamentais a determinação e justificativa do período de capitalização e a taxa de desconto a ser utilizada, denomina-se Método
  • A. da Linearidade e Capitalização.
  • B. Involutivo.
  • C. Evolutivo.
  • D. da Capitalização da Renda.
  • E. da Frequência Evolutiva de Renda.

Questão 914405

Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul - RS (DPE/RS) 2017

Cargo: Analista - Área Arquitetura / Questão 54

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

A vistoria é uma importante fase do processo avaliatório, que visa permitir ao profissional de avaliações conhecer da melhor maneira possível o imóvel avaliando e o contexto imobiliário a que pertence, daí resultando condições para a adequada orientação da coleta de dados. Devem ser ressaltados somente aspectos relevantes à formação do valor, tais como, caracterização

I. das expectativas de mercado.

II. do terreno do imóvel avaliando.

III. das benfeitorias.

IV. da região.

V. da precisão do método.

Está correto o que se afirma APENAS em

  • A. II, III e IV.
  • B. I, II, e V.
  • C. III, IV e V.
  • D. II e III.
  • E. I e V.

Questão 914406

Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul - RS (DPE/RS) 2017

Cargo: Analista - Área Arquitetura / Questão 55

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

A lista de aptidões necessárias e o perfil profissional para o inspetor predial desempenhar a sua função, é extensa. Como atributos técnicos indispensáveis, incluem-se a graduação em Engenharia Civil ou Arquitetura e o devido registro no órgão profissional fiscalizador, pois se trata de atividade exclusiva dos profissionais da área tecnológica. A formação técnica mínima recomenda conhecimentos e experiência nas disciplinas de:

I. Patologia das Edificações.

II. ISO 29110.

III. Ensaios Tecnológicos.

IV. Técnicas de Diagnóstico.

V. Qualidade Total.

Está correto o que se afirma em

  • A. I e V, apenas.
  • B. II, III e IV, apenas.
  • C. II, IV e V, apenas.
  • D. I, II, III, IV e V.
  • E. I, III, IV e V, apenas.