Questões de Concurso de Conforto ambiental - Arquitetura

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão 881928

Assembléia Legislativa - MS 2016

Cargo: Arquiteto / Questão 57

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

Com relação à eficiência energética em edifícios, considere:

I. Coletores solares para geração de calor para o aquecimento de água.

II. Escolha correta dos materiais de construção opacos e translúcidos em função da forma.

III. Gerenciamento dos elevadores.

Os itens I, II e III correspondem, respectivamente, a tecnologias

  • A. solares ativas, solares passivas e proativas.
  • B. solares passivas, solares ativas e proativas.
  • C. proativas, solares passivas e solares ativas.
  • D. solares ativas, solares passivas e proativas.
  • E. proativas, solares ativas e solares passivas.

Questão 881951

Assembléia Legislativa - MS 2016

Cargo: Arquiteto / Questão 65

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

Considere as ilustrações abaixo.

As figuras I, II e III representam o comportamento de três tipos de vidro utilizados na vedação de edifícios, que correspondem, respectivamente, a

  • A. transparente, absorvente de calor e refletor de calor.
  • B. transparente, refletor de calor e absorvente de calor.
  • C. absorvente de calor, refletor de calor e transparente.
  • D. refletor de calor, absorvente de calor e transparente.
  • E. refletor de calor, transparente e absorvente de calor.

Questão 881941

Assembléia Legislativa - MS 2016

Cargo: Arquiteto / Questão 72

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

Considere uma residência com as características abaixo.

  A potência ativa total dos pontos de tomada, iluminação e circuitos independentes é, em W,

  • A. 12000.
  • B. 5400.
  • C. 14900.
  • D. 13700.
  • E. 8000.

Questão 843652

Prefeitura de São Luís - MA 2017

Cargo: Técnico Municipal Nível Superior/Nível IX-A - Especialidade: Arquitetura / Questão 51

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Tendo como referência inicial o texto precedente, assinale a opção correta com relação a modulação, racionalização e temas correlatos.

  • A. A elaboração do programa de necessidades e a elaboração de fluxogramas dependem de uma correta modulação do edifício.
  • B. A modulação e a racionalização da construção têm por propósito padronizar projetos, o que é fundamental em edificações, especialmente nas públicas.
  • C. O emprego de elementos pré-fabricados é suficiente para se garantirem a modulação e a racionalização em um edifício.
  • D. A modulação aplicada a uma edificação se restringe aos elementos de revestimento e vedação.
  • E. A divisão espacial e o leiaute de ambientes, como escritórios de uma repartição pública, são influenciados diretamente pela coordenação modular na medida em que essa permite um desenho mais adequado para a conciliação de elementos como revestimentos e mobiliário.

Questão 843656

Prefeitura de São Luís - MA 2017

Cargo: Técnico Municipal Nível Superior/Nível IX-A - Especialidade: Arquitetura / Questão 55

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Considerando a figura precedente, que representa o corte de um auditório, assinale a opção correta.

  • A. Uma sala a ser utilizada para concertos deve ter volume pequeno, para que se possa garantir a fidelidade sonora.
  • B. Para um escalonamento visual adequado na plateia, recomenda-se espaço livre de, no mínimo, 70 cm entre as cadeiras.
  • C. Em projetos de auditórios, especialmente em salas para concertos e músicas de câmara, há pouca possibilidade de emprego de modulação construtiva, uma vez que tal uso requer forma e volume muito particulares.
  • D. Os revestimentos recomendados para um auditório e para uma sala de projeção são essencialmente distintos, visto que, no primeiro caso, a necessidade é controlar o tempo de reverberação, ao passo que, no segundo, é necessário ampliar o reforço.
  • E. Para controlar o tempo de reverberação, a superfície indicada pelo número 1 na figura deve ser absorvedora.

Questão 843659

Prefeitura de São Luís - MA 2017

Cargo: Técnico Municipal Nível Superior/Nível IX-A - Especialidade: Arquitetura / Questão 58

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Considerando a planta apresentada, referente à seção de apoio ao usuário de um fórum no Rio de Janeiro, assinale a opção correta a respeito da ergonomia, de leiautes de ambientes e da comunicação visual em edificações.

  • A. Do ponto de vista da ergonomia, a leitura de um sinal visual em um edifício, como uma placa, é facilitada quanto maior o contraste entre letras e fundos, o que demanda menor nível de iluminância.
  • B. De acordo com a planta apresentada, as salas B e D são áreas franqueadas ao acesso público, dada a inexistência de obstruções.
  • C. Considerando-se que não há possibilidade de se instalarem sheds, as salas B e C devem ser iluminadas artificialmente, podendo receber equipamentos semelhantes, respeitados os limites estabelecidos por norma para conforto, que estabelece como mínimo 500 lux.
  • D. De acordo com a norma pertinente, as estações de trabalho indicadas pela letra D são adequadas para atividades que exijam atenção intelectual e atenção constante, dispensando-se a necessidade de vedações, uma vez que o limite de ruído admitido para essas tarefas é igual a 80 decibéis.
  • E. Para que estejam de acordo com a NR 17, que trata de ergonomia, os postos de trabalho indicados na área D devem possuir superfície de trabalho fixa, em que a distância olho-tela seja sempre superior à olho-teclado e à olho-documento.

Questão 910794

Prefeitura de Salvador - BA 2017

Cargo: Urbanista / Questão 52

Banca: Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível: Superior

Considerando que a latitude da cidade de Salvador é de 12o 58’ 16”, o arquiteto, em seu projeto, implantou a edificação de modo que suas superfícies e maiores extensões recebessem menos sol no verão.

Essas superfícies compuseram as fachadas

  • A. norte e sul.
  • B. norte e leste.
  • C. leste e oeste.
  • D. oeste e sul.
  • E. sul e leste.

Questão 890746

Universidade Estadual do Ceará - CE (UEC/CE) 2017

Cargo: Arquiteto / Questão 45

Banca: FUNECE

Nível: Superior

Existem cerca de três dezenas de índices de conforto térmico, porém, para fins de aplicação às condições ambientais correntes nos edifícios como habitações, escolas, escritórios etc., e para as condições climáticas brasileiras, serão apresentados apenas três: Carta Bioclimática, de Olgyay; Temperatura Efetiva, de Yaglou e Houghten; e Índice de Conforto Equatorial, de Webb. Atente ao que se diz a respeito desses índices:

I. A Carta Bioclimática de Olgyay, índice biofísico, foi desenvolvida a partir de estudos acerca de efeitos do clima sobre o homem, quer ele esteja abrigado quer não, de zonas de conforto e de relações entre elementos de clima e conforto.

II. A Temperatura Efetiva, de Yaglow e Houghten, de 1923, foi definida pela correlação entre as sensações de conforto e as condições de temperatura, umidade e velocidade do ar, procurando concluir quais são as condições de conforto térmico. É um índice subjetivo e essas correlações são apresentadas sob a forma de nomograma.

III. Índice de Conforto Equatorial foi desenvolvido para ser aplicado a habitantes de climas tropicais, de preferência quentes e úmidos. Baseou-se em observações feitas em Cingapura, em habitações correntes e em uma escala climática desenvolvida especialmente para condições tropicais, procurando correlacionar os valores dessa escala com a sensação de calor, tendo incorporado dados referentes ao P4SR (Previsão da Produção de Suor em 4 horas, que é um índice fisiológico desenvolvido por McArdle, do Royal Naval Research Establishment) e chegou a um nomograma semelhante ao da Temperatura Efetiva.

Está correto o que se afirma em

  • A. I e III apenas.
  • B. I e II apenas.
  • C. II e III apenas.
  • D. I, II, e III.

Questão 829284

Ministério Público Estadual - SP (MPE/SP) 2016 (2ª edição)

Cargo: Analista Técnico e Científico - Área Arquiteto e Urbanista / Questão 48

Banca: Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (VUNESP)

Nível: Superior

Um teto ajardinado será proposto em um edifício, situado no interior do Estado de São Paulo, em região de clima quente e com inverno mais seco. Esperam-se efeitos significativos sobre o conforto térmico dos ambientes internos; efeitos esses que estão associados (i) à presença de massa significativa de areia e terra úmidas, que amortecem os picos de temperatura e retardam sua ocorrência, (ii) ao aumento da espessura total de materiais com baixo coeficiente de condutividade térmica e (iii) à presença de vegetação no plano vertical de vedação do edifício. Esses efeitos estão associados, respectivamente, aos conceitos de
  • A. perdas de calor por evapotranspiração, isolamento térmico e inércia térmica.
  • B. isolamento térmico, perdas de calor por evapotranspiração e inércia térmica.
  • C. isolamento térmico, inércia térmica e perdas de calor por evapotranspiração.
  • D. inércia térmica, isolamento térmico e perdas de calor por evapotranspiração.
  • E. perdas de calor por evapotranspiração, inércia térmica e isolamento térmico.

Questão 829287

Ministério Público Estadual - SP (MPE/SP) 2016 (2ª edição)

Cargo: Analista Técnico e Científico - Área Arquiteto e Urbanista / Questão 51

Banca: Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (VUNESP)

Nível: Superior

Pretende-se implantar medidas de conservação de energia em prédio de escritórios, com funcionamento diurno, cujos ambientes são dotados de sistema de climatização artificial por meio de aparelhos convencionais de ar condicionado do tipo split. Pelas características do clima local, o sistema funciona somente para refrigeração. São medidas a serem consideradas, dentre outras,
  • A. o aumento da ventilação natural dos ambientes e a redução do emprego de materiais com elevada inércia térmica.
  • B. a proteção de aberturas contra a incidência de radiação solar direta e a redução da renovação do ar a um mínimo recomendado em norma.
  • C. a redução da velocidade do ar internamente aos ambientes e a redução do emprego de materiais com elevada inércia térmica.
  • D. o aumento da ventilação natural dos ambientes e a proteção de aberturas contra a incidência de radiação solar direta.
  • E. a redução da velocidade do ar internamente aos ambientes e a redução da renovação do ar a um mínimo recomendado em norma.