Arquitetura História da Arte e Arquitetura

NAS QUESTÕES NUMERADAS DE 16 A 40, ASSINALE A ÚNICA ALTERNATIVA QUE RESPONDE CORRETAMENTE AO ENUNCIADO

Considerando a arquitetura do séc. XX no Brasil, é correto afirmar:

  • A.

    O modernismo, de uma forma geral, aceita as referências históricas para a produção de uma nova arquitetura, considerando-as principalmente como ornamento e, por isso, necessárias. Com isso, a produção que começou a ser realizada pelos arquitetos modernos, podia facilmente se adaptar às necessidades de todos os países, daí o caráter internacional do movimento.

  • B.

    No Brasil, os arquitetos pós-modernos utilizaram uma série de estratégias para estabelecer a crítica do modernismo. Entre estas estratégias a principal foi a reavaliação do papel da história, reabilitada na composição arquitetônica, principalmente como meio de garantir a sobrevivência da arquitetura moderna.

  • C.

    Marco da arquitetura moderna no Brasil, o edifício do Ministério de Educação e Saúde (atual Palácio Gustavo Capanema) reflete a tentativa de utilizar os preceitos racionais da arquitetura de Le Corbusier: emprego de formas simples e geométricas, o térreo com pilotis e o terraçojardim, a fachada envidraçada, as aberturas horizontais e a integração dos espaços interno e externo, dentre outras características.

  • D.

    A arquitetura moderna no Brasil promoveu a desvinculação com a revolução industrial e com as novas técnicas e materiais por ela disponibilizados. Na origem, seu interesse inicialmente era puramente estético e pretendia resolver as necessidades da humanidade e direcioná-las para um mundo em que estariam satisfeitas as condições fundamentais da existência, tanto a nível prático-funcional quanto simbólico.