Arquitetura Projeto

Nos últimos quarenta anos, a moderação de tráfego (traffic calming) tem sido uma prática comum em alguns países que buscam tratar problemas relativos à violência existente em seus sistemas viários. A revisão do espaço urbano e a promoção de melhores relações entre os envolvidos no uso destes sistemas são suas características especiais. Sobre a moderação de tráfego podemos afirmar, exceto:

  • A.

    Na sua adoção é preciso assegurar que o sistema arterial esteja operando de forma eficaz, com o adequado atendimento de suas necessidades de maior fluidez e velocidade.

  • B.

    A intervenção em vias locais requer uma simultânea intervenção nas vias adjacentes para garantir sua operacionalidade, através do controle do tráfego, ou seja, do gerenciamento da demanda ou da Gerência de Mobilidade.

  • C.

    Sua atuação se dá através da construção de intervenções físicas na estrutura viária tais como: estreitamento das vias, construção de plataformas, almofadas, platôs, chicanas, sonorizadores, entre outras.

  • D.

    Tem como objetivo melhorar a qualidade ambiental das vias com a redução dos riscos de acidentes e dos níveis de ruído e poluição.

  • E.

    No sentido amplo, não se confunde com uma postura de política de transporte, englobando por exemplos o planejamento do uso do solo e a tarifação de vias, entre outros.