Em todas as áreas técnico-científicas do saber humano, sobre as quais o conhecimento jurídico do magistrado não é suficiente para emitir opinião técnica a respeito, faz-se necessária uma perícia para apurar circunstâncias e/ou causas relativas a fatos físicos reais, com vistas ao esclarecimento da verdade. As Perícias podem versar principalmente, sobre:

  • A. arbitramento, avaliação e vistoria.
  • B. avaliação, decréscimo e exame.
  • C. arbitramento, retomada e autoria.
  • D. vistoria, exame e compra.
  • E. exame, vistoria e retomada.