Arquitetura

Nas ações prioritárias da Agenda 21 Brasileira, há recomendações para a retomada da prática do planejamento para o desenvolvimento nacional, definidas por objetivos como

  • A.

    reforçar o processo de metropolização concentrada e elaborar um plano de transporte rodoviário de passageiros para cada unidade da Federação e o Distrito Federal.

  • B.

    promover uma política de infraestrutura energética focada na produção agrícola de exportação e implementar projetos de infraestrutura, objetivando a homogeneidade do território nacional.

  • C.

    planejar a infraestrutura de forma integrada, dentro das diretrizes da vocação exportadora, garantindo, assim, divisas externas ao país, em detrimento do mercado interno.

  • D.

    integrar o planejamento regional como parte explícita do planejamento para o desenvolvimento sustentável do país, visando à redução das desigualdades regionais e intrarregionais e elaborar um plano diretor nacional de transporte de passageiros a longa distância.

  • E.

    reforçar o papel do planejamento de curto prazo da infraestrutura para solucionar problemas de escoamento da produção e criar um fórum nacional de desenvolvimento regional com ampla centralização no governo federal, para viabilizar uma coordenação nacional dos programas e ações.