Arquitetura

As fundações são convencionalmente separadas em dois grandes grupos: fundações superficiais ou diretas, ou fundações profundas. A distinção entre esses dois tipos é feita segundo o critério de que uma fundação profunda é aquela cujo mecanismo de ruptura de base não atinge a superfície do terreno. Como os mecanismos de ruptura de base atingem acima da mesma, até duas vezes sua menor dimensão, a norma NBR 6122 estabeleceu que “as fundações profundas são aquelas cujas bases estão implantadas a mais de duas vezes sua maior dimensão e a pelo menos 3m de profundidade.” Correspondem ao grupo de tipos de fundações superficiais:

  • A.

    Bloco, sapata, viga de fundação, sapata associada, radier.

  • B.

    Bloco, sapata associada, viga de fundação, estaca.

  • C.

    Sapata associada, estaca, tubulão, radier, bloco.

  • D.

    Estaca, tubulão, radier, viga de fundação, bloco.

  • E.

    Tubulão, bloco, sapata, viga de fundação, radier.