Arquitetura

Segundo Elvan Silva, em seu livro Uma Introdução ao Projeto Arquitetônico (2a ed., Porto Alegre: Ed. Da Universidade/UFRGS, 1998), “a experiência demonstra que as três etapas convencionais — os estudos preliminares, o anteprojeto e o projeto definitivo — são suficientes para descrever e caracterizar os estágios mais significativos do processo de projetação na arquitetura”.

A respeito das etapas do processo projetual, é correto afirmar:

  • A.

    As diferentes fases deste processo se caracterizam por um gradativo decréscimo do teor de incerteza e pelo consequente incremento do grau de definição da proposta.

  • B.

    Sendo uma elaboração mental, sujeita a mecanismos psíquicos perfeitamente cognoscíveis, a progressão do processo projetual obedece exatamente a um rígido modelo mecânico e é similar de pessoa para pessoa.

  • C.

    O partido arquitetônico do projeto deve ser definido antes do projeto preliminar, de modo a caracterizar um programa de necessidades e possibilitar o predimensionamento da obra.

  • D.

    O anteprojeto é a proposta conclusiva de solução do problema de forma a possibilitar a execução da obra concebida. Já o projeto definitivo é apenas a produção dos elementos gráficos (plantas, cortes, elevações, etc) e textuais (memórias, especificações, tabelas, etc).

  • E.

    O projeto arquitetônico, realizado pelo arquiteto, é a junção das três etapas do processo projetual na criação do projeto geométrico e não compreende os projetos complementares (estrutura, instalações, etc) por serem atribuições de especialistas.